Estado de Nova York quer banir mineração cripto por três anos

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • Os legisladores de Nova York estão propondo uma proibição temporária na cidade pelos próximos 3 anos.
  • As partes interessadas em criptomoedas opinam que uma proibição colocaria o estado em desvantagem neste mercado.
  • Reguladores em todo o mundo estão cada vez mais preocupados com o efeito da mineração de Bitcoin no meio ambiente.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

A promessa de Eric Adam, atual prefeito de Nova York, de tornar a cidade a capital mundial do Bitcoin (BTC) pode não se concretizar, depois de novos planos para banir algumas instalações de mineração de criptomoedas no estado.

O estado se tornou um centro de mineração de Bitcoin nos últimos tempos devido à sua energia barata. Mas isso pode mudar em breve, com os legisladores propondo uma moratória de três anos nas licenças para usinas de energia que queimam combustível fóssil para minerar o ativo.

Os legisladores ambientalmente conscientes estão buscando uma moratória que visa diretamente os mineradores de criptomoedas. Ela é focada em usinas de gás que vendem ou fornecem eletricidade para mineradores e pode abrir um precedente para outros estados ou até mesmo o Congresso aprovar algo semelhante a nível federal.

Muitas partes interessadas no mercado cripto alertaram que tal moratória pode negar ao estado os benefícios da nova tecnologia e do setor de mineração.

As partes interessadas em criptomoedas são da opinião de que uma moratória pode atrasar o estado em mais de três anos. De acordo com o diretor de políticas públicas da Foundry, Kyle Schneps, o tempo da moratória poderia ser de três séculos.

Em suas palavras, “uma moratória estadual que tem uma linguagem vaga e captura empresas que usam principalmente energias renováveis é um erro”.

Estados Unidos como centro da mineração cripto

Com os EUA agora liderando em termos de porcentagem de taxa de hash para mineração de Bitcoin, a importância de Nova York nao é pequena. O estado lidera em termos de mineração de criptomoedas nos país, e muitas empresas estão se estabelecendo nos estados onde têm acesso às terras e infraestruturas mais baratas.

De acordo com a Foundry, uma empresa de criptomoedas com um grande pool de mineração de Bitcoin, 20% de suas atividades nos EUA vem de Nova York.

Embora uma moratória em Nova York seja significativa, ela pode ter consequências maiores. O Congresso dos EUA também está considerando como agir em relação a mineração de criptomoedas e como regular adequadamente o setor.

Várias organizações ambientais estão apoiando a moratória, e os legisladores que a patrocinam estão confiantes de que ela será aprovada. Embora o projeto de lei vise apenas a mineração de criptomoedas usando combustíveis fósseis, os mineradores que usam energia sustentável ainda estão preocupados com o fato de serem os próximos a poderem sofrer limitações.

Suas preocupações decorrem do fato de que às vezes dependem de combustíveis fósseis para backup, o que significa que qualquer lei também pode afetá-los.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.