Bitcoin pode cair até US$ 13.000, diz Peter Brandt

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • Bitcoin pode continuar caindo até US$ 13.000 se não recuperar o nível de US$ 32.000, segundo Peter Brandt.
  • Analista ficou conhecido por prever o inverno cripto de 2018.
  • Peter Brandt indicou quando o BTC deve voltar a subir.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

Para o popular analista e trader financeiro, o Bitcoin (BTC) pode cair até US$ 13.000 caso não consiga recuperar um importante nível de preço.

Com quase 50 anos de experiência no mercado, Peter Brandt é atualmente um dos analistas de maior prestígio dentro da comunidade de criptomoedas, especialmente após prever o inverno cripto de 2018.  

Por meio de seu perfil no Twitter no último domingo, Brandt divulgou suas análises sobre o momento atual de queda do Bitcoin. Infelizmente, elas trazem ainda mais pessimismo para os entusiastas da criptomoeda.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

Bitcoin a US$ 13.000?

A última vez que o Bitcoin foi negociado em US$ 13.000 foi em novembro de 2020, momento em que o ativo dava seus primeiros sinais de entrar em um forte ciclo de alta que culminou num salto de mais de 400% e uma nova máxima histórica de US$ 69.000 feita cerca de um ano depois. Desde então, a maior criptomoeda do mundo entrou em tendência de baixa, perdendo 70% de seu valor, segundo o CoinGecko.

Muitos acreditam que após realizar o reteste da antiga máxima histórica em US$ 20.000, o BTC logo voltará a subir. Porém, para Brandt, o ativo pode continuar em queda, chegando ao nível de US$ 13.000. Isso pode ocorrer, segundo o analista, devido a um topo duplo feito na região do seu atual preço recorde.

Topo duplo é considerado um dos maiores padrões de reversão de tendência na análise técnica, o que explica a forte queda que se sucedeu no ativo. Brandt ainda observa que as chances dessa queda ocorrer aumentam caso o Bitcoin não consiga recuperar em breve o nível de US$ 32.000, que foi perdido no início deste mês.  

“A menos que o Bitcoin $ BTC consiga fechar acima da máxima de 31 de maio, este gráfico pode se tornar um exemplo clássico do famoso padrão de gráfico “Drano”

Quem também acredita que o Bitcoin pode continuar caindo é o ex-CEO da BitMEX, Arthur Hayes. Para ele, se o ativo perder o suporte de US$ 20.000, as análises gráficas “serão inúteis por um tempo” e tudo o que restará para os investidores da criptomoeda é orar ao “Senhor Satoshi e esperar que o senhor mostre bondade”.

Quando o inverno cripto irá acabar?

De acordo com Peter Brandt, o atual inverno cripto deve durar mais alguns meses, com uma nova máxima histórica de preço do Bitcoin sendo estabelecida somente a partir de 2024. Porém, ele destaca que “até lá estaremos em uma tendência de alta gigante”.

Outro que acredita 2024 será um bom ano para o BTC é Du Jun, fundador da exchange Huobi. Ele afirma que o halving programado para ocorrer neste ano irá ser o principal catalisador para o início de uma nova tendência de alta no ativo.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.