Quais foram os NFTs mais caros já vendidos

Atualizado por Airí Chaves

Este ano parece ser aquele em que veremos o lançamento e a integração dos NFTs – tokens não fungíveis. Em apenas um mês, os NFTs caros expandiram drasticamente a atividade do mercado.

O que antes era um volume de negociação combinado de vários mercados NFT, agora é obtido em apenas alguns: aqui estão alguns exemplos:

  • O tráfego de negociação da Rarible aumentou 260%, respondendo por US $ 23 milhões do volume de negociação.
  • O SuperRare teve um desempenho ainda melhor, com um aumento de 322% nas negociações a US $ 32 milhões em coleções digitais.
  • Axie Marketplace, casa do jogo homônimo Axie Infinity, aumentou seu volume de negócios em 143%, fechando em US $ 2,9 milhões em NFTs de jogos animados.
  • AtomicMarket atualmente detém o primeiro lugar para os mercados NFT, em termos de crescimento rápido, próximo a 600% e US $ 2,2 milhões em volume de negócios.
  • Além disso, a OpenSea continua sendo o principal mercado de NFT em termos de volume total de negócios no mês passado, com US $ 94 milhões e um aumento de 240%.

Neste artigo:

  • Uma visão geral da cena NFT
  • Uma breve recapitulação sobre NFTs
  • Os 10 NFT mais caros já vendidos
  • 1. The Merge – US $ 91.8 milhões
  • 2. Coleção Beeple – US $ 69.3 milhões
  • 3. Clock – US $ 52.7 milhões
  • 4. HUMAN ONE – US $ 28.9 milhões
  • 5. CryptoPunk #5822 – US $ 23.7 milhões
  • 6. Alien Cryptopunk #7523 – US $ 11.75 milhões
  • 7. TPunk #3442 – US $ 10.5 milhões
  • 8. CryptoPunk #4156 – US $ 10.26 milhões
  • 9. CryptoPunk #5577 – US $ 7.7 milhões
  • 10. CryptoPunk #3100 – US $ 7.6 milhões
  • Conclusões e menções honrosas

Uma visão geral da cena NFT

No geral, com os ativos combinados de colecionáveis de jogos NFT e coleções de arte digital, a capitalização de mercado da NFT cresceu consideravelmente desde sua estimativa de US $ 338 milhões em 2020.

Isso por si só é um grande salto em relação a 2019, representando um crescimento de 400%. A maioria dos mercados NFT ainda são alimentados pelo blockchain Ethereum, mas outros protocolos estão lentamente penetrando. Por exemplo, entre os principais estão WAX, Waves, EOS e FLOW.

O WAX está liderando o processo como uma alternativa ETH com o AtomicMarket – um agregador de mercados NFT que compartilham pools de liquidez. Representando o Worldwide Asset eXchange, WAX foi desenvolvido especificamente como um protocolo de blockchain descentralizado para troca de ativos na indústria de videogame e entretenimento.

Consequentemente, o token WAX (WAXP) ultrapassou até mesmo o ETH em crescimento durante os últimos meses.

WAX vs ETH – TradingView

No entanto, o WAX tem um tokenomics um tanto complicado que consiste em três tipos de tokens: WAXP, WAXE e WAXG. O WAXG é um token de governança, enquanto WAXE é um token de utilitário compatível com Ethereum. Já o WAXP serve como um token de ponte para converter em WAXE para fins de staking.

Felizmente, com uma carteira MetaMask e qualquer uma das exchanges descentralizadas (DEX) como Uniswap, os usuários podem facilmente trocar ETH por WAX para participar de um dos seis mercados NFT alimentados pelo WAX.

Uma breve recapitulação sobre NFTs

Assim como os protocolos de Finanças Descentralizadas (DeFi) imitam os produtos financeiros dos bancos – empréstimos e financiamentos – os NFTs imitam o mundo das galerias de arte, lojas e museus. Mas, sem nenhum mediador caro e arriscado.

Se você quer entender um pouco mais sobre DeFi, leia o nosso artigo.

Isso é possível com contratos inteligentes (dApps), originalmente nascidos em Ethereum. Afinal, esse tipo de blockchain programável pode servir a uma ampla variedade de aplicativos descentralizados.

Em outras palavras, os mercados NFT são dApps que fazem toda a economia NFT acontecer conectando um criador NFT diretamente a um comprador. Ou seja, isso torna muito mais fácil para ambas as partes entrarem no mercado, quebrando assim as barreiras usuais de entrada.

Os próprios NFTs são um tipo de tokens – ERC-721 – que não são divisíveis ou fungíveis, daí o nome. Seu valor vem da garantia da tecnologia blockchain de que cada NFT não pode ser falsificado.

Além disso, todo o seu histórico de transações é rastreável e verificável como um ativo totalmente digital, seja arte, música, vídeo, animação, ativo de jogo, etc.

Como você pode ver no Google Trends, o interesse por NFT em todo o mundo aumentou bastante desde fevereiro.

Dado que mais e mais pessoas valorizam os ativos digitais em detrimento dos físicos; de livros, jogos e música a criptomoedas, era bastante previsível que o mercado de NFT explodisse.

Com os 11 NFTs mais caros vendios, você verá que eles são ativos altamente especulativos, assim como a arte tradicional. Ou seja, a notoriedade do criador do NFT é o fator-chave na determinação de seu valor. Em conjunto, seu potencial memético / cultural também aumenta a probabilidade de sua apreciação de valor.

Os 10 NFTs mais caros vendidos

Nos mercados NFT, você pode listar suas criações para serem vendidas de três maneiras: coleções, únicas ou cópias múltiplas. Portanto, estamos contando as coleções como pacotes NFT únicos ou múltiplos, em vez de classificar apenas peças NFT únicas dentro das coleções.

Nota adicional: a classificação é baseada no preço atual da ETH.

1. The Merge – US $ 91.8 milhões

O NFT mais caro da história é, na verdade, uma série de NFTs, vendidos por um preço de US$ 91,8 milhões em dezembro do ano passado. The Merge foi criado pelo renomado artista digital Pak, cujas obras arrecadaram mais de US$ 350 milhões, e esta peça foi comprada por 28.983 pessoas que se uniram para arrebatar um total de 312.000 ações (cada uma delas é uma NFT) por quase US$ 92 milhões. Isso é bastante impressionante, considerando que o preço inicial de cada uma dessas unidades era de US$ 575, apenas para aumentar US$ 25 a cada seis horas. Em última análise, The Merge fez de Pak o artista vivo mais valioso da história, superando a pintura de Jeff Koon de 1986, Rabbit, que foi vendida por US $ 91 milhões.

2. Coleção Beeple – US $ 69,3 milhões

Mercado NFT: Nifty Gateway

Criador: Mike Winkelmann, também conhecido como Beeple, um designer gráfico / artista CGI dos Estados Unidos. Também conhecido por sua vulgaridade agressiva e excessiva, independentemente da plataforma em que esteja.

Sorteio principal: Como você pode ver no vídeo no tweet, é adequado que um artista profissional recebesse um preço tão alto por 21 peças de obras com temática de ficção científica / fantasia. Afinal, Beeple já trabalhou em campanhas de marketing para grandes corporações, como SpaceX, Coca-Cola, Apple, Samsung e outras.

Além da arte com tema de ficção científica, um grande motivador de engajamento veio de sua coleção Crossroad, antes da eleição presidencial. Era um NFT dinâmico, mudando permanentemente para outro estado dependendo se Trump perder ou ganhar. Suas coleções foram vendidas por 3.602.482 ETH (no valor de $ 6,8 milhões até o momento) no Nifty Gateway.

Além disso, Beeple ganhou fama nas redes sociais pela primeira vez com #everdays – um conceito em que cria obras de arte originais todos os dias. Ademais, seu ativismo político (especificamente o anti-trumpismo) o trouxe muito público.

Essa combinação de habilidade artística, cerca de 230 mil seguidores apenas no Twitter e o aproveitamento do sentimento anti-Trump (apoiado por todos os nós do poder corporativo) são os principais argumentos para explicar por que as coleções vendem como pão quentinho.

EVERYDAYS: THE FIRST 5000 DAYS

Eventualmente, sua coleção #everydays intitulada EVERYDAYS: THE FIRST 5000 DAYS, contando 5000 dias de obras de arte digital, foi vendida pelo recorde de US $ 69 milhões na prestigiada casa de leilões Christie’s em 11 de março de 2021. Esta foi a primeira casa de leilões tradicional a vender um NFT.

3. Clock – US $52.7 milhões

O terceiro NFT mais caro já vendido se destaca dos demais nesta lista por ser um token dedicado a uma causa social. Intitulado “Clock”, este token não fungível é uma criação conjunta do fundador do Wikileaks, Julian Assange e Pak, e retrata como um contador digital dos dias que Assange passou atrás das grades na prisão de Belmarsh, em Londres, onde está aguardando extradição para os EUA. O NFT foi criado para arrecadar fundos para a defesa de Assange e foi leiloado pelo equivalente a US$ 52,7 milhões em fevereiro de 2022 para a AssangeDAO, uma organização descentralizada (DAO) com mais de 10.000 apoiadores de Assange, criada para financiar a venda. O Clock NFT faz parte de uma coleção NFT maior chamada Censored, que apresenta mais de 29.000 mensagens tokenizadas por compradores do projeto. Eles podem ser vistos no OpenSea. Os rendimentos desta série NFT foram para organizações pró-liberdade que Assange e Pak escolheram, incluindo a Wau Holland Foundation, que apoia a defesa de Assange. Esta não foi a primeira vez que esse tipo de iniciativa NFT chegou ao leilão, já que no ano passado o denunciante da NSA Edward Snowden levantou US$ 5,4 milhões vendendo um NFT com seu próprio rosto feito a partir de páginas de uma decisão do tribunal de apelações dos EUA.

4. HUMAN ONE – US $ 28.9 milhões

Fazendo outra aparição em nossa lista está o Beeple, que parece ter o dom de fazer NFTs de vários milhões – e o HUMAN ONE não é exceção. Este token não fungível foi vendido por US$ 28,9 milhões em um leilão da Christie’s no ano passado. O leiloeiro chamou a obra de arte de “sequência triunfante do notório EVERYDAYS: The First 5000 Days” do artista, e é fácil entender o porquê. HUMAN ONE é uma escultura em vídeo cinética com um NFT dinâmico correspondente, apelidado por Beeple como o primeiro retrato de um humano nascido no metaverso.” A obra de arte é um híbrido de tecnologia física e digital, apresentando o que parece ser um astronauta caminhando eternamente por paisagens em mudança projetadas nas quatro paredes de sua caixa. Além disso, HUMAN ONE tem um contrato inteligente especialmente codificado nele, que permite que o Beeple mantenha o controle remoto sobre o que está sendo exibido. Como tal, ao contrário de outros NTFs, HUMAN ONE é uma obra de arte digital sempre ’em andamento’, fazendo com que valha a pena pagar o alto preço.

5. CryptoPunk #5822 – US $ 23,7 milhões

Existem algumas coleções NFT que alcançaram um status de culto e os CryptoPunks estão certamente no topo dos tokens mais populares, vendendo por preços recordes o tempo todo. O projeto, lançado em 2017 pela mão do Larva Labs, foi inspirado na cena punk londrina, no movimento cyberpunk e em artistas de música eletrônica como Daft Punk. Encerrando a lista dos CryptoPunks mais caros (e o quinto na lista dos NFTs mais valiosos) está o CryptoPunk #5822. O token foi vendido por aproximadamente US$ 23,7 milhões em fevereiro deste ano e aparentemente há uma boa razão para o preço; o CryptoPunk #5822 faz parte da edição alienígena mais rara da série, da qual existem apenas 9 dos 10.000 punks disponíveis. Além disso, esse token é um dos 333 outros com uma bandana. O NFT foi comprado por Deepak Thapliyal, CEO da Chain. E dado o quão raro é, podemos esperar que continue sendo um dos NFTs mais caros do mercado.

6. Alien Cryptopunk #7523 – US $ 11,75 milhões

Alien CryptoPunks são uma mercadoria rara no mundo das criptomoedas e é por isso que Alien Cryptopunk #7523 chegou ao 6º lugar dos NFTs mais caros já vendidos. Como um dos únicos 9 Alien punks cunhados pelo Larva Labs e vem com acessórios exclusivos como: brinco (2459 punks tem), gorro de tricô (419 punks tem) e máscara médica (175 punks tem). Apelidado de “Covid Alien”, o CryptoPunk #7523 foi comprado por Shalom Meckenzie, o maior acionista da DraftKings.

7. TPunk #3442 – US $ 10,5 milhões

Vimos por que os Alien punks são tão valiosos, mas há uma raça diferente também chamando a atenção dos investidores – os TPunks. Eles são vistos como a versão de Tron dos CryptoPunks. Este em particular se assemelha ao Coringa e, embora os NFTs TPunks normalmente não sejam vendidos por muito, o TPunk # 3442 foi vendido por US $ 10,5 milhões em uma venda realizada no ano passado e foi comprado pelo cofundador da Tron e magnata da criptomoeda, Justin Sun. No entanto, ele não guardou o token e, desde então, o doou ao mercado APENFT.

8. CryptoPunk #4156 – US $ 10,26 milhões

A oitava NFT mais cara já vendida até hoje é – sim, você adivinhou – outro Punk. Desta vez é o CryptoPunk #4156, que foi vendido por US$ 10,26 milhões no ano passado. A venda foi motivada pelo colecionador de pseudônimo Punk4156 desiludido com o projeto NFT e a maneira como o Larva Labs lidou com a comunicação, orientação de licenciamento e envolvimento da comunidade. 

9. CryptoPunk #5577 – US $ 7,7 milhões

Mesmo após o frenesi da NFT de 2021, 2022 não viu sinais de desaceleração no interesse dos CryptoPunks com o CryptoPunk #4156 sendo vendido por US$ 7,7 milhões em fevereiro. Este token foi comprado por Robert Leshner, fundador do protocolo Compound DeFi, que anunciou sua mudança com um tweet “Yeehaw” como CryptoPunk # 5577 com um chapéu de cowboy.

10. CryptoPunk #3100 – US $ 7.6 milhões

E por último, mas não menos importante, CryptoPunk #3100. Até agora já sabemos que os CryptoPunks têm um lugar especial no coração dos colecionadores de NFT e amantes da arte em todo o mundo e o décimo NFT mais caro já vendido não é outro senão um CryptoPunk que também é um dos raros avatares alienígenas, vestindo um branco e faixa azul. Apenas 450 outros punks têm bandanas, o que torna o CryptoPunk #3100 ainda mais raro.

Conclusão e menção honrosa

Não podemos terminar este ranking sem citar o lendário Nyan Cat de Chris Torres, que foi vendido por 300 ETH. Outro exemplo de cultura pop que mesclou memes do YouTube com canções pop japonesas. Chris o vendeu em um dia na plataforma Foundation após remasterizar o GIF original lançado no YouTube em 2011. Da mesma forma, fique atento aos modelos de Fórmula 1, que são muito procurados. Afinal, recentemente o supercarro F1 Delta Time foi vendido por 415,5 ETH.

Como você pode supor, o fenômeno NFT é quase exclusivamente reservado para as gerações mais jovens, com menos de 50 anos. Ou seja, a cultura dos nascidos ou crescidos durante a era digital pode parecer estranha para as gerações mais velhas.

No entanto, faz pouco sentido julgá-lo pelo padrão externo, assim como é inútil julgar pessoas que compraram peças de arte abstrata inescrutáveis que atingem dezenas de milhões em preços.

No final das contas, tanto os NFTs quanto as obras de arte tradicionais são ativos especulativos, contando com seus próprios ecossistemas culturais para serem valorizados. Entretanto, com a trajetória de crescimento atual, os NFTs estão posicionados para ultrapassar a alternativa física por serem mais flexíveis, indestrutíveis, facilmente vendáveis e obtidos.

Neste surto de crescimento inicial, seria sensato ter cuidado para ver quais tipos de itens colecionáveis tendem a valorizar mais e não aposte mais do que você está disposto a perder.

Se você quiser saber mais sobre os NFTs mais caros, confira os nossos artigos educacionais. Afinal, aqui você pode encontrar todas as informações de que precisa para começar!

Além disso, junte-se à nossa comunidade no Telegram para conversar com usuários reais sobre trading de criptomoedas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade. Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores. Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.