Ver mais

ETFs de Ethereum à vista serão aprovados nos EUA? Analista diz que não

2 mins
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Eric Balchunas dá uma chance de 25% para a aprovação de um ETF de Ethereum, citando a falta de envolvimento da SEC.
  • Craig Salm argumenta que o silêncio da SEC é neutro, observando que o trabalho de base do ETF Bitcoin poderia ajudar o ETF de ETH.
  • A BlackRock possui uma forte preferência pelo Bitcoin em relação ao Ethereum, com interesse mínimo em um ETF da segunda criptomoeda.
  • promo

A especulação em torno da aprovação de um fundo negociado em bolsa (ETF) de Ethereum à vista pela Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) chamou a atenção dos observadores do setor.

Entre eles, o analista sênior de ETFs da Bloomberg, Eric Balchunas, ofereceu uma perspectiva pessimista, sugerindo apenas 25% de chance de aprovação.

ETFs de Ethereum não devem ser aprovados

Balchunas, que já havia previsto a aprovação de um ETF de Bitcoin nos EUA, apontou a falta de engajamento do órgão regulador financeiro. De acordo com ele, esse é um sinal negativo que contrasta com a expectativa esperançosa de partes da comunidade de criptomoedas.

“Estamos mantendo a linha de 25% de chances, embora, para ser honesto, sejam 25% muito pessimistas. A falta de engajamento parece ser proposital versus procrastinação. Não há sinais positivos ou informações em qualquer lugar que se olhe. Pessoalmente, espero que eles aprovem, mas não está parecendo bom”, disse Balchunas.

Ainda assim, o diretor jurídico da Grayscale, Craig Salm, apresentou um contraponto. Ele enfatizou que o silêncio da SEC não deve ser interpretado negativamente.

Salm argumentou que as bases estabelecidas durante o processo de aprovação do ETF de Bitcoin poderiam agilizar o caminho para um ETF de Ethereum.

“Todas essas questões foram resolvidas e são idênticas quando comparamos os ETFs #Bitcoin e #Ethereum. A única diferença é que, em vez de o ETF deter Bitcoin, ele detém ETH. Portanto, em muitos aspectos, a SEC já se envolveu e os emissores simplesmente têm menos a se envolver desta vez”, observou Salm.

Leia mais: ETF de Bitcoin: vantagens e desvantagens de se investir em ETFs

No entanto, o sentimento mais amplo do mercado observado pela BlackRock parece se alinhar mais de perto com o ceticismo de Balchunas. Apesar da crescente diversificação dentro dos portfólios de criptomoedas, a BlackRock revelou uma preferência dominante pelo Bitcoin em relação ao Ethereum entre os clientes.

De fato, o apetite por outras criptomoedas, incluindo o ETH, permanece “muito, muito pequeno”, de acordo com o chefe de ativos digitais da BlackRock, Robert Mitchnick.

Para complicar ainda mais a perspectiva de aprovação de um ETF de Ethereum, há ações recentes da SEC que sugerem uma repressão regulatória. Relatórios de intimações emitidas para empresas de criptomoedas com relação a suas afiliações com a Fundação Ethereum despertaram preocupações dos investidores.

Ainda assim, o diretor jurídico da Coinbase, Paul Grewal, acredita que o ETH não atende aos critérios de um “contrato de investimento” de acordo com o teste de Howey.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados