Ver mais

Forbes chamou essa blockchain de zumbi

1 min
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Um artigo recente na Forbes rotulou várias blockchains como “zumbis”.
  • Isso provocou uma forte reação do fundador da Cardano.
  • A Forbes descreveu as blockchains como “inúteis”.
  • promo

Um artigo recente na Forbes rotulou várias blockchains como “zumbis” com “poucos usuários”. A lista do site inclui, por exemplo, Cardano (ADA), Tezos (XTZ), Litecoin (LTC), Algorand (ALGO), Monero (XMR), Ripple (XRP),

O artigo provocou uma forte reação do maior caçador de tretas da Web3, Charles Hoskinson. O fundador da Cardano respondeu às críticas de maneira bem-humorada.

Críticas à Cardano

A Forbes descreveu essas blockchains como “inúteis” e “boas para nada”, com “pouca utilidade além do comércio especulativo de criptomoedas”. A Cardano, em particular, enfrentou fortes críticas

O site disse que a rede gerou apenas US$ 3 milhões em taxas em 2023, antes da conclusão da fase de desenvolvimento. Ele também criticou seu fundador, Hoskinson, por seus projetos pessoais.

Em seguida, Hoskinson postou uma animação de zumbis da popular série South Park, citando outras plataformas mencionadas no artigo. Ele argumentou que a Forbes os chamou de “zumbis” “porque temos todos os cérebros!”

Esta não é a primeira vez que a Cardano é criticada. No entanto, Hoskinson já enfatizou que “a Cardano veio para ficar”.

As críticas aos projetos de blockchain não são incomuns na indústria de criptomoedas. No entanto, os investidores devem ter cautela e realizar a sua própria investigação aprofundada antes de tomar uma decisão de investimento.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados