Ver mais

Criadores poderão vender itens virtuais no Horizon Worlds

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Meta está fazendo testes para permitir venda de produtos virtuais.
  • Criadores poderão vender itens no Horizon Worlds.
  • Empresa segue investindo no metaverso.
  • promo

A Meta, ex-Facebook, lançou o primeiro estágio de recursos que possibilitam aos seus usuários venderem itens e jogos de realidade virtual da empresa, o Horizon Worlds.

A novidade será um dos pilares do novo projeto metaverso da empresa e animou os comerciantes do setor por abrir mais um espaço para as suas vendas. As informações são da Decrypt.

Foto: Facebook

Em um anúncio do site sobre o lançamento do teste para as vendas dos itens virtuais, a Meta postou:

“Estamos lançando isso hoje como um teste com vários criadores para obter seus feedbacks. Esses tipos de ferramentas são passos em direção à nossa visão de longo prazo para o metaverso, onde os criadores podem ganhar a vida e as pessoas comprarem bens digitais, serviços e experiências”.

Os testes colocam a Meta, ao lado de Roblox e Rec Room, que já tem as suas plataformas sociais em 3D para as vendas de produtos virtuais. A Rec vem crescendo rapidamente no setor.

Passos virtuais

Com isso, a Meta dá mais alguns passos rumo aos negócios digitais e do metaverso. Sobre o assunto, adiretora de marketing de produtos da Horizon, Meaghan Fitzgerald, disse ao The Verge:

“Os criadores poderão negociar qualquer coisa, desde acessórios virtuais até acesso VIP ao seu patch privado do metaverso. Os participantes dos EUA no piloto também poderão ganhar dinheiro graças a um fundo de US$ 10 milhões criado pela Meta para incentivar os criadores”.

A Horizon Worlds atingiu 300.000 usuários mensais durante os primeiros meses de 2022. A empresa anunciou a criação de 10.000 mundos.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

A compra e as vendas dos produtos na Horizon estarão disponíveis a pessoas com mais de 18 anos que morem nos Estados Unidos e no Canadá. Para facilitar as vendas, os vendedores terão à sua disposição um guia que os ajude a criar as suas vendas.

Os vendedores receberão um pouco mais da metade do valor de suas vendas, e cerca de 30% ficará para a Quest Store da Meta, que é a taxa cobrada pela plataforma. Em dezembro, a Horizon Worlds lançou os fones de ouvidos de realidade virtual Quest e Rift nos Estados Unidos e no Canadá.

De olho nos avanços que o metaverso tomava, Mark Zuckerberg, CEO da Meta, anunciou que lançaria aplicativos individuais no metaverso. A empresa segue investindo no mundo metaverso,  e pretende lançar tokens sociais.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

BIC_userpic_sb-08.jpg
Priscila Gorzoni
Jornalista formada pela Universidade Metodista de São Paulo, em ciências sociais pela USP, em direito pela Universidade Mackenzie, lato sensu em Fundamentos da arte e cultura pela Unesp-SP e mestre em história pela PUC SP. Iniciei minha carreira nas revistas passando por publicações como Bons Fluidos, Nova, Cláudia, Saúde. Mundo Estranho, Superinteressante e National Geographic Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados