Ver mais

Criptomoedas desabam em Open Interest: há motivos para se preocupar?

2 mins
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • O Open Interest da Dogecoin despencou 64%. Solana e XRP também registraram perdas.
  • OI nas principais criptomoedas caiu 51%.
  • A queda sugere uma atividade de trading reduzida e uma possível mudança no sentimento do mercado.
  • promo

Dados recentes destacam uma queda significativa no Open Interest das principais criptomoedas, em especial a Dogecoin (DOGE), Solana (SOL) e Ripple (XRP).

Com uma queda combinada de 51%, essas altcoins geram debates sobre as implicações para suas futuras posições no mercado.

Open Interest cai em todo o mercado cripto

O Open Interest, um indicador crucial do sentimento e da liquidez do mercado, refletem o valor total dos contratos futuros pendentes ainda não liquidados. Ou seja, para criptomoedas, essas métricas fornecem informações sobre o comportamento dos investidores e a dinâmica do mercado.

Nesse sentido, a Dogecoin liderou o recente declínio, com seu OI despencando 64% para US$ 668,2 milhões desde o início de abril. Solana e XRP também testemunharam reduções consideráveis, diminuindo 47% para US$ 1,51 bilhão e 44% para US$ 497,67 milhões, respectivamente.

Esse declínio generalizado se compara com os níveis do Bitcoin, que caíram para aqueles observados durante o colapso da FTX, intensificando ainda mais as preocupações sobre o estado mais amplo do mercado cripto.

“O Oscilador de Open Interest esfriou significativamente desde o pico de 73K, atualmente em -15%. Normalmente, uma recuperação começa a partir dos limites inferiores, mas, em nosso caso, ela é prejudicada pela pressão das ordens de mercado de baixa.” disse Axel, um analista verificado da CryptoQuant.

Queda da Dogecoin

A queda acentuada no Open Interest da Dogecoin sugere uma retração na atividade de trading e uma possível diminuição da confiança dos investidores. Isso é corroborado pelo desempenho de mercado da memecoin, que continua a ser negociada perto da extremidade inferior de sua faixa de curto prazo.

Essas tendências geralmente sinalizam fases de consolidação, que podem preceder novas perdas, a menos que haja um aumento significativo no engajamento dos compradores.

Juros abertos de futuros de Dogecoin
Open Interest de futuros de Dogecoin. Fonte: Coinglass

Leia mais: 11 memecoins e altcoins que são tendência em maio de 2024

Solana segue o fluxo de baixa

A situação da Solana revela desafios semelhantes. Além da queda do OI, a rede sofreu uma drástica redução de 95% em seu volume mensal de transações, caindo para US$ 7,32 trilhões em abril, em comparação com níveis muito mais altos em março.

O declínio da atividade da rede e os padrões técnicos de baixa sugerem a princípio que a Solana pode ter dificuldades para recuperar suas altas anteriores.

XRP patina

O cenário de Open Interest do XRP é ligeiramente diferente, dada a recente atividade das baleias envolvendo a transferência de 29 milhões de tokens XRP da Bitstamp para uma carteira não revelada. Embora esses movimentos tenham sido historicamente precursores de aumentos de preços, a dependência de um único evento para a previsão do mercado é precária.

Além disso, a disputa legal em andamento entre a Ripple Labs e a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA sobre o status do XRP como um título continua a pairar sobre suas perspectivas de mercado, lançando incertezas sobre sua possível recuperação.

Apesar desses desafios, existe a possibilidade de uma reversão repentina, especialmente para a moeda da Ripple. Isso porque, a redução das posições alavancadas pode indicar uma pressão de venda de curto prazo.

Ainda assim, o domínio dos contratos perpétuos em sua composição de contratos em aberto permite espaço para mudanças rápidas de preço se a atividade de compra for retomada.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados