Ver mais

Fed e JPMorgan descartam crise – mercados respondem com queda

2 mins
Por Martin Young
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • O S&P 500 perdeu US$ 850 bilhões em capitalização de mercado desde que o JPMorgan descartou uma possível recessão.
  • O Wells Fargo prevê que a economia dos EUA lutará para evitar uma recessão devido ao aumento da inflação e das taxas de juros.
  • O mercado de criptomoedas também sofreu um declínio, com a capitalização total encolhendo cerca de US$ 20 bilhões esta semana.
  • promo

Os mercados de criptomoedas e de ações dos EUA operam em queda desde que os banqueiros de Wall Street e o Federal Reserve descartaram a possibilidade de uma recessão econômica.

Nesta quarta-feira (16), a Kobeissi Letter informou que o S&P 500 perdeu US$ 850 bilhões em valor de mercado. Isso aconteceu apenas quinze dias depois que o JP Morgan disse que não esperava mais uma recessão.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

Wall Street não acredita em recessão

“Faz apenas 10 dias desde que o JP Morgan anunciou sua nova visão”, disse antes de acrescentar: “Isso é uma coincidência?”

No início deste mês, o JPMorgan se tornou o último banco em Wall Street a adiar sua previsão de recessão para 2024. Essa previsão também foi feita pelo Bank of America, que também descartou a possibilidade de uma crise até o próximo ano.

O Goldman Sachs é outro grande banco que disse que havia apenas 20% de chance de os EUA sofrerem uma recessão nos próximos 12 meses.

Além disso, a equipe do Federal Reserve também previu uma “desaceleração perceptível” em vez de uma recessão na última vez em que aumentou as taxas no final de julho.

“Isso quase marcou a alta exata do S&P 500 no início deste mês”, disse a Kobeissi Letter. 14 bancos estão atualmente acreditando em uma recessão, mas 6 bancos não estão, segundo a instituição.

Fonte: X/@KobeissiLetter

Enquanto isso, o índice S&P 500 (SPX), que acompanha o desempenho das ações de 500 das maiores empresas dos EUA, atingiu uma alta anual de 4.588 em 31 de julho. Desde então, caiu 3,3% para 4.437 em 15 de agosto, fechando abaixo da sua média móvel de 50 dias pela primeira vez desde março. Além disso, o Nasdaq 100 Index (NDX) caiu 5% em relação à sua máxima anual, também registrada em julho.

Investidores renomados, como Michael Burry, também estão pessimistas. Conforme relatado pelo BeInCrypto, o analista que previu a crise de 2008 apostou contra os dois maiores índices de ações dos EUA em uma negociação massiva esta semana.

Em 15 de agosto, o Wells Fargo Investment Institute disse que é improvável que a economia dos EUA escape de uma recessão. “No final das contas, acreditamos que a economia lutará para evitar uma recessão”, já que a inflação e as taxas de juros mais altas devem aumentar ainda mais a pressão sobre o consumidor, afirmou em nota.

Queda dos mercados

O mercado de criptomoedas segue no vermelho, continuando dentro de um canal de longo prazo. Sua capitalização total encolheu cerca de US$ 20 bilhões desde o início da semana, caindo para US$ 1,20 trilhão no momento da redação desta matéria.

Fonte: CoinGecko 

Bitcoin e Ethereum tiveram uma pequena queda durante o pregão da manhã desta quarta-feira, mas permanecem sem grandes oscilações.

Por sua vez, as altcoins estão sofrendo perdas maiores, com algumas sofrendo quedas consideráveis nas últimas 24 horas.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados