Ver mais

Bitcoin (BTC) abre em leve alta e tokens de exchange FTT e OKB sobem 13%

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • Bitcoin segue negociado abaixo de US$ 48.000.
  • Tokens das exchanges FTX e OKEx sobem dois dígitos.
  • Especialistas divergem sobre caminho do BTC a partir daqui.
  • promo

O mercado de criptomoedas amanhece no verde nesta quarta-feira (1) em meio a uma leve alta do Bitcoin (BTC), que volta a ser negociado pouco abaixo dos US$ 48.000.

A criptomoeda vem de altos e baixos nos últimos dias enquanto tenta romper uma importante resistência posta nos US$ 51.200. No entanto, o preço não ultrapassa os US$ 50.000 desde o dia 23 de agosto, quando atingiu esse patamar após mais de três meses.

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Desde então, o BTC fez várias tentativas de retomar o mesmo nível, mas falhou em todas elas e parece perder força principalmente desde o dia 29 e agosto, quando bateu US$ 49.639, segundo dados do Coingecko. Desde então, o preço é negociado em uma linha descendente, com máximas diárias cada vez menores.

No fechamento da matéria, a criptomoeda era negociada a US$ 47.736, em leve alta de 0,8% nas últimas 24 horas.

Tokens de exchange sobem

O respiro no Bitcoin impulsiona o mercado em geral nesta manhã, com as principais criptomoedas registrando ganhos. Os destaques até aqui ficam por conta dos tokens de exchange FTX Token (FTT) e OKB, que avançam mais de 13% no dia e são cotadas, respectivamente, a US$ 53,12 e US$ 22,49.

Na sequência aparece a VeChain (VET), que sobe 11%, para US$ 0,133670, e uma porção de tokens DeFi com ganhos de cerca de 9% em 24 horas, caso de RUNE, DOT, AAVE, SUSHI e UNI.

Já criptoativos que vinham subindo até aqui registram perdas diárias. O Cosmos (ATOM) recua 10,7%, mas soma 14% de valorização semanal, enquanto Fantom (FTM) e Solana (SOL) perdem entre 5% e 6%, mas seguem com ganhos se cerca de 60% nos últimos sete dias.

O que esperar do BTC agora

Embora o mercado amanheça majoritariamente em alta, alguns especialistas alertam para uma possível correção mais aguda do Bitcoin. O cenário de queda projetado pelo analista Valdrin Tahiri, por exemplo, permanece na mesa.

Além disso, o analista @CryptoCapo_, que é otimista no longo prazo, aponta desde a última semana que o BTC caminha para uma possível correção para a região de US$ 40.000. Segundo ele, os movimentos dos últimos dias não anulam a previsão.

“O BTC está testando o nível de chave de US$ 46500. A consolidação abaixo daqui e o cenário de US$ 38k seriam prováveis.”

Por outro lado, o analista Michael Van de Poppe projeta um cenário mais otimista que já considera o momento atual como a verdadeira consolidação. Nessa hipótese, o BTC seria negociado por mais tempo no nível entre US$ 46.500 e US$ 48.500 antes de finalmente romper os US$ 50.000 de vez.

Fonte: Twitter

Até lá, ele acredita que o BTC abrirá caminho para novos ralis entre altcoins, começando pelo Ethereum.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

images-e1706008039676.jpeg
Advertorial
Advertorial é o nome do autor universal para todo o conteúdo patrocinado fornecido pelos parceiros da BeInCrypto. Portanto, esses artigos, criados por terceiros para fins promocionais, podem não estar alinhados com as visões ou opiniões da BeInCrypto. Embora nos esforcemos para verificar a credibilidade dos projetos apresentados, esses artigos são destinados à publicidade e não devem ser considerados como aconselhamento financeiro. Os leitores são incentivados a realizar pesquisas...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados