Ver mais

Bot no Twitter ajuda a encontrar NFTs por preços justos

2 mins
Por David Thomas
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • Um novo bot experimental do Twitter foi lançado pela CoinShares enquanto os mercados NFT continuam sofrendo com inverno cripto.
  • Ferramenta agrega dados do OpenSea para determinar o preço justo de um NFT.
  • Resta saber se essa ferramenta será útil ou se tornará outra via para manipulação de preços de NFT.
  • promo

O grupo europeu de investimento e negociação em ativos digitais CoinShares lançou um bot experimental no Twitter para ajudá-lo a estabelecer o preço de qualquer token não fungível (NFTs) no OpenSea.

Para determinar o preço de um NFT, você pode tuitar o link do NFT no OpenSea ao bot.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O bot será banido do Twitter?

Segundo a CoinShares, o bot alimenta dados do OpenSea para modelos matemáticos testados para prever o preço justo de um NFT, independente de quem o possua.

O bot considera fatores como hype, raridade, privilégios exclusivos, volume de transações da coleção e dados históricos de vendas na previsão do preço do NFT. Ele foi projetado para ajudar a determinar os custos durante o inverno cripto, longe dos dias inebriantes de 2021, em que preços de coleções populares como o Bored Ape Yacht Club (BAYC) aparentemente dispararem por nenhum outro motivo a não ser que as principais celebridades os possuíssem.

”NFTs são o mais novo ativo a chegar aos mercados de criptomoedas e é importante que todos se sintam à vontade para comprá-los e vendê-los”, disse o CEO da CoinShares, Jean-Marie Mognetti.

O bot fornecerá apenas estimativas de preços para um grupo limitado de coleções NFT, que por enquanto inclui Meebits, BAYC, Doodles e Pudgy Penguins. A lista de coleções suportadas será atualizada toda semana.

A CoinShares já havia desenvolvido um bot chamado Hal para ser um operador quant companheiro sem emoção para ajudar as pessoas a negociar criptomoedas.

Antes de sua última oferta para comprar o Twitter, o CEO da Tesla, Elon Musk, citou a falta de clareza sobre bots de spam como uma das razões pelas quais ele desistiu de comprar a rede de mídia social. Em geral, os bots maliciosos são contas falsas e automatizadas usadas para promover golpes ou espalhar notícias falsas.

De acordo com porta-vozes do Twitter, criar um feed automatizado, seja por motivos maliciosos ou não, é relativamente fácil do ponto de vista da programação de computadores. Essa simplicidade pode ser o motivo pelo qual a empresa geralmente precisa excluir um milhão de bots de spam diariamente.

Agora, mesmo quando a CoinShares lança seu bot de preços NFT, Musk renovou o processo de aquisição, o que pode trazer até bots úteis sob maior escrutínio e resultar em mudanças nas diretrizes atuais do Twitter.

Pontos fracos do bot da CoinShares

Até o momento, a ferramenta da CoinShares funciona apenas no OpenSea, deixando de fora outros mercados. Isto poderia deixar o bot com falhas em sua percepção da conveniência de um NFT e do volume geral de negociação.

O produto também pode estar sujeito a abusos durante sua fase experimental. Os vendedores em potencial podem interrogar o feed do Twitter do bot para descobrir quais coleções são as mais desejáveis ​​com base em quantas consultas de preço o bot recebe e usar essas informações para alterar o preço de venda de seus NFTs.

Como o bot depende de dados coletados do OpenSea, qualquer violação que corrompa os dados do OpenSea pode alimentar o bot com informações incorretas sobre o preço de um NFT específico.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados