Reino Unido quer IA tão regulada quanto energia nuclear

3 mins
Por David Thomas
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • A porta-voz do Partido Trabalhista do Reino Unido soa um alarme sobre a regulamentação da IA.
  • Lucy Powell disse que a indústria deve introduzir novos regulamentos que ofereçam uma licença aos desenvolvedores.
  • O primeiro-ministro Rishi Sunak viajará aos EUA esta semana para defender a liderança do Reino Unido na regulamentação da IA.
  • promo

A porta-voz digital do Partido Tarabalhista do Reino Unido, Lucy Powell, quer que a inteligência artificial (IA) seja regulamentada como a medicina ou a energia nuclear.

Ela argumentou que os reguladores devem controlar o uso generalizado de grandes modelos de linguagem como o da OpenAI por meio de um regime de licenciamento.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Regulamentar IA é melhor que proibir

De acordo com Powell, os reguladores devem olhar para a governança da energia nuclear e da medicina em busca de pistas sobre como o Reino Unido poderia regular o desenvolvimento da IA.

As autoridades do Reino Unido tiveram que alterar rapidamente suas abordagens de regulamentação devido ao crescimento exponencial nas capacidades de grandes modelos de linguagem.

O primeiro-ministro britânico Rishi Sunak está viajando para os EUA no final desta semana para argumentar que o Reino Unido deve estar na vanguarda da regulamentação da IA.

Já o líder trabalhista Keir Starmer se reunirá com os principais executivos de IA do Google. A gigante de buscas anunciou recentemente um recurso de marca d’água que deve ajudar a distinguir o real do falso.

Um novo recurso de metadados imbuirá arquivos com dados que ajudarão a vinculá-los a um contexto original.

A IA também está no radar dos reguladores da União Europeia, que alertam que as empresas que usam grandes modelos de linguagem como o Google Bard ou o ChatGPT da OpenAI devem criar salvaguardas para evitar a disseminação de informações incorretas.

A vice-chefe da Comissão Europeia, Vera Jourova, disse, na segunda-feira (5),

“Os signatários que têm serviços com potencial para disseminar desinformação gerada por IA devem, por sua vez, implementar tecnologia para reconhecer esse conteúdo e rotulá-lo claramente para os usuários”.

Ela continuou dizendo que essas empresas também devem empregar tecnologia para identificar conteúdo falso.

Conselheiro diz que o tempo está se esgotando

Na segunda-feira, o consultor de IA de Sunak, Matt Clifford, alertou que a IA poderia matar a humanidade em dois anos. Ele acrescentou que o ritmo atual do desenvolvimento da tecnologia significa que os reguladores precisam acelerar as novas regras para o setor.

“Você pode usar IA hoje para fornecer receitas para armas biológicas ou lançar ataques cibernéticos em larga escala”, disse ele.

Clifford continuou dizendo que um dos desafios para regular a IA é entender como ela funciona. Ele disse que, em suas descobertas, mesmo as empresas que desenvolveram ferramentas de IA não sabem como gerar respostas.

“Mesmo quando o código é aberto, isso não nos dá transparência. É importante não confundir abertura e acessibilidade com compreensão”.

Clifford defende que auditorias e avaliações de modelos de IA devem fazer parte de um regime regulatório.

O consultor da força-tarefa de IA acrescentou que, mesmo que países como China e Rússia não compartilhem as mesmas ideias sobre a segurança da IA com o resto do mundo, o potencial da IA para melhorar vidas provavelmente será um objetivo compartilhado.

Regras que promovam esse objetivo devem ser encorajadas.

Em uma entrevista recente ao Wall Street Journal, Elon Musk disse que a inteligência artificial pode levar à paz mundial.

Musk foi um dos vários signatários proeminentes de uma carta aberta pedindo a suspensão do treinamento de IA enquanto se aguarda uma boa governança. Por outro lado, o CEO da Coinbase, Brian Armstrong, argumentou recentemente que ninguém estava qualificado para fornecer governança adequada.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados