Ver mais

Anúncios de phishing são encontrados no Etherscan – cuidado, eles podem drenar sua carteira

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Uma descoberta recente de um usuário do X e do Scam Sniffer revelou que alguns anúncios do Etherscan estão vinculados a golpes de phishing de criptomoedas.
  • O detetive onchain ZachXBT expôs o endereço da carteira do golpista, que atualmente contém cerca de US$ 300.000 em vários ativos.
  • Golpes de phishing são uma ameaça persistente para os usuários de criptomoedas; o malware de drenagem de carteiras custou às vítimas US$ 295 milhões no ano passado.
  • promo

Recentemente, um usuário do X levantou uma bandeira vermelha sobre a presença de anúncios de phishing potencialmente maliciosos. Essas publicidades foram encontradas no Etherscan, explorador de blockchain amplamente utilizado.

McBiblets alertou que certos anúncios que aparecem no Etherscan poderiam ser projetados para roubar ativos digitais de carteiras desavisadas.

Golpista do Etherscan tem quase US$ 300.000 em sua carteira

A plataforma de segurança Web3 Scam Sniffer respondeu rapidamente ao aviso e iniciou uma investigação. Pouco tempo depois, o Scam Sniffer confirmou a presença de um novo golpe por meio de sua conta oficial no X.

“O Etherscan agrega anúncios de plataformas como Coinzilla e Persona, onde a filtragem insuficiente pode levar à exposição a tentativas de phishing”, explicou o Scam Sniffer.

O renomado detetive onchain, ZachXBT, foi mais longe. Ele revelou que o phishing no Etherscan está vinculado a um serviço de drenagem. Além disso, ZachXBT disse que o serviço de drenagem havia extraído uma quantia de seis dígitos de uma vítima.

Carteira detém mais de 87 Ethereum

ZachXBT também compartilhou o endereço do roubo. Quando o BeInCrypto tentou procurar os dados onchain da carteira sinalizada por ZachXBT, descobrimos que ela detém 87,08 Ethereum (ETH).

Esse valor é equivalente a aproximadamente US$ 298.972 quando este artigo foi escrito. Além disso, o golpista detém outros tokens e moedas, incluindo US$ 25.375 em OPSEC, US$ 9.642 em PEPE e US$ 4.207 em Ethena (ENA).

O endereço e o saldo da carteira do golpista de phishing.
Endereço e saldo da carteira do golpista de phishing. Fonte: Etherscan

Leia mais: 6 dicas para proteger suas criptomoedas contra hacks e roubos

Golpes antigos, ativos novos

A questão dos golpes de phishing é familiar ao espaço de ativos digitais. Continua sendo uma tática eficaz que frequentemente visa os setores de criptomoedas e DeFi. Em um relatório anterior, o Scam Sniffer destacou que o Wallet Drainers, um tipo específico de malware que visa detentores de criptomoedas, acumulou quase US$ 295 milhões em ativos de cerca de 324.000 vítimas.

Em 11 de março de 2023, um golpe de phishing explorou as flutuações nas taxas de câmbio do USDC e roubou quase US$ 7 milhões. As vítimas foram enganadas por sites de phishing que se faziam passar pela confiável plataforma Circle.

Roubos significativos também ocorreram perto de 24 de março, quando hackers comprometeram o Discord da Arbitrum, coincidindo com a proximidade da atividade de lançamento aéreo da Arbitrum.

O Scam Sniffer destaca que o Inferno Drainer é o mais notório desses programas de malware. Acumulou mais de US$ 81 milhões em fundos roubados de 134.000 vítimas desde março de 2023. O relatório mencionou que golpes de phishing disfarçados de airdrops, tráfego orgânico, anúncios pagos ou links sequestrados do Discord são particularmente insidiosos devido à sua dificuldade de detecção.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados