Ver mais

Por que o mercado não percebeu o potencial de alta dos ETFs spot de Bitcoin?

5 mins
Por Bary Rahma
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Analistas acreditam que o mercado de criptomoedas subestima o potencial de alta dos ETFs spot de Bitcoin.
  • A K33 Research enfatizou a importância dos ETFs BTC e dos ETFs ETH baseados em futuros.
  • O CEO da YouHodler aconselha a construção de um portfólio cripto agora, enfatizando os estágios iniciais de crescimento.
  • promo

A indústria de criptomoedas tende a surpreender tanto investidores quanto participantes do mercado. No entanto, não se pode deixar de notar uma aparente discrepância entre a avaliação e a promessa emergente dos ETFs spot de Bitcoin.

Analistas argumentam que o mercado cripto subestima o potencial de alta que esses instrumentos financeiros possuem.

Mercado está errado sobre ETFs de Bitcoin

A K33 Research destacou a desconexão significativa no sentimento do mercado e o aumento das perspectivas de aprovação de um ETF spot de Bitcoin.

Seu analista sénior Vetle Lunde, juntamente com o vice-presidente Anders Helseth, por exemplo, acentuaram que, apesar da recessão do mercado, muitos não perceberam a magnitude deste evento histórico. Eles acreditam que, no longo prazo, a balança deve inclinar-se a favor dos touros.

“O mercado subestima o impacto dos ETFs de BTC dos EUA e, por extensão, dos de ETH baseados em futuros. Em setembro, poucos catalisadores aguardam, oferecendo uma oportunidade sólida de posicionamento estratégico antes de um outubro repleto de eventos que movimentam o mercado. Somos a favor de uma combinação de maior exposição ao ETH e exposição longa alavancada de forma conservadora no BTC”, afirmaram Lunde e Helseth.

Fonte: K33 Research

Aprofundando-se nas complexidades da situação, o triunfante confronto jurídico da Grayscale contra a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) resultou em uma decisão judicial que criticou severamente a justificativa do regulador para rejeitar os pedidos de ETF Spot Bitcoin como “arbitrários e caprichosos”.

Embora o Bitcoin tenha essencialmente renunciado aos seus ganhos, Lunde e Helseth sustentam que a aprovação de um ETF Spot de Bitcoin desencadearia fluxos financeiros colossais, aumentando exponencialmente a pressão de compra.

“Os últimos três meses aumentaram muito as probabilidades de aprovação de um ETF, mas os preços estão longe de refletir isso. Acreditamos firmemente que o mercado está errado. Este é, ao que tudo indica, um mercado comprador, e é imprudente não acumular agressivamente BTC nos níveis atuais”, acrescentaram Lunde e Helseth.

Fonte: TradingView

É hora de começar a construir um portfólio cripto

O CEO da YouHodler, Ilya Volkov, disse que também acredita que “[este] é um ótimo momento para entrar no mercado”. Ele enfatizou que os investidores ainda não apreciaram totalmente a vitória da Grayscale contra a SEC, sugerindo uma perspectiva otimista de longo prazo.

 “Neste momento, meu conselho é entrar no mercado e começar a construir um portfólio. Ainda estamos nos estágios iniciais de crescimento – se compararmos as criptomoedas com os primeiros dias do mercado de ações. Já sabemos o quanto foi benéfico estar na bolsa de valores naquela fase inicial, então, se você já participa do mercado, bom para você. Continue. Experimente a negociação intradiária ou o custo médio do dólar (DCA) para construir seu portfólio”, afirmou Volkov.

Ainda assim, o antigo membro do conselho do Grupo Libertex sublinhou a necessidade de paciência. Além disso, ele observou que os desafios regulatórios iminentes podem ofuscar as previsões de vários analistas da Bloomberg, que acreditam em uma probabilidade de 75% de aprovação para um ETF spot de Bitcoin.

“Precisamos ser pacientes. Os EUA precisam aprovar o ETF de Bitcoin primeiro. O mercado não deveria sobrecarregar a SEC com todas essas aplicações. Dê-lhes a chance de se adaptarem lentamente. O governo avança sempre mais lentamente do que a inovação tecnológica, por isso devemos tentar concentrar-nos numa coisa de cada vez”, acrescenta Volkov.

Da mesma forma, o ex-presidente da SEC, Jay Clayton, enfatizou que a crescente clareza em torno da identidade do Bitcoin sugere que a aprovação do ETF spot de Bitcoin é apenas uma questão de tempo.

“Está claro que o Bitcoin não é um título. É claro que o Bitcoin é algo a que os investidores de varejo querem ter acesso, os investidores institucionais querem ter acesso e, mais importante, alguns dos nossos fornecedores mais confiáveis que são fiduciários ou têm obrigações de melhor interesse querem fornecer este produto ao público retalhista. Então acho que […] uma aprovação é inevitável”, afirmou Clayton.

O Ethereum pode ser considerado um título?

A narrativa em torno das criptomoedas não se limita ao Bitcoin. O Ethereum, por exemplo, pode ofuscar o desempenho do BTC nos próximos meses. Os analistas sugerem que o Ethereum capitalizará o impulso decorrente de uma listagem antecipada de ETFs baseados em futuros.

Traçando paralelos, o Bitcoin cresceu 60% nas semanas anteriores à estreia de seu ETF baseado em futuros, no dia 19 de outubro de 2021. A trajetória do ETH poderia emular esse caminho.

Na verdade, instituições financeiras notáveis, como o JPMorgan e o Bernstein, reiteraram o impacto monumental no mercado cripto em geral.

“A oportunidade de um ETF cripto não se limitará apenas ao Bitcoin, mas se estenderá a vários ativos cripto. O impulso da indústria para um ETF spot de Ethereum segue imediatamente depois, dado que a ETH também tem uma estrutura de mercado semelhante de um mercado futuro negociado de CME e um mercado spot”, disse o Diretor Geral da Bernstein, Gautam Chhugani.

Ainda assim, Volkov alerta para a possibilidade de a SEC classificar o ETH como um título, o que não pode impedir a aprovação de um ETF Ethereum.

“Pode-se argumentar que a SEC não aprovará um ETF de Ethereum devido à grande diferença entre o BTC e o ETH. O BTC é uma criptomoeda pura, enquanto o ETH é uma tecnologia com muitas facetas interconectadas. Além disso, o ETH poderia ser considerada um título. No entanto, a SEC não terá outra escolha senão aprová-lo. Considere isso como a lei do terceiro excluído. Se a SEC aprovar um ETF de BTC, deverá fazer o mesmo com o de ETH. Se considerar o ETH um título, a SEC também deveria aprovar seu ETF. Simplesmente porque os ETFs são inerentemente concebidos para títulos”, acrescentou Volkov.

Enquanto o mercado aguarda clareza regulatória, Volkov enfatizou que a adoção global das criptomoedas depende invariavelmente da maturidade do mercado. Como todos os mercados, o de criptomoedas passa por uma progressão, começando com pouca ou nenhuma regulamentação e volatilidade acentuada.

No entanto, de acordo com Volkov, os mercados enfrentam perturbações significativas com frequência, necessitando de intervenção regulamentar. Esta intervenção inaugura estabilidade, levando a tendências de mercado consistentes e sustentáveis.

Portanto, os quadros regulamentares abrangentes que estão a ser desenvolvidos sublinham a seriedade com que as autoridades encaram esta tecnologia.

“Os reguladores ainda estão tentando descobrir a terminologia para definir as criptomoedas. Mas será um grande passo em frente assim que o fizerem. A turbulência que vivemos acabará em algum momento. Não vejo nenhum marco fundamental mudando isso. Será uma tendência lenta e consistente de adoção a longo prazo”, concluiu Volkov.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados