5 empresas que adotam a tecnologia Web 3.0

Atualizado por Airí Chaves

A Web3 está rapidamente se tornando popular, e as principais empresas de tecnologia estão tomando nota. Há um potencial ilimitado no Metaverso, permitindo novos tipos de interação online. Várias grandes empresas de tecnologia tomaram nota disso e estão rapidamente se tornando empresas com tecnologia web 3.0 – ou pelo menos tornando-se uma grande parte de seus negócios.

Listamos cinco grandes empresas de tecnologia que estão trabalhando em soluções e com tecnologia Web 3.0. Como veremos, esses são alguns dos maiores nomes do mundo da tecnologia, e suas estratégias são todas bastante singulares.

Neste artigo:

As 5 principais empresas de tecnologia que usam a tecnologia web 3.0

Muitas organizações importantes e empresas de capital de risco estão investindo pesadamente na web3 para evitar ficar para trás. Abaixo estão listadas cinco grandes empresas de tecnologia que adotaram a tecnologia web 3.0.

1 – Meta

O Facebook possui serviços de redes sociais proeminentes, como WhatsApp, Instagram e Messenger. Em outubro, nome da empresa foi alterado para Meta para refletir sua missão de fornecer orientação em todo o Metaverso.

Meta visa atrair bilhões de usuários. De acordo com Statista, pelo menos 2,87 bilhões de indivíduos usaram o Facebook, Instagram, WhatsApp ou Messenger diariamente durante o segundo trimestre de 2022. A Meta vê web3 como uma rota promissora para a terceira geração da Internet. Este é um importante canal onde a empresa pretende direcionar o Metaverso.

Além disso, a Meta pretende incluir o capacete barato e leve em sua construção social. Consequentemente, após a mudança, a Meta investiu no Oculus Quest, um gadget físico projetado para expor os consumidores ao Metaverso.

2 – Shopify

Shopify é uma empresa canadense responsável por milhões de varejistas online. Ela estreou a versão beta de sua plataforma de negociação NFT em 2021. Permitiu que os usuários cunhassem e até vendessem NFTs colecionáveis ​​em várias blockchains.

O CEO da Shopify, Tobi Lutke, e até mesmo o presidente da empresa, Harley Finkelstein, já mostraram seu entusiasmo pela web3.

Finkelstein afirmou em um vídeo no YouTube,

“Acho que o futuro do varejo e do comércio acontecerá em todos os lugares, em todas as áreas. Isso pode ser online, no metaverso, AR ou VR. Pode estar offline em uma bela butique ou no mercado de um grande fazendeiro.”

Desde 2018, Shopify também começou a integrar a capacidade de venda de AR em sua área digital. Eventos recentes incluem a aquisição de uma empresa de design de residências baseada em AR, fundada pela equipe por trás do Primer.

experiência de venda de AR visa fornecer uma representação realista e interativa do produto de uma mercadoria para prolongar os custos de conversação e manter retornos mínimos. Empresas como Instant Pot, Allbird e Magnolia estão entre os principais fabricantes que usam a tecnologia AR da Shopify.

Além disso, Shopify registrou várias patentes de realidade aumentada. Isso inclui um para um sistema de medição corporal que usa realidade aumentada e pode sugerir os tamanhos exatos de roupas.

Em contraste, o programa NFT da Shopify permite que os usuários cunhem e vendam seus NFTs. O processo pode ser feito usando tecnologias blockchain, como Ethereum e Polygon. Ao contrário da maioria dos outros marketplaces NFT, os comerciantes não precisam aceitar criptomoedas como pagamento. Isso significa que eles podem aceitar cartões de débito, Shop Pay e cartões bancários para pagamentos da Shopify.

3 – Twitter

O Twitter tem seu próprio foco na web3, com várias tentativas sendo tomadas. Como uma das plataformas de mídia social mais populares, pode ter uma enorme influência. Já começou a trabalhar com NFTs.

O uso de NFTs como imagens de perfil parece ser uma excelente maneira de os proprietários de NFTs demonstrarem seu status. Isso pode mostrar a propriedade de ativos digitais que eles podem possuir. Em contraste, o Twitter é a única grande plataforma de tecnologia que parece implementar esse novo conceito. 

Especificamente, as pessoas que se inscreveram no Twitter Blue poderão selecionar uma NFT como sua foto de perfil principal. Aqueles com NFTs verificados os exibirão como um hexágono em seu perfil. No momento da redação deste artigo, existem muitos obstáculos para estabelecer uma NFT como uma foto de perfil do Twitter. 

Por exemplo, o recurso agora é exclusivo para iPhones e usuários nos Estados Unidos, Austrália, Canadá e Nova Zelândia. O Twitter afirma que o suporte NFT será disponibilizado em breve para usuários do Android. Em conclusão, a adoção de NFTs pelo Twitter demonstra seu desejo de fazer a transição para a próxima geração da web.

4 – Spotify

Spotify é um serviço de streaming de música sueco criado em 2006 por Daniel Ek e Martin Lorentzon. O número crescente de usuários fez desta rede uma das maiores plataformas de streaming do mundo. Atualmente, a plataforma tem 422 milhões de usuários ativos.

Esta plataforma de música acaba de publicar vagas de emprego baseadas na tecnologia web 3.0, incluindo cargos para gerentes, engenheiros e especialistas em desenvolvimento de tendências. 

À luz do fato de que até mesmo artistas começaram a vender seus trabalhos NFT. Portanto, não é de surpreender que o Spotify esteja entrando na arena da web3. Incerto é se o Spotify vai construir seu mercado para NFTs. No entanto, artistas como Snoop Dogg, King of Leon e Grimes logo tiveram sucesso com suas vendas de música NFT. 

5 – Microsoft

A Microsoft é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo. Ela disse que ajudaria a Astar Network na construção do futuro da web3 por meio do programa Astar Incubation. 

Essa parceria permitirá que a Microsoft forneça ferramentas e suporte às empresas do Programa de Incubação Astar. Isso incluirá uma rede de orientação e assistência de marketing.

A Microsoft está competindo com outros titãs da tecnologia, como a empresa-mãe do Facebook, Meta, por uma fatia do mercado de blockchain. Ela apoiou a ConsenSys em seu arsenalparticipando de uma rodada de investimentos de US$ 450 milhões, dobrando a capitalização de mercado da startup para US$ 7 bilhões.

A ConsenSys é a força motriz por trás da MetaMask, a carteira de criptomoedas mais popular do mundo. Além disso, a Microsoft e a ConsenSys começaram a direcionar seus clientes para a Consensys em 2021, quando descontinuaram os serviços de blockchain do Azure e começaram a colaborar

A Microsoft também manifestou interesse no Polkadot, uma tecnologia de contrato inteligente adicional que compete com o Ethereum através da Astar Network. Portanto, é excelente ressaltar que vale a pena monitorar essa colaboração.

Empresas com tecnologia Web 3.0 podem ver um novo futuro

A Web3 será rica em valor devido à combinação de tecnologias como máquinas, IoT, aprendizado e análise de dados. O fator determinante por trás dos avanços significativos neste campo é fornecê-los ao usuário final de maneira direta, fácil e com o máximo de eficiência.

Além disso, a Web3, sem dúvida, transformará a forma como interagimos com o ambiente digital. Isso significa que seus efeitos convencionais e disruptivos sobre pessoas e empresas podem ser enormes. No entanto, é essencial observar que a mudança da web2 para a web3 não ocorrerá rapidamente. Isso mostra que essas grandes empresas de tecnologia têm tempo suficiente para avaliar suas operações.

Perguntas frequentes

Quais empresas são web3?

A área em que a web3 e o Metaverso agora são mais aparentes são os mundos virtuais 3D envolvendo empresas de internet como o The Sandbox. The Sandbox é um proprietário e vendedor de imóveis virtuais. Os usuários podem comprar um terreno no metaverso e usá-lo como acharem melhor.

O que são produtos web3?

Os produtos Web3 são aplicativos descentralizados (DApps) ou plataformas livres de autoridade centralizada. Eles são construídos em blockchains, têm um design forte e resistente a falhas e dão aos usuários mais soberania sobre suas identidades e ativos.

O que é a rede web3?

Web3 é uma forma descentralizada da Internet, suportada por diversas tecnologias e funcionalidades. Ele permite melhor privacidade, controle do usuário e confiabilidade.

Qual é a maior empresa de blockchain?

Coinbase Global Inc. (COIN), com US$ 5,9 bilhões em vendas e um lucro líquido de US$ 3 bilhões. Agora é considerada a empresa de blockchain mais bem-sucedida do mundo. Mesmo que esta posição superior possa mudar a qualquer momento. Muitas outras grandes organizações estão adotando rapidamente a tecnologia blockchain, e essa tendência continuará.

Se você quiser saber mais sobre a tecnologia web 3.0, confira os nossos artigos educacionais. Afinal, aqui você pode encontrar todas as informações de que precisa para começar!

Além disso, junte-se à nossa comunidade no Telegram para conversar com usuários reais sobre trading de criptomoedas.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e com o objetivo único de informar. Qualquer atitude tomada pelo usuário a partir das informações veiculadas no site é de sua inteira responsabilidade. Na seção Aprender, nossa prioridade é fornecer informações de alta qualidade. Nós tomamos o tempo necessário para identificar, pesquisar e produzir conteúdo que seja útil para nossos leitores. Para manter esse padrão e continuar a criar um conteúdo de excelência, nossos parceiros podem nos recompensar com uma comissão por menções em nossos artigos. No entanto, essas comissões não afetam o processo de criação de conteúdo imparcial, honesto e útil.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.