Ver mais

Cliente da Unick Pagou Boleto para Investir em Bitcoin e Espera Receber R$ 60 Mil

2 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • Documento pago por investidor pertencia a Urpay que aparece também como ré na ação.
  • promo

O fim de ano deveria ser um momento de alegria para investidores de Bitcoin que esperavam lucros de até 30% ao mês. No caso de vítimas do esquema da Unick Investimentos, mais de 1,5 milhão de usuários não sabem o que fazer sem respostas sobre a empresa, que oferecia lucros duvidosos a partir de aplicações em Bitcoin.
No caso de um investidor do interior de São Paulo, ele decidiu procurar a justiça para tentar receber dinheiro do negócio. O cliente da Unick Academy pede mais de R$ 60 mil para a plataforma que foram supostamente investidos em Bitcoin. Já são quase seis meses sem saques acontecendo na Unick Academy. A empresa, que um dia movimentou R$ 40 milhões em apenas 24 horas, viu seu negócio com Bitcoin desmoronar. A queda aconteceu com a prisão de líderes do esquema, acusado até de ser uma “pirâmide financeira”.

Homem quer receber R$ 60 mil da Unick

A Unick Academy teve suas operações encerradas com a prisão de vários líderes da empresa. Tudo aconteceu com a Operação Lamanai, contudo, pouco antes os saques em atraso já preocupavam os clientes. A plataforma anunciou uma atualização e desde então investidores esperam por lucros e aplicações que teriam sido feitas em Bitcoin. Este é o caso do cliente da Unick de Bragança Paulista – SP que espera receber mais de R$ 60 mil da companhia. O montante está relacionado ao lucro em dobro, prometido pela própria Unick. Além disso, a quantia de R$ 10 mil faz jus ao pedido de dano moral pedido pelo cliente que terá o nome preservado.
Pretende receber a quantia de R$ 60.116,20, consistente na devolução do capital raiz investido (R$ 25.058,00), mais o valor R$ 25.058,00 referente aos lucros prometidos e não recebidos, além de danos morais, no importe de R$ 10.000,00.”

Justiça precisa de mais provas sobre investimento em Bitcoin

O nome da Unick Investimentos aparece como ré na ação apresentada pelo usuário da plataforma. Além dela, a S.A. aparece entre os nomes dos réus que fazem parte deste processo. Do mesmo modo, o nome do aplicativo de pagamentos da Urpay também está inserido neste caso. O autor cita que o boleto que introduziu sua entrada na Unick foi pago em nome da “requerida Urpay”. No total, ele pagou R$ 25.058,00. Este dinheiro seria investido em Bitcoin, e a promessa era de receber o dobro do capital aplicado na Unick.
O requerente alega que investiu na plataforma da requerida Unick, afiançada pela requerida S.A. Capital, na qual realizava transações de (criptomoedas). Houve aporte de R$ 25.058,00. Pela aplicação, deveria receber o dobro do capital investido.”
Por fim, a justiça concedeu o prazo de 15 dias para o autor da ação apresentar mais provas sobre o caso. Dentre as informações que deverão ser entregues está a declaração de imposto de renda, por exemplo. Nela deve estar declarado o quanto o homem realmente investiu em Bitcoin. Conhece alguém que pagou boletos para investir em Bitcoin através da Unick? Deixe seu recado sobre a notícia e compartilhe no Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

images.jpeg
Comercial
Comercial é o nome universal do autor para todo o conteúdo patrocinado fornecido pelos parceiros do BeInCrypto. Portanto, esses artigos, criados por terceiros para fins promocionais, podem não estar alinhados com os pontos de vista ou opinião do BeInCrypto. Embora façamos esforços para verificar a credibilidade dos projetos apresentados, estas peças destinam-se a publicidade e não devem ser consideradas como aconselhamento financeiro. Os leitores são incentivados a realizar pesquisas...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados