Ver mais

Guerra do metaverso: Mark Zuckerberg alfineta Apple

2 mins
Por Kyle Baird
Traduzido Anderson Mendes

Mark Zuckerberg recentemente destacou o Meta Quest 3, apresentando-o como um rival do Vision Pro da Apple. A ação sugere um vigor renovado pelo metaverso, anteriormente ofuscado pelo crescimento da inteligência artificial e de outros fenómenos tecnológicos.

Destacando as funcionalidades do Meta Quest 3, Zuckerberg destacou seu custo-benefício, sendo “7x mais barato” que o Vision Pro. Ele afirmou que isso o torna uma opção mais acessível para os consumidores que mergulham na realidade mista do que a oferta mais recente da Apple.

Zuckerberg reivindica domínio sobre a Apple

Comparações lado a lado revelam que o Quest 3 se equipara ao Vision Pro em passagem de alta qualidade e recursos de tela grande, pesando 120 gramas menos. Um aspecto crucial onde Zuckerberg afirma a superioridade do Quest é que ele não possui desfoque de movimento. Isso, disse ele, pode ser um grande desestímulo para aqueles que desejam usar seus fones de ouvido para jogar ou acessar experiências semelhantes às do metaverso.

“Depois de usá-lo [Apple Vision Pro], não acho apenas que o Quest tem o melhor valor, acho que o Quest é o melhor produto. Ponto.”

Apesar desses avanços, a Reality Labs da Meta, a vanguarda das atividades do metaverso da empresa, relatou um forte prejuízo de US$ 4,65 bilhões no quarto trimestre de 2023. No entanto, a Meta é inabalável em sua dedicação às tecnologias AR/VR. A recente mudança da divisão para enfatizar as aplicações práticas no treinamento profissional e na reabilitação médica reflete uma ampliação estratégica do apelo do metaverso, indo além dos jogos.

Os acionistas parecem partilhar uma perspectiva positiva. As ações da Meta Platforms tiveram um crescimento gigantesco, atingindo recentemente uma máxima histórica de cerca de US$ 480 dólares. Este é um ganho enorme de 425% em relação a novembro de 2022, quando o preço das ações caiu para menos de US$ 90.

Guerra do metaverso: Mark Zuckerberg alfineta Apple
Fonte: TradingView

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Duelo de gigantes

Em meio a isso, a Disney também está emergindo como um ator importante na arena do metaverso. A gigante do entretenimento, conhecida por suas estratégias adaptativas, fechou recentemente um novo acordo com a Epic Games, sugerindo planos ambiciosos para jogos.

Este movimento, juntamente com as iniciativas da Meta e da Apple, ilustra um setor vibrante e ainda competitivo. Tanto a Meta quanto a Apple buscam seriamente uma posição dominante neste mercado, empenhadas em revolucionar experiências em diversos setores.

A entrada da Disney no metaverso, alavancando os seus vastos recursos de entretenimento e novas parcerias, acrescenta ainda mais disputa pelo setor. Será crucial observar o impacto dos gigantes da tecnologia e do entretenimento sobre os consumidores, as indústrias e a tecnologia em si.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados