Ver mais

CEO da Binance processa jornal após acusações de esquema de pirâmide

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • Changpeng Zhao entrou com uma ação contra a editora de Hong Kong da Bloomberg Businessweek, Modern Media CL.
  • CEO da Binance afirma que um artigo publicado fez várias observações infundadas que lançam uma luz ruim sobre Binance e Zhao.
  • Zhao também apresentou um Memorando de Direito em Nova York em relação ao caso.
  • promo

O CEO da Binance, Changpeng Zhao, entrou com uma ação contra uma subsidiária da Bloomberg por difamação. O processo alega que um artigo publicado fez várias observações difamatórias infundadas.

CZ entrou com uma ação contra uma subsidiária da Bloomberg por difamação, conforme mostrado em um processo judicial na segunda-feira (25). A ação foi arquivada no Supremo Tribunal de Hong Kong, enquanto um Memorando de Lei foi arquivado no Tribunal Distrital do Distrito Sul de Nova York em relação ao caso. A subsidiária é a editora de Hong Kong da Bloomberg Businessweek, Modern Media CL.

O documento afirma que o artigo relacionado que foi publicado tinha “várias alegações sérias e difamatórias feitas contra a Binance e Zhao que eram completamente infundadas”. Ele alega que o artigo foi projetado para enganar os leitores a pensar que o CEO e a exchange estavam participando de atividades ilegais ou desagradáveis.

O artigo foi intitulado “O homem mais rico do Crypto pode suportar o inverno?” mas a tradução para o chinês apresentava uma manchete diferente que levou ao arquivamento do processo. A tradução alegou que Zhao estava executando um esquema Ponzi. Já a versão em inglês do artigo também contém frases com as quais Zhao tem queixas.

Ele aponta para várias observações específicas feitas no artigo, alegando que estava implicando que a Binance estava envolvida em lavagem de dinheiro, fraude e hacking. O artigo também apresenta uma citação de um usuário que chamou a exchange de “cassino de shitcoin massivo” sem fornecer identificação ou verificação do trader.

Changpeng Zhao entrou com processos de difamação contra publicações da mídia antes. Ele processou a empresa de capital de risco Sequoia por difamação em 2019 e a Forbes em 2020, embora tenha desistido deste último caso.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Binance enfrenta obstáculos regulatórios, mas busca trabalhar com autoridades

A Binance leva questões legais muito a sério e, embora tenha enfrentado problemas regulatórios, tem se esforçado para trabalhar com os órgãos e agências reguladoras. A exchange cessou o suporte à privacidade da Litecoin, permitindo transações baseadas em MimbleWimble, pois as moedas de privacidade são uma preocupação para essas entidades.

Vários desenvolvimentos regulatórios ocorreram em relação às operações da Binance, com o Banco Central Holandês multando a exchange em US$ 3,3 milhões por operar sem licença. No entanto, nem tudo tem sido negativo.

A Binance recebeu uma licença para operar na Espanha, o que aumenta a crescente lista de jurisdições em que ela pode atuar. A empresa também assinou um acordo com o regulador do Camboja para ajudar com as diretrizes locais.

Exchange continua em crescimento

A Binance deixou clara sua intenção de se tornar uma exchange global de criptomoedas. Na maioria das vezes, ela já está tendo sucesso nessa frente, mesmo enfrentando a concorrência de outras empresas como a Coinbase.

Agora ela é a exchange que detém mais criptomoedas do mundo, ultrapassando a corretora norte-americana. Zhao disse que a Binance tem uma forte saúde financeira e que estava expandindo as contratações neste momento, ao contrário de diversas empresas que estão fazendo demissões durante este mercado cripto.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados