Ver mais

Grayscale retira pedido de ETF de futuros de Ethereum

2 mins
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • A Grayscale retirou abruptamente seu pedido de ETF de Ethereum futuros.
  • A retirada ocorre apenas algumas semanas antes da decisão da SEC.
  • Essa decisão gera especulações sobre a estratégia futura da Grayscale.
  • promo

A empresa de gestão de ativos de criptomoedas Grayscale Investment retirou seu pedido de um fundo negociado em bolsa (ETF) de futuros de Ethereum (ETH).

A decisão veio apenas algumas semanas antes de uma decisão obrigatória do órgão regulador de valores mobiliários. Além disso, ela gerou uma discussões consideráveis nos círculos financeiros e cripto.

Decifrando o recuo da Grayscale

A Grayscale apresentou o aviso para retirar o Grayscale Ethereum Futures Trust junto à Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) na terça-feira (7). Ela apresentou o pedido no dia 19 de setembro de 2023. O objetivo inicial da empresa era listar o ETF na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE).

Essa decisão abrupta levantou especulações sobre possíveis discussões privadas entre a empresa e a SEC. O analista de ETF James Seyffart, da Bloomberg Intelligence, sugeriu que o registro pode ser um movimento estratégico, apesar de não ter certeza sobre os motivos da retirada.

Leia mais: Previsão de preços do Ethereum para 2024 / 2025 / 2030

“Isso é interessante […] [O ETF de Ethereum Futures] foi essencialmente um registro de cavalo de Troia, na minha opinião, a fim de criar as mesmas circunstâncias que permitiram que a Grayscale ganhasse a ação judicial do GBTC (aprovar futuros negar spot). Sinceramente, não sei por que eles fariam isso. Em minha opinião, seria melhor fazer com que a SEC redigisse uma aprovação ou negação para um ETF de futuros de ETH e partir daí? Talvez a SEC tenha conversado com a Grayscale sobre isso… E o que quer que tenha sido dito convenceu a Grayscale a se retirar… (Isso é uma suposição completa)”, especulou Seyffart.

As especulações também vieram da comunidade cripto. Um integrante da comunidade sugeriu que a retirada da Grayscale foi devido à probabilidade de a SEC aprovar os ETFs de Ethereum no dia 23 de maio. No entanto, Seyffart descartou isso com humor.

“Hahaha. 1. Não acho que isso vá acontecer (embora as chances não sejam zero). Portanto, acho que foi outra coisa. 2. Dito isso, honestamente, esse é um dos poucos motivos pelos quais eu voluntariamente retiraria a moeda se eu fosse o Grayscale”, explicou ele.

Em suma, o reconhecimento das criptomoedas como ativos legítimos e viáveis de investimentos tem avançado gradualmente. No entanto, a probabilidade de uma aprovação da SEC para ETFs de Ethereum é vista com pessimismo. Os analistas Seyffart e Eric Balchunas, juntamente com figuras do setor como Jan van Eck e Michael Saylor, da MicroStrategy, compartilham a mesma visão pessimista.

Há pouco tempo, a SEC adiou a análise do pedido de ETF de Ethereum da Galaxy Invesco, reforçando esse sentimento. O adiamento por mais 60 dias prolonga as incertezas no mercado até, ao menos, 5 de julho.

No entanto, há uma grande expectativa em relação às decisões da SEC sobre os registros de ETF de Ethereum da VanEck e da ARK. As decisões estão marcadas para os dias 23 e 24 de maio, respectivamente.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados