Ver mais

Conflitos geopolíticos e regulamentação cripto no Brasil são destaques da semana

3 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou nesta semana um projeto de regulamentação cripto no Brasil.
  • A decisão da Rússia de invadir a Ucrânia impactou negativamente diversos mercados financeiros, inclusive o de criptomoedas.
  • Governo do Canadá regovou a lei que restringia a liberdade financeira de sua população.
  • promo

A semana foi marcada por países se envolvendo em conflitos, internos e externos, que impactaram o sistema financeiro mundial, inclusive o mercado de criptomoedas. Enquanto isso, o governo brasileiro tomou um importante passo na regulamentação deste setor.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O Bitcoin (BTC) não ficou imune ao cenário político mundial, sofrendo grandes oscilações de preço. Outra criptomoeda que sofreu fortes quedas foi a Cardano (ADA), apesar da sua rede continuar em forte adoção e crescimento. Por falar em crescimento, o Axie Infinity não tem apresentado sinais de desaceleração no mercado cripto.

Senado aprova regulamentação cripto no Brasil

Na última terça-feira (12), a Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal do Brasil aprovou um dos projetos que visa estabelecer diretrizes e normais para usuários e empresas de criptomoedas no país, contendo destaques de quatro senadores. Se nenhum outro congressista apresentar um novo recurso de votação, o projeto será encaminhado para a Câmara dos Deputados, o que marca o maior passo já dado pelo governo brasileiro em relação a uma regulamentação deste mercado.

Ainda no cenário cripto brasileiro, chamou a atenção um novo leilão feito pela exchange Mercado Bitcoin, contando com edições raras de Dodges brasileiros.

Rússia choca o mundo e derruba mercado

Rússia

Após semanas de tensões e ameaças, a Rússia invadiu a Ucrânia na madrugada de quinta-feira (24), fazendo o resto do mundo temer que o conflito se potencializasse em uma nova guerra mundial. Com isso, mercados financeiros ao redor do mundo sofreram com fortes quedas, inclusive o de criptomoedas.

Neste sentido, o país comandado por Vladimir Putin pode ter nesta classe de ativos uma alternativa para se esquivar das possíveis sanções econômicas que serão impostas por outros países. No entanto, o governo russo não será “bem-vindo” por todo o mercado. Vitalik Buterin, cofundador do Ethereum (ETH) nascido na Rússia, criticou as decisões tomadas por seu país e manifestou apoio a Ucrânia.

Canadá recua após congelar contas cripto

Outro país que passa por tensões políticas é o Canadá. No entanto, os conflitos enfrentados pelo país tem sido internos. Após uma grande onda de protestos, o governo local implementou uma lei de emergência que restringe a liberdade financeira da população local, ameaçando torná-la permanente.

Com as novas diretrizes, o governo pode controlar e até mesmo congelar fundos de qualquer cidadão, inclusive contas de exchanges e carteiras cripto. Os CEOs de duas grandes exchanges que atuam no país ainda passaram a ser investigados após comentar sobre o assunto em suas redes sociais. No entanto, após uma série de críticas, o primeiro-ministro Justin Trudeau revogou a lei de controle financeiro,

Bitcoin se aproxima de mínima no ano

A maior criptomoeda do mundo inicial a semana em baixa, lutando para manter um importante nível de suporte. Apesar de dar sinais de um novo impulso de alta na quarta-feira (23), o Bitcoin não conseguiu se manter livre das crises políticas ao redor do mundo, se aproximando do seu menor valor do ano no dia seguinte.

No entanto, o ativo voltou a subir e criou um longo pavio inferior na sexta-feira (25), se aproximando dos valores vistos no início da semana. Com isso, o BTC acumula uma queda de “apenas” 2,3% nos últimos sete dias, segundo o CoinGecko, algo otimista se for levado em conta que esta foi a semana mais tensa do cenário geopolítico nos últimos anos.

Crescimento da Cardano não impacta token ADA

Ao contrário do BTC, a ADA teve uma forte semana de baixa, caindo 10% neste período. Especialistas acreditam que o token nativo da rede Cardano terá um 2022 discreto, apesar de ter grande potencial de valorização nos próximos anos. Em contrapartida, sua rede tem dado novos sinais de crescimento. A Cardano se tornou a segunda maior rede cripto em volume de transações. Além disso, o montante em ADA nas mãos de investidores de longo prazo atingiu o maior valor em 2 anos.

Axie Infinity e mercado P2E seguem em alta

axie infinity

O mercado de jogos play-to-earn (P2E) não tem dado sinais de desaceleração, com cada vez mais investimentos sendo feitos neste setor. O Axie Infinity continua sendo o principal destaque desta indústria, superando os US$ 4 bilhões na venda de seus NFTs e criando parcerias para expandir sua atuação na América Latina.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados