Ver mais

O que é Web 5.0 e qual a diferença da web3?

10 mins
Atualizado por Airí Chaves

A cada ruptura tecnológica, nós, como sociedade, estamos transformando a maneira como trabalhamos, interagimos e ganhamos. Quanto mais mudamos para a economia digital, mais expandimos nosso potencial para criar produtos utilizáveis ​​e acessíveis. 

A internet é inegavelmente um dos exemplos mais significativos da engenhosidade humana na era moderna. Prosperando como uma grande ruptura em si mesma, a internet evoluiu através de mudanças de desenvolvimento para chegar à sua versão atual.

Curiosamente, enquanto ainda estamos nos estágios iniciais do desenvolvimento da Web3, o ex-CEO do Twitter Jack Dorsey criou a palavra Web 5.0. Ele propôs desenvolver uma versão de internet “ultra descentralizada”. Embora siga o mesmo caminho que a Web3, a Web 5.0 ainda será diferente de suas predecessoras. 

Mas, o que é a Web 5.0 e como ela se diferencia da Web 3.0?

A evolução da internet

evolução da internet e web 5.0

Você está curioso sobre a evolução da Internet e como ela tem se transformado ao longo dos anos? Se sim, você já deve ter ouvido falar da web 2.0, web 3.0, e até mesmo da web 4.0. Estes termos são usados para descrever diferentes estágios do desenvolvimento da Internet, e cada um deles tem características e características únicas.

Web 2.0

A Web 2.0 é frequentemente referida como a “rede social”. Ela surgiu no início dos anos 2000 e é caracterizada pelo conteúdo gerado pelo usuário e por plataformas de mídia social. Esta era da Internet marcou uma mudança de páginas web estáticas para páginas dinâmicas e interativas.

Sites de mídia social como Facebook, Twitter e LinkedIn tornaram possível aos usuários se conectarem com outros e compartilharem informações em tempo real. A Web 2.0 também viu o surgimento de blogs, wikis e outras plataformas colaborativas que permitiam aos usuários contribuir e editar conteúdo online.

Web 3.0

A Web 3.0, também conhecida como a “web semântica”, é o próximo estágio na evolução da Internet. Ela é marcada pelo uso de inteligência artificial e algoritmos de aprendizagem de máquinas para dar sentido à vasta quantidade de dados disponíveis on-line.

Além disso, o objetivo da Web 3.0 é criar uma experiência web mais intuitiva e personalizada, compreendendo as preferências do usuário e fornecendo conteúdo personalizado. Esta tecnologia também permite que os dispositivos se comuniquem uns com os outros, criando um mundo mais conectado e integrado.

Web 4.0

A Web 4.0 é o futuro da Internet, e ainda está sendo desenvolvida. Espera-se que seja uma web totalmente descentralizada, onde os usuários tenham mais controle sobre seus dados e privacidade. A Web 4.0 contará com a tecnologia blockchain para criar um ambiente on-line seguro e transparente, onde os usuários poderão interagir entre si e realizar transações sem a necessidade de intermediários. Esta nova era da Internet será mais autônoma, inteligente e descentralizada, criando um ecossistema on-line mais equitativo e justo.

A Internet percorreu um longo caminho desde seu início, e continua a evoluir e se transformar. Web 2.0, web 3.0 e web 4.0 são todas etapas significativas no desenvolvimento da internet, cada uma com características e características únicas. À medida que avançamos em direção a uma web mais descentralizada e inteligente, é emocionante pensar nas possibilidades que se avizinham. O futuro da internet é brilhante e mal podemos esperar para ver o que ela nos reserva.

O que é a web 5.0?

o que é a web 5.0

Prepare-se, porque o futuro da internet está sobre nós: a web 5.0. A quinta geração da World Wide Web promete nos levar a novas alturas de interconexão e inovação. Então, o que é exatamente a Web 5.0? É um termo cunhado para descrever a próxima fase da Internet, caracterizada por um nível ainda mais avançado de inteligência artificial, uma maior ênfase na personalização e a capacidade das máquinas de interagir umas com as outras de maneiras nunca antes vistas.

Um dos aspectos mais excitantes da Web 5.0 é o potencial das máquinas para realmente entender e interpretar o conteúdo da internet. Isto significa que os mecanismos de busca serão capazes de fornecer resultados ainda mais relevantes, e que os chatbots e assistentes virtuais serão capazes de compreender e responder às nossas consultas com mais precisão do que nunca. Além disso, a Web 5.0 trará um maior nível de personalização, com sites e serviços adaptados especificamente para as necessidades e preferências individuais de cada usuário.

Mas talvez a maior mudança que veremos com a Web 5.0 seja o maior nível de interação máquina-a-máquina. Isto significa que os dispositivos e sistemas serão capazes de se comunicar uns com os outros sem problemas, compartilhando dados e insights em tempo real. Imagine um mundo onde seu carro fale com seu ar-condicionado de casa, deixando-o saber quando você estiver a caminho de casa, para que ele possa ajustar a temperatura a seu gosto antes mesmo de você passar pela porta. Ou um mundo em que sua geladeira pede comida para você com base no que você está gastando, sem que você tenha que levantar um dedo.

A transição para a web5

Naturalmente, a transição para a web 5.0 não acontecerá da noite para o dia. Ela exigirá avanços contínuos na tecnologia, bem como uma maior compreensão de como equilibrar os benefícios do aumento da conectividade com a necessidade de privacidade e segurança. Mas com a promessa de uma internet mais intuitiva e interconectada, é difícil não ficar entusiasmado com o que está por vir. Portanto, apertem o cinto de segurança, porque o futuro da internet parece brilhante com a web 5.0.

Como a web 5.0 funcionará?

como funciona a web 5.0

Os assistentes virtuais podem antecipar as demandas do usuário observando seu comportamento, emoções e outros aspectos humanos. Eles podem identificar com precisão o que os usuários precisam, mesmo quando não recebem comandos completos na forma de palavras-chave. A web 5.0 é essencialmente uma versão mais abrangente de um assistente virtual preditivo. Esta versão atualizada da web será capaz de ler vários bits de dados em níveis muito mais intrincados, resultando em conclusões envolvendo lógica e emoções humanas.

Além disso, a web 5.0 dará uma ênfase muito maior às necessidades dos usuários. Eles serão os personagens principais do cluster. A web5 deve oferecer a cada usuário uma experiência totalmente única e distinta. As interações diferem de pessoa para pessoa se puder reconhecer as emoções de uma pessoa e produzir a reação apropriada.

Além disso, a Web 5.0 alimentará uma relação simbiótica entre recursos tecnológicos, web e humanos. A ênfase será a incorporação de um sistema que atenda às necessidades cotidianas dos usuários por meio da recepção ativa das máquinas. Isso acontecerá quando a web estiver inextricavelmente ligada à agitação da vida cotidiana dos usuários. 

Os computadores agora são capazes de falar de maneiras semelhantes à fala humana por meio da inteligência artificial (IA). Essa inovação possibilita que os computadores raciocinem, considerem opções e, em seguida, respondam com a entrada do usuário. Portanto, quando o Web5 infundir a bondade da IA, blockchain e IoT, podemos apenas especular a revolução que ela acelerará em todo o mundo

Principais recursos da web 5.0

Propriedade dos dados

Como mencionado acima, a Web 5.0 promove a oferta de propriedade completa aos usuários. Semelhante à Web3, a Web5 concentra esforços em tirar o poder das mãos das poucas pessoas que controlavam o fluxo de dados nas versões anteriores da web. Na web descentralizada, o poder de possuir, trocar e usar dados para ganhar pertencerá inteiramente aos usuários. Vamos dar um exemplo para entender isso:

Suponha que João seja um amante da música que adora streaming online. O jovem gosta de explorar vários portais de música, mas hesita em fornecer suas informações pessoais em uma plataforma de streaming específica. Esse sistema de armazenamento pessoal específico obrigará João a criar a mesma lista de reprodução de músicas para cada aplicativo de streaming que ele usa. 

Agora, na Web5, o João poderá armazenar suas informações em um nó da web descentralizada. Isso o ajudará a oferecer a cada aplicativo de streaming acesso às suas escolhas e configurações. Em cada plataforma de música, João agora desfrutará de uma atualização automática de suas músicas personalizadas. 

Liberdade para controlar a identidade

Permitir que os usuários controlem suas identidades digitais é um dos principais casos de uso da Web 5.0. Por exemplo, vamos considerar o caso de Aline. Aline tem uma carteira digital que lida com segurança com seus dados, permissões e identidade para construir conexões com os portais de terceiros. 

Ela insere suas informações de login em um aplicativo de mídia social descentralizado usando esta carteira. Ela não terá que se preocupar em criar um perfil, pois este aplicativo foi vinculado à sua identidade. O nó da web descentralizada armazena todas as postagens, conexões e relacionamentos feitos usando o aplicativo. Aline tem a opção de alternar entre aplicativos à vontade, caso em que seu perfil social sempre a seguiria.

Web 3.0 vs Web 5.0

comparando a web3 x web 5.0

O mundo da tecnologia tem evoluído constantemente, e a internet tem estado na vanguarda dessa evolução. A cada nova iteração da internet, temos visto uma melhoria significativa na forma como interagimos com ela. O último burburinho no mundo da tecnologia é o conceito da web 3.0 e da web 5.0.

A web 3.0, também conhecida como a web semântica, é uma extensão da web atual, onde o foco está na criação de uma web mais inteligente e intuitiva. A web semântica tem como objetivo criar uma web mais intuitiva e personalizada às necessidades do usuário. Ela faz isso usando a aprendizagem de máquinas e inteligência artificial para entender o contexto do conteúdo e fornecer informações relevantes para o usuário. Com a web 3.0, os usuários podem contar com uma experiência on-line mais perfeita e personalizada.

Por outro lado, a web 5.0 ainda está em fase de desenvolvimento e é um conceito que está sendo discutido pelos entusiastas da tecnologia. Está sendo tocada como a próxima grande coisa no mundo da tecnologia, e espera-se que revolucione a Internet como a conhecemos. Embora não haja uma definição clara da web 5.0, acredita-se que ela trará uma experiência web mais imersiva e interativa. Ela será alimentada por tecnologias como a realidade virtual e aumentada, aprendizagem de máquinas e processamento de linguagem natural.

Enquanto a web 3.0 já está aqui, a web 5.0 ainda é um conceito que está sendo desenvolvido. Entretanto, as possibilidades que ela apresenta são infinitas, e é excitante pensar no tipo de experiência web que ela trará. Uma coisa é certa, porém; à medida que a tecnologia continua a evoluir, podemos esperar que a Internet se torne mais personalizada, intuitiva e imersiva.

Desafios e limitações da web 5.0

Um dos maiores desafios da web 5.0 é a enorme quantidade de dados que ela terá que lidar. Com um aumento exponencial do número de dispositivos conectados e da quantidade de dados gerados por eles, a web 5.0 terá que contar fortemente com algoritmos avançados e inteligência artificial para processar, analisar e dar sentido a esses dados. Isto exigirá um enorme poder computacional e uma infraestrutura avançada, que pode não estar prontamente disponível para todos.

Outra limitação da web 5.0 é a questão da privacidade e segurança dos dados. Com o advento da Internet das Coisas (IoT) e o crescente número de dispositivos conectados, há um maior risco de violação de dados e ataques cibernéticos. A web 5.0 terá que tratar dessas preocupações implementando medidas e protocolos de segurança robustos para garantir a segurança e a privacidade dos dados dos usuários.

Além disso, a web 5.0 também enfrentará desafios em termos de compatibilidade e interoperabilidade. Com um número crescente de dispositivos e plataformas, há um risco de fragmentação, o que pode levar a questões como silos de dados e incompatibilidade entre diferentes sistemas. A web 5.0 terá que assegurar uma integração e interoperabilidade perfeitas entre vários dispositivos e plataformas para proporcionar uma experiência de usuário perfeita.

O futuro é web5?

A web 5.0 é a próxima evolução da internet, que promete revolucionar ainda mais a forma como usamos e interagimos com a rede mundial de computadores. Com soluções mais personalizadas e adaptáveis, análise de dados mais precisa e eficiente, e maior segurança e privacidade dos dados, a Web 5.0 terá um impacto significativo em diversas áreas, incluindo negócios, educação, saúde e entretenimento. Embora ainda haja desafios a serem enfrentados, o futuro parece promissor para a Web 5.0 e suas aplicações.

Perguntas frequentes

O que é a web 5.0?

Como funciona a web 5.0?

A web3 tem futuro?

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade.
Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores.
Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.

Airi-Chaves-2.png
Airí Chaves
Com formação em marketing pela Universidade Estácio de Sá e um mestrado em liderança estratégica pela Unini, escreve para diversos meios do mercado de criptomoedas desde 2017. Como parte da equipe do BeInCrypto, contribuiu com quase 500 artigos, oferecendo análises profundas sobre criptomoedas, exchanges e ferramentas do setor. Sua missão é educar e informar, simplificando temas complexos para que sejam acessíveis a todos. Com um histórico de escrita para renomadas exchanges brasileiras,...
READ FULL BIO