Ver mais

Cofundador do Ethereum pode vender ETH antes da decisão sobre ETF

5 mins
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O cofundador da Ethereum, Jeffrey Wilke, transferiu 10.000 ETH para a Kraken.
  • A decisão iminente da SEC sobre o ETF de Ethereum da Vaneck aumentou significativamente as expectativas de aprovação, de 25% para 75%.
  • Apesar de um sinal de venda do indicador TD Sequential sugerir possíveis tendências de baixa de curto prazo.
  • promo

Transferências de Ethereum (ETH) recentes para exchanges de criptomoedas chamaram a atenção do mercado. Esse movimento levantou especulações sobre a possível realização de lucros, reequilíbrio de portfólio ou especulação de mercado.

Esses acontecimentos coincidem com o fato de a Comissão de Valores Mobiliários (SEC) dos EUA se aproximar de uma decisão sobre o fundo negociado em bolsa (ETF) de Ethereum da Vaneck , o que aumentou as expectativas no setor.

Investidores transferem ETH para exchanges

Um dos fundadores do Ethereum, Jeffrey Wilke, transferiu 10.000 ETH, no valor de cerca de US$ 37,38 milhões, para a exchange de criptomoedas Kraken. Embora o motivo por trás de uma transferência tão significativa não seja claro, é possível derivar algumas hipóteses dela.

  • Obtenção de lucros: Wilke pode estar vendendo seus tokens para obter lucros. Isso pode ser devido à obtenção do retorno desejado sobre o investimento ou à antecipação de uma possível queda no mercado.
  • Reequilíbrio de portfólios: Wilke pode estar reequilibrando seus portfólios vendendo alguns tokens e comprando outros. Isso pode se basear em mudanças nas condições do mercado, no desenvolvimento de projetos ou em sua estratégia de investimento.
  • Especulação de mercado: Wilke pode estar especulando sobre movimentos de preços de curto prazo ou aproveitando oportunidades de arbitragem entre diferentes exchanges de criptomoedas.
Atividade da carteira de Jeffrey Wilke
Atividade da carteira de Jeffrey Wilke. Fonte: SpotOnChain

Quer Wilke tenha como objetivo registrar lucros, reequilibrar seu portfólio ou especular no mercado, ele parece não ser o único. A análise do saldo da Ethereum nas exchanges revela um aumento nos tokens disponíveis para venda. A métrica refere-se à quantidade total de Ethereum mantida em carteiras de exchange de criptomoedas.

Leia mais: Previsão de preços do Ethereum para 2024 / 2025 / 2030

Nas últimas duas semanas, mais de 242.000 ETH foram transferidos para carteiras de câmbio de criptomoedas. Isso indica o aumento da atividade de trading nas exchanges, o que pode contribuir para a volatilidade dos preços.

Saldo de Ethereum nas exchanges. Fonte: Glassnode

Aprovação do ETF de Ethereum está próxima

O momento dessas transferências é notável, pois se alinha com a decisão final da SEC sobre o ETF de Ethereum da Vaneck. Curiosamente, no dia 20 de maio, a SEC solicitou que a Nasdaq, a CBOE e a NYSE refinassem seus pedidos de listagem de ETFs de Ethereum à vista, sugerindo uma possível aprovação desses registros.

Em resposta a esse desenvolvimento regulatório, os analistas de ETF Eric Balchunas e James Seyffart, da Bloomberg Intelligence, observaram que a probabilidade de aprovação aumentou substancialmente, passando de apenas 25% para consideráveis 75%.

“Ouvimos esta tarde conversas de que a SEC poderia dar um giro de 180º nessa questão cada vez mais política, de modo que agora todos estão se mexendo. Mas, novamente, limitamos a 75% até vermos mais, por exemplo, atualizações de registros”, escreveu Balchunas.

Probabilidades de aprovação do ETF de Ethereum
Probabilidades de aprovação do ETF de Ethereum. Fonte: Polymarket

Da mesma forma, o Polymarket, uma plataforma de mercado de previsão descentralizada que permite aos usuários fazer apostas em eventos mundiais, mostra um aumento significativo nas probabilidades de aprovação, que subiram de 10% para 70% nas últimas 72 horas.

Sinal de alerta para os traders

Embora líderes do setor, como Anthony Pompliano, vejam a aprovação do ETF de Ethereum como uma “aprovação de todo o setor” e como “a última barreira a ser rompida”, os traders devem ser cautelosos. Os depósitos crescentes de ETH nas carteiras de exchange de criptomoedas sugerem a possibilidade de uma liquidação ou um pico na realização de lucros.

Enquanto isso, o indicador Tom DeMark (TD) Sequential apresenta um sinal de venda no gráfico diário do Ethereum. O indicador é uma ferramenta de análise técnica usada para identificar possíveis pontos de exaustão da tendência do mercado e futuras reversões de preço.

O candlestick verde no gráfico diário sugere que um pico na pressão de venda poderia fazer com que o Ethereum refizesse de um a quatro candlesticks diários ou até mesmo iniciasse uma nova fase de contagem regressiva para baixo antes da retomada da tendência de alta.

Análise de preço do Ethereum
Análise de preço do Ethereum. Fonte: TradingView

Ethereum pode manter suporte

Apesar dos sinais de baixa vistos de uma perspectiva on-chain e técnica, o indicador In/Out of the Money Around Price (IOMAP) sugere que o Ethereum está acima de áreas significativas de suporte que poderiam se manter no caso de uma correção.

Essa métrica ajuda a analisar e visualizar a distribuição das posições dos detentores em relação ao preço atual. Ela ajuda a entender os possíveis níveis de suporte e resistência com base no número de endereços que detêm uma determinada criptomoeda em diferentes níveis de preço.

Com base no IOMAP, mais de 1,81 milhão de endereços compraram cerca de 1,66 milhão de ETH entre US$ 3.820 e US$ 3.700. Essa zona de demanda poderia manter o preço do Ethereum sob controle em meio à crescente pressão de venda. Mas se ela não se mantiver, a próxima área-chave de suporte está entre US$ 3.580 e US$ 3.462, onde 3,13 milhões de endereços compraram mais de 1,50 milhão de ETH.

IOMAP do Ethereum
IOMAP do Ethereum. Fonte: IntoTheBlock

Por outro lado, a barreira de resistência mais importante para o Ethereum está entre US$ 3.940 e US$ 4.054. Aqui, mais de 1,16 milhão de endereços compraram anteriormente cerca de 574.660 ETH.

Se o Ethereum superar esse obstáculo e imprimir um candelabro diário com fechamento acima de US$ 4.170, a perspectiva de baixa será invalidada. Isso poderá resultar em uma nova fase de contagem regressiva ascendente em direção a US$ 5.000.

Resumo e conclusões

A transferência de 10.000 ETH de Jeffrey Wilke para a Kraken é um indicativo das atividades mais amplas do mercado, onde os investidores estão transferindo quantidades significativas de ETH para as exchanges. Essa tendência, portanto, se alinha com o aumento da atividade de trading, sugerindo possível realização de lucros, reequilíbrio de portfólio ou especulação de mercado entre os detentores de Ethereum. O saldo de ETH nas exchanges disparou, indicando um possível aumento na volatilidade do mercado.

Esse movimento do mercado ocorre em um momento crítico, já que a SEC está prestes a tomar uma decisão sobre o ETF de Ethereum da Vaneck. Os analistas observaram um aumento substancial na probabilidade de aprovação, que subiu de 25% para 75%. Esses desenvolvimentos regulatórios são vistos como um sinal positivo para o mercado mais amplo de criptomoedas, potencialmente abrindo caminho para mais investimentos institucionais.

Apesar de os indicadores técnicos sugerirem uma possível tendência de baixa de curto prazo, o indicador IOMAP mostra fortes níveis de suporte para a Ethereum. Isso sugere que, embora possa haver correções de curto prazo, a demanda subjacente por Ethereum continua robusta. Os detentores de longo prazo parecem confiantes, continuando a acumular ETH, o que é um bom presságio para sua futura estabilidade de preços e crescimento.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados