AMM – que são formadores de mercado automatizados

Compartilhar Artigo

Investidores de criptomoedas e finanças descentralizadas já ouviram falar sobre o termo AMM. Conhecido como formadores de mercado automatizados, o AMM é um mecanismo que está no centro do ecossistema financeiro descentralizado. É graças a ele que algumas exchanges descentralizadas podem criar seus próprios pools de liquidez e atender aos usuários.

Neste artigo vamos examinar profundamente o que é o AMM, sua lógica de funcionamento e entender o porque dos formadores de mercado automatizados serem um dos componentes mais importantes das finanças descentralizadas (DeFi).

Crie sua conta na StormGain e aproveite o bônus de 25 USDT para novos usuários. Clique aqui e acesse a StormGain agora!

Neste artigo:

O que é um formador de mercado?

Um formador de mercado é uma instituição que compra e vende grandes quantidades de um ativo para facilitar a liquidez e garantir que o mercado financeiro funcione corretamente. É possível que um indivíduo seja um formador de mercado, no entanto, o volume necessário de negociação precisa ser muito grande. Por isso, é mais fácil ver instituições como formadoras de mercado.

Os formadores de mercado fornecem ao mercado liquidez e profundidade enquanto lucram com a diferença no spread (diferença de preços) de compra e venda. oferecendo soluções de compra e venda para investidores. Além disso, os formadores de mercado são compensados ​​pelo risco de manter ativos porque o valor de um criptoativo pode cair entre sua compra e venda a outro comprador.

As exchanges são os tipos mais comuns de formadores de mercado, oferecendo soluções de compra e venda para investidores.

No entanto, quando se trata de finanças descentralizadas (DeFi), a lógica por trás da criação de liquidez é diferente. O AMM (formadores de mercado automatizados) oferecem uma solução mais rápida e eficiente para o problema de liquidez das exchanges descentralizadas.

O que é AMM?

O AMM (automated market maker) é um protocolo que disponibiliza o financiamento descentralizado para investidores e o público em geral. O formador de mercado atua dentro de um ecossistema DeFi, portanto, não possui entidades tercerizadas supervisionando as transações.

Além disso, o design de todo o ecossistema de transações AMM de criptomoedas cria uma vantagem significativa sobre o trading tradicional de propriedades.

Enquanto as exchanges centralizadas usam o mecanismo de formador de mercado tradicional, as exchanges descentralizadas de criptomoedas usam o mecanismo operacional AMM.

As Dexs tentam eliminar todos os intermediários envolvidos no processo de trading de criptomoedas. Para tanto, elas não utilizam infraestruturas de correspondência de pedidos. E por não utilizarem a correspondência de pedidos, e não suportarem livros de pedidos, as exchanges descentralizadas usam protocolos autônomos chamados de AMM.

Os formadores de mercado automatizados usam contratos inteligentes para definir o preço das criptomoedas e fornecer liquidez para os usuários. Os traders que utilizam exchanges descentralizadas suportadas por AMM realizam transações com a liquidez bloqueada em contratos inteligentes. Esses contratos inteligentes são conhecidos como pools de liquidez.

Um dos objetivos dos formadores de mercado automatizados é solucionar o problema de liquidez nas exchanges descentralizadas. Além disso, as exchanges que utilizam esse processo conseguem disponibilizar transações mais rápidas para os seus usuários.

Normalmente, quem fornece a liquidez para as exchanges centralizadas são as empresas financeiras ou traders com grandes investimentos. Já nas exchanges descentralizadas AMM, qualquer usuário que atenda aos requisitos do contrato inteligente pode virar um provedor de liquidez e ainda obter renda passiva com isso.

Embora os formadores de mercado automatizados existissem antes das criptomoedas se tornarem populares, agora esses protocolos estão associados aos criptativos e ao ecossistema financeiro descentralizado.

AMM x formador de mercado tradicional

A grande diferença entre o AMM e o formador de mercado tradicional é que o AMM permite que vários usuários forneçam liquidez, de uma forma descentralizada, em troca de incentivos. Liquidez pode ser entendido como a velocidade e a quantidade que um criptoativo pode ser trocado por outro.

Além disso, os AMMs são responsáveis por minimizar o risco de perda e eliminar as chances de slippage. A slippage acontece quando há uma diferença entre o valor de uma ordem de compra e o preço que esta mesma ordem foi executada.

As criptomoedas são ativos voláteis e durante um trading os investidores podem acabar comprando uma criptomoeda por um valor muito mais alto do que o desejado. O AMM tenta evitar que isso aconteça. Ele garante que a compra só será realizada quando o contrato inteligente receber informações precisas do preço.

Usando um exemplo simplório, podemos dizer que os AMMs funcionam como um livro de ordens, mas dispensam intermediários, já que o processo acontece de forma automatizada.

Como funciona o AMM?

Agora que já sabemos o que é um AMM, vamos entender como ele funciona. Os formadores de mercado automatizados geralmente operam poe meio de pools de liquidez. Em uma exchange de criptomoedas baseada em AMM, os pares de negociação são armazenados em pools especiais. Os pares de negociação existem para cotar corretamente o valor de duas moedas ou criptomoedas para ver como elas se comparam.

Por exemplo, BTC/ETH é a cotação do Bitcoin (BTC) comparada com o Ethereum (ETH). Portanto, se um trader quiser negociar BTC/ETH, ele terá que fazê-lo em uma exchange que tenha um pool de liquidez deste par.

O AMM permite que qualquer pessoa forneça liquidez para pools de liquidez. Além disso, ele usa equações matemáticas predeterminada para mantes a proporção dos ativos armazenados no pool o mais equilibrado possível. E com isso, o AMM visa eliminar a inconsistência na precificação dos ativos.

Você sabia?

As exchanges utilizam uma equação simples para definir a proporção matemática entre os ativos mantidos nos pools de liquidez.

X * Y = K

X = criptomoeda 1

Y = criptomoeda 2

K = constante

A fórmula x*y=k faz com que a relação entre os preços dos criptoativos nos pools de liquidez permaceça sempre a mesma.

Para exemplificar o funcionamento do AMM, quando BTC é comprado de um pool de liquidez de BTC/ETH, o ETH é adicionado ao pool e o BTC é removido. O AMM, para cumprir a equação x*y=k, aumenta o preço do BTC, já que a quantidade da criptomoeda no pool sofreu uma redução.

No entanto, o preço do ETH diminui, já que mais Ethereum foi adicionado ao pool. Já no caso do ETH ser comprado, o seu preço aumenta e o preço do BTC diminui.

Problemas do AMM

Apesar do AMM ser um mecanismo eficaz, ele não é livre de falhas. Por exemplo, quando quantidades grandes de criptoativos são retirados do pool de liquidez, podem ocorrer discrepâncias entre o preço do ativo no pool e no mercado, isso se chama slippage. O preço do BTC hoje é de R$ 195 mil, mas se muito BTC for adicionado ao pool de liquidez, o preço do BTC no pool pode cair para R$ 188 mil. O mesmo ocorre quando uma quantidade grande de criptomoedas é retirada do pool, o valor da criptomoeda no pool vai disparar.

Para evitar a slippage, o investidor deve procurar mercados mais profundos. Afinal, a discrepância nos preços dos criptoativos acontece mais em pools de liquidez de mercados menores. Portanto, quanto mais liquidez houver em um pool, as negociações terão um impacto menor no preço das criptomoedas do pool.

Porém, essa discrepância pode gerar oportunidade de arbitragem para os traders.

Importância do AMM

Apesar de oferecerem riscos, os AMMs fornecem uma maneira segura de investir em criptomoedas como provedores de liquidez. Os mercados são autossustentáveis, já que não precisam de intermediários. Além disso, os contratos inteligentes são potencializados por fórmulas e por isso proporcionam mais segurança e confiança aos investidores.

Esses procedimentos baseados em algoritmos permitem que qualquer usuário se torne um provedor de liquidez ou faça trading de criptomoedas de maneira simples.

O papel dos pools de liquidez

Os pools de liquidez são o coração do sistema AMM, além de serem indispensáveis às exchanges descentralizadas. Os pools de liquidez são necessários para realizar transações em um ambiente livre de vendedores. São eles que assumem o papel de vendedor em uma situação em que há demanda por uma criptomoeda mas não há vendedor disponível.

Os provedores de liquidez de pools de liquidez AMMs podem gerar renda passiva com criptomoedas. Essa processo é conhecido como mineração de liquidez. Cada par de criptomoeda e exchange descentralizada paga uma taxa para os provedores de liquidez. Essa renda pode variar de 2% até 60% ao ano.

Além disso, os provedores de liquidez podem alternar entre vários pools de liquidez e assim, aumentar os seus ganhos com renda passiva. Esse processo é chamado de yield farming.

Apesar de vantajosos, os pools de liquidez ainda não foram adotados em massa no universo financeiro. Mas eles continuam sendo um conceito promissor, que acaba removendo vários processos desnecessários além de tornar as transações mais simples.

No entanto, assim como qualquer investimento, existem riscos em se tornar um provedor de liquidez. O maior risco é a perda impermanente, onde o provedor de liquidez perde temporariamente os tokens nos pools de liquidez. Essas perdas acontecem devido a flutuação de preços das criptomoedas.

Perda impermanente

A perda impermanente é o maior risco que um provedor de liquidez vai assumir ao investir. A perda acontece quando um trader coloca os tokens em um pool de liquidez e, em seguida, o preço muda. Com o valor dos tokens menor do que aquele no momento do investimento, o trader terá prejuízo ao remover seus tokens.

No entanto, essas perdas vão ser impermanentes até que o trader remova o investimento do pool de liquidez. Neste caso, para mitigar a perda, o trader pode esperar para remover os tokens quando o valor das criptomoedas no pool atinjam um valor adequado.

Todavia, durante todo o tempo que o trader deixar os tokens no pool de liquidez, ele vai ganhar juros com isso. Portanto, ainda que o trader perca parte dos valores originais dos tokens, os juros podem compensar o investimento.

O valor dos tokens no pool de liquidez vai continuar mudando até que o trader decida retirar as criptomoedas. Só então o prejuízo ou valorização dos tokens se tornará permanente.

A perda temporária é difícil de ser identificada e, por isso, é conhecida como o “assassino silencioso” no universo DeFi.

As perdas temporárias podem fazer com que o valor das participações do trader no pool de liquidez aumente. Isso acaba criando uma ilusão de que o investimento está sendo lucrativo.

Alguns protocolos estão sendo desenvolvidos para tentar evitar as perdas temporárias no universo DeFi. Esses protocolos pretendem oferecer um seguro contra as perdas temporárias aos provedores de liquidez. Além disso, as perdas impermanentes podem ser evitadas com pools de liquidez mais complexos, maiores, unilaterais ou com pares de negociação com menor volatilidade.

Quer minerar criptomoedas na nuvem? Abra uma conta na StormGain. Clique aqui e acesse a StormGain agora!

Casos de uso do AMM

Mercado de criptomoedas

1 – PancakeSwap (CAKE)

A exchange descentralizada PancakeSwap é um AMM na Binance Smart Chain. A plataforma permite que os usuários façam trading com tokens baseados em BEP-20, especialmente a criptomoeda Binance Coin (BNB).

Todas as transações realizadas na PancakeSwap são feitas automaticamente por meio de contratos inteligentes, eliminando os riscos da contraparte.

Apesar da equipe por trás da PancakeSwap ser completamente anônima, a exchange já foi auditada por diversas empresas líderes em segurança de blockchain. Além disso, tanto a plataforma como o código dos contratos inteligentes é de código aberto.

A PancakeSwap foi lançada no final de 2020 e se destacou pelos seus recursos diferenciados, além do grande número de usuários e liquidez.

Os traders que fornecem liquidez para a plataforma recebem tokens LP na proporção de sua participação nos pools. Os tokens LP são referentes às taxas de transações pagas nos pools de liquidez. Parte da taxa de transação, cerca de 0,25%, é compartilhada entre os provedores de liquidez do pool.

2 – Curve (CRV)

Apesar do Curve ter uma estrutura semelhante às exchanges descentralizadas de criptomoedas, ele trabalha apenas com stablecoins. No entanto, existem alguns pools de liquidez com versões “embaladas” de criptomoedas, como o wrapped Bitcoin (wBTC) e tBTC.

Essa abordagem do Curve permitiu que a plataforma atingisse níveis mais baixos de taxas de transações. Além disso, o Curve consegue oferecer a menor taxa de slippage e perda impermanente na rede Ethereum.

O foco em stablecoin faz com que o Curve evite a volatilidade, isso possibilita que um menor risco aos investidores que ganham altas taxas de juros com os protocolos de empréstimos. Se compararmos com outras exchanges AMM, o Curve possui um modelo com uma postura mais protetora, que traça uma imagem mais estável contra a volatilidade e a especulação.

Além disso, o Curve implementou uma estrutura de organização autônoma descentralizada (DAO) para descentralizar as alterações no protocolo e lançou a criptomoeda CRV em 2020.

Isso permitiu que os investidores obtenham tokens CRV ao fornecer liquidez aos pools de liquidez da plataforma. Além de permitir que os detentores do token CRV tenham direito a voto nas alterações do protocolo, como mudanças nas taxas de transação e a criação de novos pools de liquidez.

3 – Uniswap (UNI)

A Uniswap é uma exchange descentralizada AMM baseada em um conjunto de contratos inteligentes no Ethereum. A plataforma permite que os usuários negociem criptomoedas por meio de contratos inteligentes sem a necessidade de intermediários, como exchanges centralizadas.

Os tokens na Uniswap são compatíveis com a rede ERC20. Além disso, os provedores de liquidez da DEX podem criar pools de liquidez usando contratos de “fábrica”. Após que um pool de liquidez é criado na plataforma, qualquer pessoa pode fornecer liquidez a esse pool. As receitas geradas através das taxas de transações do pool de liquidez são distribuídas aos provedores de liquidez por meio do token LP.

A Uniswap funciona da mesma forma que outros AMM. Além disso, a plataforma é a maior exchange descentralizada do mercado. Em maio de 2021 a exchange lançou um pacote de atualizações chamado Uniswap V3. Essa atualização introduziu um novo modelo de liquidez que permite aos provedores de liquidez fornecer liquidez a uma faixa de preço específica. Ou seja, agora os investidores conseguem fornecer liquidez sem investir grandes capitais.

4 – Balancer

O Balancer é um formador de mercado automatizado (AMM) que permite aos usuários criar liquidez programável. Além disso, o protocolo introduziu uma nova abordagem para o universo DeFi. Normalmente, os outros AMMs utilizam um algoritmo para gerenciar a liquidez. Esse algoritmo estabelece que os ativos do pool tenham uma participação de 50% cada.

Por exemplo, em um pool de liquidez de BTC/ETH, se muito BTC for retirado do pool, o algoritmo realiza um contrapeso através do contrato inteligente. Assim o pool é balanceado e as criptomoedas continuam mantendo uma participação de 50% cada.

Apesar de manter o equilíbrio do pool de liquidez, esse algoritmo limita os pools a dois ativos. Já o Balancer, abandonou essa abordagem de 2 ativos com 50% de participação cada. Com o algoritmo desenvolvido pela equipe do Balancer, a plataforma usa uma fórmula média fixa para construir pools de liquidez com mais de dois ativos.

Os pools do Balancer podem ter até oito criptomoedas diferentes. A fórmula média fixa tem uma estrutura dinâmica que pode responder às forças do mercado, como demanda ou volatilidade. Essa flexibilidade oferece uma oportunidade de teste para projetos que desejam criar liquidez.

Atualmente o Balancer possui cerca de 1.500 pools de liquidez. Os pools são públicos e contêm diferentes criptomoedas. Além disso, alguns pools valem mais de US$ 36 milhões.

O Balancer não permite que os usuários façam alterações em repositórios depois de criados e compartilhados. Isso visa impedir que usuários mal intencionados realizem atividades fraudulentas.

5 – Raydium (RAI)

Raydium é um formador de mercado automatizado (AMM) na rede Solana. O Raydium fornece liquidez ao livro de pedidos central do ecossistema Serum por meio da blockchain. Isso permite que os usuários do Raydium e os pools de liquidez tenham acesso ao fluxo de pedidos e a liquidez de todo o Serum. No entanto, o ecossistema Serum também tem acesso aos pools de liquidez Raydium.

O Raydium possui recursos que possibilitam que a plataforma determine se o trading será realizado dentro de um pool de liquidez ou através do livro de pedidos do Serum. Isso permite que o Raydium forneça o melhor preço para os seus usuários.

Além disso, o Raydium permite que os investidores obtenham lucros adicionais ao fornecer liquidez para os pools de liquidez através do staking de criptomoedas. A plataforma ainda oferece um serviço de lançamento para direcionar a liquidez inicial de novos projetos, ampliando cada vez mais o ecossistema Solana. Por fim, o Raydium oferece várias oportunidade para o investidor gerar renda passiva. Os investidores poderão investir em pools de liquidez chamados de “fusion”. Esses pools de liquidez permitem que os provedores de liquidez ganhem tokens dos projetos que apoiam, além de sua receita de liquidez.

Benefícios do AMM

Os AMM trazem mais estabilidade e clareza para os investidores. Porém, essas não são as únicas vantagens dos formadores de mercado automatizados.

  • Fornece liquidez quando não há vendedores – o AMM permite que traders troquem criptoativos em um pool de liquidez em vez de trocá-los com outros usuários e vendedores.
  • Diminui as táticas de manipulação de preços – a fórmula usada pelo AMM mantém o valor dos pares de negociação constante, isso inibe que traders utilizem táticas como o front running, wash trading e outras táticas de manipulação de preços.
  • Fornece transparência – o AMM permite que traders façam transações on-chain e mantenham a custódia de seus ativos ao negociar.

Perguntas frequentes

O que é AMM?

O formador de mercado automatizado, ou AMM, é um protocolo que disponibiliza o financiamento descentralizado ao público em geral. 

Como funciona o AMM?

Os AMMs utilizam fórmulas matemáticas para balancear a oferta e preço de pares de negociações de forma automatizadas.

Quais exchanges são AMM?

Várias exchanges descentralizadas utilizam o mecanismo AMM, como a Uniswap, PancakeSwap, e Curve Finance.

Você já conhece a carteira da StormGain? Mantenha suas criptomoedas em segurança. Clique aqui e acesse a StormGain agora!

Se você quiser saber mais sobre formadores de mercado automatizados (AMM), confira os nossos artigos educacionais. Afinal, aqui você pode encontrar todas as informações de que precisa para começar!

Além disso, junte-se à nossa comunidade no Telegram para conversar com usuários reais sobre trading de criptomoedas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade. Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores. Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.
Share Article

TÓPICOS RELACIONADOS

Formada em marketing e com um mestrado em liderança estratégica, caiu de paraquedas no universo das criptomoedas em 2017 e nunca mais saiu. Hoje usa todo o conhecimento adquirido para tentar educar e informar de forma simples sobre assuntos que não são acessíveis a todos.

SEGUIR O AUTOR

Negocie CFDs de Cripto com Zero Taxas de Comissão.      

Comece Hoje!

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install