Bitcoin btc
$ usd

Flórida pretende legalizar Bitcoin para pagamentos de impostos

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • A Flórida pode se tornar o segundo estado dos EUA a aceitar pagamento de impostos em Bitcoin.
  • Colarado aprovou projeto de lei para pagamentos de impostos em criptomoedas neste mês.
  • Estados Unidos estão virando a maior referência global em relação ao mundo cripto.
  • promo

O governador da Flórida Ron DeSantis pretende tornar o Bitcoin (BTC) uma forma legal para o pagamento de impostos no estado.  

Potencial candidato a presidência dos Estados Unidos em 2024, o republicano possui um bom histórico em relação ao mercado cripto. No ano passado, ele propôs que empresas locais pudessem pagar seus impostos utilizando criptomoedas.

Além disso, ele tentou alocar fundos do próprio estado em projetos relacionados a blockchain, apesar de seus planos não terem sido aprovados pelo poder legislativo da Flórida. No entanto, ele se mostra empenhado em fazer com que o estado tenha uma maior abertura em relação ao Bitcoin.

Bitcoin para pagar impostos

Em entrevista após cerimônia de assinatura de um projeto de lei curricular de educação financeira, que busca adicionar a matéria de finanças pessoais ao currículo do ensino médio, DeSantis comentou estar trabalhando para que o estado aceitasse BTC como forma de pagamento em impostos.

“Estamos trabalhando – e eu disse às agências estaduais – para descobrir maneiras de como, se uma empresa quiser pagar impostos em criptomoeda para a Flórida, devemos estar dispostos a aceitar isso”.

O republicano foi um dos políticos de maior renome a tecer críticas à ordem executiva do presidente Joe Biden em relação ao mercado cripto nos EUA. Ele também parece ser cética sobre a tese de que um dólar digital poderia ser uma melhor opção em relação as criptomoedas descentralizadas.

“Eu me preocupo com a quantidade de poder que daria a alguém em uma autoridade central para basicamente poder desligar o acesso à compra de certos bens. Estaríamos em território desconhecido”, disse ele.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

EUA: terra do mundo cripto

Apesar da crítica de alguns políticos locais e de ainda não possuir uma regulamentação definida sobre esta indústria, os Estados Unidos vêm se tornando a maior referência global em relação ao mundo cripto. Atualmente, o país já possui o maior centro de mineração de BTC.

Além disso, diversos estadistas buscam explorar as alternativas e benefícios trazidos com este novo segmento. Os prefeitos de Nova York e Miami já receberam salários em criptomoedas, enquanto os estados da Georgia e Kentucky contam com a ajuda de reguladores locais para se tornarem grandes polos de mineração.

Já o Colorado se tornou o primeiro estado a aceitar pagamento de impostos em criptomoedas, com seu governador dizendo que a decisão seria algo lógico para digitalizar a economia do estado. O time da NFl do Colorado, o Denver Broncos, pode ainda ser a primeira franquia esportiva do país a ser adquirida por uma DAO.

Porém, órgãos reguladores norte-americanos continuam fiscalizando e investigando empresas e protocolos deste setor, inclusive a Uniswap e parceiros da Binance. Resta aguardar a definição da estrutura regulatória do país em relação ao mercado cripto para saber se os EUA irão se solidificar como o país das criptomoedas.  

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados