Ver mais

Bitcoin (BTC): Analistas estão otimistas com as chances de aprovação de um ETF à vista. Entenda

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

EM RESUMO

  • Especialistas da indústria cripto prevêem que a SEC aprovará um ETF de Bitcoin à vista, após a aprovação dos ETFs futuros de Ethereum.
  • Analistas estimam que a aprovação de um ETF de Bitcoin à vista pode resultar em entradas de capital de até US$ 200 bilhões.
  • A SEC está se envolvendo ativamente com os emissores de ETFs para refinar seus registros, com prazos importantes provavelmente adiados até janeiro.
  • promo

A probabilidade da Comissão de Valores Mobiliários (SEC) aprovar um fundo negociado em bolsa de Bitcoin (ETF) à vista está aumentando, de acordo com especialistas do setor.

A aprovação dos primeiros ETFs futuros de Ethereum dos EUA esta semana aumentou sua confiança.

Leia mais: As 10 criptomoedas para investir em janeiro de 2024

A indústria de criptomoedas e seus analistas de ETF estão mais confiantes do que nunca de que a SEC aprovará um produto Bitcoin à vista em um futuro próximo.

Probabilidades de ETF de Bitcoin aumentando

Em 4 de outubro, o trader e analista de criptomoedas Alex Krüger disse que suas chances de aprovação do ETF de Bitcoin à vista eram de 70%. Ele acrescentou que provavelmente seria em janeiro e que o evento era negociável.

“Os traders de criptomoedas são profissionais de ‘vender as notícias’”, disse ele antes de acrescentar: “Vender as notícias exige liderança”.

A SEC tem sido veementemente contra os derivativos cripto à vista que precisam manter o ativo subjacente. Em vez disso, ela aprovou apenas produtos baseados em contratos futuros, alegando volatilidade e manipulação de mercado.

O presidente da loja de ETF, Nate Geraci, ecoou o sentimento, afirmando:

“É por isso que você lança ETF de futuros de Ethereum, mesmo sabendo que os ETFs à vista provavelmente serão aprovados em um futuro não muito distante.”

Após a última vitória parcial da Ripple contra a SEC esta semana, “Crypto Rover” disse:

“A SEC agora não tem argumentos válidos para negar um ETF de Bitcoin à vista. Eles serão forçados a aceitá-lo.”

O “Terapeuta Bitcoin” concordou, acrescentando:

“Acho que isso é em grande parte verdade. Exceto que eles continuarão com o bode expiatório da fraude cripto enquanto a narrativa permitir. No final, será aprovado e verá trilhões de dólares fluirem através dele”,

De acordo com “Mister Crypto”, o ex-diretor da BlackRock disse que a SEC aprovaria ETFs de Bitcoin à vista dentro de três a seis meses. Ele também disse que poderia haver entradas de capital de até US$ 200 bilhões.

Uma grande fila de ETF

Em 4 de outubro, o especialista em ETF da Bloomberg, Eric Balchunas, publicou a última atualização na longa lista de aplicações pendentes.

Ele disse que 13 de outubro é o prazo final para a SEC apelar da decisão da Grayscale. Além disso, “todos os pedidos à vista estão basicamente adiados até 3 de janeiro”, acrescentou.

A SEC está se envolvendo ativamente com os emissores de ETFs para ajustar seus registros, disse Balchunas.

Bitcoin (BTC): Analistas estão otimistas com as chances de aprovação de um ETF à vista. Entenda
Solicitações de ETF à SEC. Fonte: X/@EricBalchunas

O segundo prazo para VanEck, WisdomTree e Fidelity é 17 de outubro, e é altamente provável que todos sejam adiados para janeiro.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Thiago-Barboza-red1.png
Thiago Barboza
Sound Designer de profissão e apaixonado por comunicação, Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados