Bitcoin btc
$ usd

Canadá vai investigar tuites de CEOs de exchanges sobre carteiras cripto

2 mins
22 fevereiro 2022, 09:50 -03
Atualizado por Anderson Mendes
22 fevereiro 2022, 09:50 -03
EM RESUMO
  • O regulador de valores mobiliários do Canadá sinalizou dois tweets feitos por CEOs de grandes exchanges.
  • Tanto Armstrong quanto Powell comentaram sobre as restrições financeiras impostas pelo governo canadense.
  • Os manifestantes estão adotando criptomoedas depois que as restrições financeiras foram implementadas.
  • promo

A Comissão de Valores Mobiliários de Ontário marcou dois tweets do CEO da Coinbase, Brian Armstrong, e do CEO da Kraken, Jesse Powell, como dignos de investigação. Ambos fizeram comentários relacionados ao uso de carteiras de criptomoedas sem custódia.

A Comissão de Valores Mobiliários de Ontário (OSC) relatou tuites feitos pelos CEOs das exchanges de criptomoedas Coinbase e Kraken para agências de aplicação da lei, de acordo com relatos da mídia. O CEO da Coinbase, Brian Armstrong, e o CEO da Kraken, Jesse Powell, fizeram publicações relacionados às medidas de vigilância financeira impostas pela recente Lei de Emergência aplicada no país, visando conter a onda de protestos locais.

A decisão da OSC de denunciar esses tweets resultou de sua crença de que os dois CEOs aparentemente ofereceram conselhos sobre como evitar as restrições de financiamento. Armstrong se referiu aos acontecimentos no Canadá e disse que “carteiras de auto-custódia são importantes”, enquanto Powell recomendou a transferência de ativos para carteiras sem custódia.

A Lei de Emergência, invocada pelo governo canadense recentemente para impedir o financiamento dos protestos, incluiu plataformas de criptomoedas. Esta lei regulamentou as plataformas cripto sob a Lei de Financiamento do Terrorismo. A medida foi condenada por algumas pessoas por ser antidemocrática.

Os protestos no Canadá ganharam manchetes em todo o mundo, fazendo com que o primeiro-ministro Justin Trudeau tenha trabalhado horas extras para encerrá-lo. Ele tomou a medida sem precedentes de invocar a Lei de Emergência e congelou contas de pessoas suspeitas de estarem ligadas as manifestações.

Um dos relatos mais surpreendentes que emergem dessa situação é o fato de que o Canadá pode tornar permanentes as medidas de vigilância financeira. A Ministra das Finanças do país, Chrystia, fez declarações sobre essa possibilidade em uma coletiva de imprensa recentemente.

  • Ficou com alguma dúvida? O BeInCrypto tem um glossário para que você possa tirar suas dúvidas em relação ao mundo cripto!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

Criptomoedas contra medidas autoritárias

Manifestantes e pessoas afetadas pelas recente medidas adotaram criptomoedas para proteger seu capital. A classe de ativos é vista como um meio de proteção contra medidas autoritárias, o que tem feito órgãos governamentais no Canadá e no resto do mundo se apor a estes ativos.

O CEO da Kraken, Jesse Powell, disse anteriormente que a exchange pode ser forçada a congelar ativos por ordem judicial. Ela não teria escolha a não ser obedecer a lei. Nesses casos, os cidadãos recorrem a plataformas descentralizadas para garantir seus fundos.

As criptomoedas nasceram de uma época em que os governos socorreram os bancos após o próprio erro dos mesmos. Esse princípio ainda permanece forte no mercado cripto, com muitos temendo tanto o exagero do governo quanto a inflação nas moedas fiduciárias.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Patrocinados
Patrocinados