25% dos blocos de Ethereum podem censurar transações, como exigido pelos EUA

30 setembro 2022, 14:00 -03
Traduzido Thiago Barboza
30 setembro 2022, 14:00 -03
EM RESUMO
  • Mais de 25% dos blocos Ethereum são compatíveis com OFAC, levantando preocupações sobre censura.
  • O OFAC sancionou o Tornado Cash e os endereços associados a ele.
  • Membros na comunidade estão discutindo alternativas à medida que as críticas chegam rapidamente.
  • promo

Vários retransmissores MEV-Boost são regulamentados pelo OFAC e podem censurar transações. Mais de 25% dos blocos Ethereum agora estão em conformidade com os regulamentos OFAC.

Estão surgindo relatórios de que pode haver algum motivo de preocupação em relação à censura na rede Ethereum. O site, MEV Watch, mostra que alguns retransmissores MEV-Boost são regulamentados pela OFAC e podem censurar certas transações. Atualmente, mais de 25% dos blocos Ethereum estão em conformidade com os regulamentos OFAC.

25% dos blocos de Ethereum podem censurar transações, como exigido por sanções dos EUA
Fonte: MEV Watch

A OFAC é o Office of Foreign Assets Control, uma divisão do Departamento do Tesouro dos Estados Unidos que administra e impõe sanções. O departamento já fez manchetes no mercado de criptomoedas antes, em grande parte porque sancionou o Tornado Cash e os endereços associados a ele.

/Artigos relacionados

Mais artigos

Conforme descrito no site, “MEV-boost é um serviço que os validadores Ethereum PoS têm a opção de executar para terceirizar suas tarefas de produção de blocos para o maior lance”. Existem sete desses principais retransmissores MEV-Boost, dos quais apenas três não censuram transações de acordo com os requisitos do OFAC.

25% dos blocos de Ethereum podem censurar transações, como exigido por sanções dos EUA
Fonte: MEV Watch

Como tal, aqueles que cumprem os requisitos da OFAC não incluirão nenhuma transação que interaja com o contrato inteligente do Tornado Cash ou quaisquer outros endereços sancionados. Sem surpresa, aqueles no espaço cripto começaram a olhar para esse desenvolvimento com preocupação.

  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

Alternativas já discutidas como extensão da censura analisadas

Quase um quarto de todos os retransmissores MEV-Boost podem censurar essas transações. Cálculos foram realizados com relação a quantos blocos estão sendo censurados, um relatório produzido a partir destes dados afirma que “entre os validadores que optaram por usar um retransmissor MEV-Boost, aproximadamente 86% dos blocos estão sendo censurados”.

No entanto, o relatório observa que, se ainda houver validadores dispostos a incluir essas transações, elas serão adicionadas ao blockchain. Existem equipes que estão trabalhando para resistir à censura, incluindo a EigenLayer, que propôs uma alternativa. O fundador Sreeram Kannan falou sobre essa solução no Twitter, propondo permitir que o espaço de bloco não utilizado seja preenchido pelo produtor do bloco.

Comunidades Ethereum e cripto expressam preocupação

As mídias sociais foram rapidamente preenchidas com discussões sobre o assunto, com boa parte da comunidade de criptomoedas expressando muita preocupação com a censura ocorrendo em um nível tão fundamental. Todos eles pediram neutralidade, ao mesmo tempo em que pedem uma mudança no nível do protocolo que impeça que tal censura aconteça.

Alguns também pediram àqueles que executam um nó de staking para não contribuir com a censura, solicitando que não usem o retransmissor primário de flashbots MEV.

O debate sobre a censura após o The Merge vem acontecendo há algum tempo, com o analista de criptomoedas Eric Wall também avaliando o desenvolvimento do Tornado Cash. Ele disse que qualquer validador que tente censurar transações deve enfrentar repercussões.

Os temores de centralização vêm crescendo desde que foi descoberto que mais de 80% dos blocos Ethereum foram retransmitidos por flashbots após a fusão. Os dados da Santiment também mostraram que mais de 45% das transações de ETH foram processadas por duas carteiras.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.