Ver mais

Vitalik Buterin planeja tornar o Ethereum seguro contra ataques quânticos

3 mins
Traduzido Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Vitalik Buterin propõe uma criptografia resistente ao quantum para proteger a Ethereum.
  • O plano de Buterin inclui um "fork de recuperação simples" para saltos quânticos imprevistos.
  • O Ethereum EIP para hard fork quântico pode começar a ser desenvolvido imediatamente.
  • promo

Vitalik Buterin, cofundador do Ethereum, revelou um plano detalhado para proteger a blockchain contra ameaças quânticas. Reconhecendo o potencial dos computadores quânticos de violar as defesas criptográficas tradicionais, Buterin propõe uma combinação de criptografia resistente ao quantum e preparação estratégica.

Esse plano visa proteger a Ethereum e os ativos de seus usuários contra vulnerabilidades quânticas.

Qual é a estratégia de defesa de Vitalik Buterin contra ataques quânticos?

O ponto central da estratégia de defesa do Ethereum é a adoção de métodos criptográficos resistentes ao quantum, como as assinaturas Winternitz e a tecnologia de prova de conhecimento zero – STARKs. Buterin planeja integrar essas tecnologias por meio da abstração de contas. Essa abordagem permite que os usuários migrem para esquemas de segurança quântica em seu próprio ritmo, garantindo uma transição perfeita.

Contudo, Buterin também alerta para os riscos de um salto quântico repentino. Para combater isso, ele sugere um “fork de recuperação simples” para proteger os fundos dos usuários no caso de um avanço quântico imprevisto.

A vulnerabilidade do Ethereum à computação quântica decorre de sua dependência da multiplicação de curvas elípticas para gerar endereços. Esse processo é potencialmente reversível por computadores quânticos. Ainda assim, Buterin ressalta que a maioria das chaves do Ethereum, produzidas por meio de cálculos de hash ou semelhantes aos métodos BIP-32, resiste naturalmente a ataques quânticos devido à natureza irreversível do hash.

Com base nessa percepção, ele propõe uma Proposta de Melhoria do Ethereum (EIP) para um hard fork projetado para fortalecer a rede contra os perigos quânticos. Essa EIP abrange a desativação de transações tradicionais, a incorporação de carteiras de contratos inteligentes e a habilitação de provas STARK para aumentar a segurança e a eficiência do gás.

“A infraestrutura para implementar uma bifurcação como essa poderia, em princípio, começar a ser construída amanhã, tornando o ecossistema Ethereum o mais preparado possível para o caso de uma emergência quântica realmente acontecer”, afirmou Buterin.

Leia mais: EIPs da Ethereum: O que são? Como são implementados?

Vitalik Buterin planeja tornar o Ethereum seguro contra ataques quânticos
Visualização do plano de Vitalik Buterin. Fonte: Ethresearch

Uma ameaça a blockchain do Bitcoin?

Em meio aos debates da comunidade cripto, as alegações de pesquisadores chineses sobre a quebra da criptografia RSA com a tecnologia quântica geraram alarme. Entretanto, o algoritmo SHA256, crucial para a segurança do Bitcoin, permanece seguro contra ameaças quânticas.

Essa distinção entre as funções de criptografia e hashing lança luz sobre o campo de batalha diferenciado da criptografia quântica, em que os avanços na computação quântica não equivalem necessariamente a vulnerabilidades imediatas nas tecnologias de blockchain.

No entanto, a corrida em direção à computação quântica está ganhando força, destacada pelo roteiro da IBM em direção a computadores quânticos mais potentes e o surgimento de outros participantes importantes. Embora o impacto direto na criptografia do blockchain ainda seja especulativo, o ecossistema quântico em evolução exige defesas criptográficas preventivas e robustas.

Quantum Technology Market Revenue
Receita do mercado de tecnologia quântica. Fonte: Statista

As implicações mais amplas da computação quântica vão além da segurança do blockchain, impactando significativamente a arena da inteligência artificial e dos chatbots de IA. O advento da computação quântica promete revolucionar a IA ao oferecer um poder computacional sem precedentes, potencialmente superando os recursos dos sistemas de IA atuais, incluindo chatbots de IA sofisticados como o ChatGPT.

Leia mais: 13 melhores bots de negociação de criptomoedas com IA para maximizar seus lucros

No entanto, essa integração também apresenta desafios, principalmente na segurança dos dados. Os computadores quânticos têm a capacidade teórica de quebrar os métodos de criptografia atuais. Isso representa uma ameaça significativa à confidencialidade e à integridade dos dados em vários setores, incluindo os dados utilizados pelos chatbots de IA para treinamento e operação.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Sound Designer de profissão e apaixonado por comunicação, Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados