Ver mais

Criptomoeda promovida por Ronaldinho Gaúcho é encerrada após cair 98%

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • A Atari anunciou a sua desvinculação da Atari Coin (ATRI) nesta semana, após o ativo cair 98% nos últimos meses.
  • Token foi promovido por Ronaldinho Gaúcho diversas vezes em suas redes sociais.
  • Atari anunciou planos de criar uma nova criptomoeda.
  • promo

A Atari, empresa mundialmente conhecida no mercado de jogos eletrônicos, anunciou a sua desvinculação da Atari Coin (ATRI), criptomoeda divulgada diversas vezes pelo ex-jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho.

Em comunicado divulgado na segunda-feira (18), a companhia informou a rescisão dos contratos firmados com o grupo ICICB, que detinha os direitos de licença do token ATRI e de outras iniciativas como um cassino cripto online. Dessa forma, esses projetos passam a ter o status de “não licenciados, não sancionados e fora do controle” da empresa, que não se responsabilizará mais por eles.

Apogeu e queda da ATRI

Há décadas no mercado de videogames, a Atari foi uma das primeiras empresas a produzir consoles e jogos próprios nesta indústria, tendo até hoje uma grande comunidade de fãs e boa reputação neste segmento. No final de 2020, ela decidiu investir em iniciativas relacionadas ao mundo cripto, lançando a sua própria criptomoeda, com a premissa que ela seria “um meio de pagamento universal para a indústria de entretenimento”.

A ATRI teve grande destaque no primeiro semestre de 2021, época onde os jogos play-to-earn (P2E) como o Axie infinity começaram a ganhar notoriedade. Neste período, seu preço disparou de US$ 0,06 para a máxima histórica de US$ 0,78.

No entanto, o ativo desabou após atingir esse marco. Nem mesmo os anúncios de Ronaldinho Gaúcho em suas redes sociais, que afirmava que o token estava “muito barato” e que ele seria “o futuro da indústria do entretenimento” animaram o mercado. Atualmente, o ativo está precificado em US$ 0,014 – 98% abaixo do seu preço recorde, segundo o CoinGecko.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Atari não desiste do mundo cripto

Apesar de encerrar seu envolvimento na ATRI, a Atari destacou que ainda pretende lançar novas iniciativas no mundo cripto, inclusive uma nova criptomoeda.

“A Atari continua entusiasmada com o potencial das iniciativas blockchain e continua a estabelecer e buscar empreendimentos e parcerias estratégicas na indústria. Como tal, a Atari criará, distribuirá e gerenciará exclusivamente um novo token proprietário com foco em jogos, comunidade e utilidade.”

A empresa informou que parte da oferta da ATRI já foi retirada de circulação no mercado, e que detentores do ativo poderão trocar seus tokens pela nova criptomoeda assim que ela estiver disponível. Porém, somente usuários que tinham o ativo até a data do comunicado estarão aptos para realizar essa troca.

A empresa não deu demais informações ou prazo sobre sua nova criptomoeda, se limitando a dizer a rescisão dos contratos firmados com a ICICB poderão resultar em uma baixa financeira de até 11 milhões de euros.

Ronaldinho tenta emplacar NFTs

O astro do futebol não conseguiu até o momento emplacar no mundo cripto o mesmo sucesso visto nos gramados. Antes de promover a criptomoeda, Ronaldinho Gaúcho se envolveu em um negócio cripto fraudulento, que lesou diversos brasileiros.

Agora, o ex-jogador tenta emplacar suas coleções em NFT, além de recente parceria firmada que o fez se tornar uma das primeiras lendas do futebol a entrar no metaverso.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados