Análise de Bitcoin, Ethereum e XRP; detentores seguem firmes em mercado de baixa

17 novembro 2022, 19:00 -03
17 novembro 2022, 19:00 -03
EM RESUMO
  • Os detentores de Bitcoin de longo prazo estão passando por um estresse financeiro agudo.
  • Número de depósitos de ETH em exchanges atingiu uma nova mínima em 5 anos.
  • A métrica de idade consumida para XRP mostrou que mais de 520 bilhões de tokens foram movimentados na terça-feira (15).
  • promo

Bitcoin (BTC), Ethereum (ETH) e XRP (XRP) continuam em tendência de baixa, apesar dos ocasionais saltos de preço em gráficos de curto prazo.

Após a queda da FTX, o mercado entrou em nova tendência de baixa, com o Bitcoin, Ethereum, XRP e a maioria das demais altcoins sofrendo quedas. O preço do BTC oscila em US$ 16.552,73, ainda perto de sua mínima dos últimos dois anos.

Ethereum e XRP seguiram o exemplo. No entanto, houve um salto de preço de curto prazo que as duas altcoins testemunharam. ETH e XRP subiram 1,40% e 3,59%, respectivamente, em seu gráfico semanal.

Detentores de longo prazo do Bitcoin em prejuízo

O colapso da FTX puxou o preço do Bitcoin para a mínima de US$ 15.580, vista pela última vez em novembro de 2020. A retração afetou significativamente a vibração da rede com o volume de transações (7d MA) atingindo seu menor número de 5 meses, com 33.628,568 BTCs movimentados.

Fonte: Glassnode

O indíce MRVR de Detentores de longo prazo (LTH) sugeriu que o Bitcoin estava passando por um estresse financeiro agudo, mantendo uma média de -33% em perdas não realizadas. Apesar das graves perdas, o Exchange Flow on-chain mostrou que os fluxos líquidos foram negativos, com US$ 379,1 milhões em saídas diárias.

Fonte: Glassnode

As perdas recentes foram comparáveis às mínimas do mercado de baixa de 2018, que tiveram um pico de perda não realizada de -36% em média. Embora o preço do BTC tenha se valorizado da marca inferior de US$ 15.580 e negociado acima de US$ 16.500 no momento desta publicação, não há muitos sinais de otimismo.

O perfil de volume no gráfico de longo prazo sugeriu que, depois que o Bitcoin perdeu o nível de suporte de US$ 19.500, não havia muito o que segurar. Aparentemente, o ativo não tem fortes suportes até a zona de preço de US$ 11.800.

Fonte: CryptoQuant

Como não há volume de negociação significativo até US$ 11.800, o BTC pode estender as quedas até essa marca, de onde uma recuperação ou recuperação significativa é plausível.

O IntoTheBlock’s In/Out Of Money Around Price Indicator sugere que, se o preço subir acima da marca de resistência de US$ 16.839, onde 1,38 milhão de endereços detêm 947.000 BTC, o mesmo pode atuar como um suporte sólido.

Por enquanto, porém, não havia uma zona de suporte sólida para manter o preço do Bitcoin em alta.

Detentores de ETH continuam sólidos

No fechamento da matéria, o preço do Ethereum subiu apenas 0,46% na janela horária, sendo negociado a US$ 1.197,39. As quedas não foram tão graves quanto as do Bitcoin e algumas outras altcoins, com o preço se mantendo acima do nível de suporte psicológico de US$ 1.000. O fluxo diário de exchanges sugeriu que os fluxos líquidos foram negativos, com saídas de cerca de US$ 300,6 milhões na quarta-feira (16).

Os detentores de Ethereum também mantiveram um controle sólido sobre suas carteiras, já que a maioria das baleias continuaram a acumular. Notavelmente, o número de endereços possuindo mais de 100 moedas atingiu uma alta de 20 meses de 47.034 nesta quinta-feira (17).

Fonte: Glassnode

Os dados da Glassnode destacaram ainda que o número de endereços ETH com mais de 10.000 moedas atingiu uma alta de 1 mês, de 1.183.

Fonte: Glassnode

Por fim, o número de depósitos em exchanges (7d MA) atingiu uma mínima de 5 anos de 303.833, o que significa poucas unidades do ativo estavam sendo enviadas para negociação, apesar da oscilação de preço.

Fonte: Glassnode

No futuro, se o preço do ETH puder se estabelecer acima da resistência de US$ 1.350, o mesmo poderá atuar como um suporte sólido. No entanto, uma retração no preço do Bitcoin pode estender ainda mais as perdas para o ativo e o restante do mercado.

520 bilhões de XRP são movidas

O preço do XRP foi negociado a US$ 0,3715 no fechamento da matéria, perdendo 2,25% no gráfico diário, mas subindo 3,59% no semanal. A métrica de idade consumida mostrou que mais de 520 bilhões de tokens foram movimentados na última terça-feira (15), quando o preço sofreu um forte salto de curto prazo.

Fonte: Sanbase 

Muitas moedas XRP antigas estão em movimento ultimamente, o que pode apontar para uma possível redistribuição.

A virada positiva foi que a porcentagem da oferta total de stablecoin mantida por baleias com mais de US$ 5 milhões sofreu um leve impulso. Essas baleias aumentaram suas participações em cerca de 1%.

Fonte: Sanbase 

Apesar do apoio das baleias, o preço do XRP ainda tem um longo caminho a percorrer, especialmente com a batalha regulatória da Ripple contra a SEC em andamento.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.