Ver mais

Battle for Life anuncia pré-venda de NFTs na PancakeSwap

2 mins
Atualizado por Anderson Mendes

EM RESUMO

  • O Battle for Life irá lançar na próxima quinta-feira (23) a pré-venda de seus NFTs na PancakeSwap.
  • Jogo pretende atrair milhares de usuários ao operar nos moldes do Axie Infinity, oferecendo recompensas para os seus jogadores.
  • Projetos relacionados a jogos play-to-earn e NFT estão tendo grande sucesso no mercado cripto, mas resistência no mercado gamer tradicional.
  • promo

O Battle for Life, jogo desenvolvido na Binance Smart Chain (BSC), irá lançar na próxima quinta-feira (23) a pré-venda de seus NFTs.

O Battle for Life é mais um projeto de jogo de tokens não fungíveis (NFTs) que segue os moldes do Axie Infinity em oferecer recompensas para os seus jogadores através do modelo play-to-earn (jogue e ganhe).

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Interessados em participar do novo jogo, que ainda não possui data oficial de lançamento, poderão adquirir seus Terrestrials na forma de NFTs a partir da próxima quinta-feira no site oficial do jogo. Já no dia 28 de dezembro, a coleção com cerca de 7 mil tokens não fungíveis estarão disponíveis na PancakeSwap, considerada maior exchange descentralizada (DEX) da Binance Smart Chain.

Detalhes do metaverso

No game, usuários serão inseridos em um ambiente futurístico voltado para ficção científica e duelos, competindo pelas recompensas que o jogo tem a oferecer. Para jogar o Battle for Life, cada competidor precisará adquirir um Terrestrial, avatares baseados em NFTs de um personagem de corpo híbrido com traços animais e tecnologia sci-fi que oferece poderes especiais para as lutas.

Os usuários terão acesso as recompensas, pagas em criptomoedas, ao enfrentar os “technodes”, criaturas criadas em laboratório responsáveis por praticamente extinguir a vida humana do universo do jogo.

Desenvolvido na Binance Smart Chain, o projeto possui planos ambiciosos de atrair milhares de jogadores, conforme descrito pela sua equipe de desenvolvimento. Isso será possível, segundo Juan Bazante, CEO do projeto, pelo fato dos jogadores terem “acesso a batalhas e tarefas diárias que podem gerar receita”.

Ao redor do mundo, diversos jogadores estão tendo através dos jogos play-to-earn sua principal fonte de renda, especialmente os jogadores que residem em economias emergentes.

Games em NFT ganhando espaço

Projetos relacionados a jogos play-to-earn e NFT estão tendo grande sucesso no mercado cripto. O Axie Infinity, por exemplo, teve um aumento de 5.000% em seu número de usuários ativos neste ano.

Outros grandes projetos do mercado, como Polygon (MATIC), Shiba Inu (SHIB) e a própria Binance Smart Chain, anunciaram novas divisões voltadas para este mercado. A Shiba Inu chegou a contratar um importante nome da Activision Blizzard, uma das maiores empresas do mercado gamer tradicional.

No entanto, a inserção de NFTs em jogos fora do escopo cripto tem sofrido uma grande resistência. A Steam, maior plataforma de jogos do mundo, baniu todos os games que possuíam recursos relacionados a blockchain e tokens não fungíveis.

Além disso, o GSC Gameworld precisou voltar atrás de sua decisão de inserir NFTs em seu novo jogo, após sua comunidade se manifestar contra a ideia. Já a Ubisoft, que gerou grande repercussão ao anunciar parceria com a Tezos (XTZ) para criar tokens neste formato, vendeu apenas US$ 400 em NFTs próprios.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados