Argentina atraída por Bitcoin para fugir da inflação

Atualizado por Levy Prata
EM RESUMO
  • A inflação na Argentina atingiu 58% em abril.
  • O volume semanal de P2P da LocalBitcoins na Argentina é de US$ 18,6 milhões.
  • Os cidadãos estão recorrendo ao Bitcoin para se proteger contra a inflação.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

A população da Argentina está se voltando para o Bitcoin (BTC) para combater uma inflação cada vez maior. Em abril, a taxa atingiu 58%, seu maior salto em 30 anos.

O medo da inflação tem sido tão forte que os bancos se curvaram à demanda pública por criptomoedas. Dois grandes bancos argentinos estão prontos para oferecer serviços de cripto em parceria com a Lirium. No entanto, o banco central da Argentina posteriormente impediu que entidades financeiras regulamentadas oferecessem ativos digitais, enviando um sinal contraditório.

Gráfico da demanda crescente por criptomoedas na Argentina

O volume semanal da LocalBitcoins na Argentina é de US$ 18,6 milhões – nem perto de seu nível mais alto, mas ainda é um sinal do que está por vir. O volume de negociação P2P no país tende a flutuar muito, então pode haver muito mais reservado ainda para essas plataformas.

Uma estimativa sugere que a adoção de criptomoedas na Argentina pode crescer 235% nos próximos 12 meses.

Volume semanal de transações de Bitcoin P2P: LocalBitcoins

As autoridades estão tributando as criptomoedas por enquanto, indicando que uma estrutura regulatória pode estar a caminho.

O Bitcoin pode servir como um hedge de inflação?

Embora a Argentina tenha de longe um dos piores casos de inflação, quase todos os países estão enfrentando saltos semelhantes no custo de vida. Os Estados Unidos e o Reino Unido também estão lidando com o problema. A guerra na Ucrânia não ajudou os custos globais de energia e alimentos, e as coisas podem piorar.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

É em situações como essas que os investidores de Bitcoin tendem a dobrar os benefícios da criptomoeda. O argumento é que o Bitcoin está um pouco protegido contra os efeitos do mercado global, agindo de forma independente. Como tal, muitos investiram em Bitcoin para se proteger contra a inflação.

No entanto, a narrativa de que o Bitcoin e o mercado cripto operam de forma independente parece estar falhando um pouco. As correlações de criptomoedas com outros mercados se fortaleceram nos últimos anos, então os investidores terão que ser cautelosos.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.