Ver mais

Wu-Tang Clan e French Montana lançam música no Bitcoin Ordinals

2 mins
Traduzido Bruna Brambatti

EM RESUMO

  • Ghostface Killah, ex-membro do Wu-Tang Clan, lançará músicas exclusivas no Bitcoin Ordinals.
  • Os Bitcoin Ordinals armazenam dados digitais diretamente no blockchain do Bitcoin.
  • Os desenvolvimentos na comunidade Ordinals permitem que as inscrições conversem entre si.
  • promo

Ghostface Killah, ex-membro do Wu-Tang Clan, anunciou o lançamento de músicas exclusivas no Bitcoin Ordinals. Este anúncio surge em meio a um aumento nas vendas de Ordinals e à crescente popularidade de inscrições musicais na blockchain.

O músico cunhará 10.000 inscrições que os detentores poderão usar livremente sem restrições de direitos autorais.

Por que o Wu-Tang é apenas o início da música com Ordinals de Bitcoin

Killah, cujo nome verdadeiro é Dennis David Coles, criou sua coleção com a ajuda do Ordinals Bot e dos artistas de NFT Rare Scrilla e NakaPepes. É interessante notar que ele não forneceu uma data de cunhagem ou preço base para sua coleção.

Outros colaboradores do projeto, Rare Scrilla e NakaPepes, lançaram suas próprias coleções no Bitcoin Ordinals. Rare Scrilla lança a coleção de inscrições em áudio SOUNDS V.1 no MagicEden e tem vínculos com o recém-lançado projeto Book of Meme no Solana. Enquanto isso, NakaPepes criou a coleção Ordistorians, comunicando a história da blockchain por meio de NFTs de memes.

Antes de Killah, French Montana, artista nascido na África, tornou-se o primeiro artista mainstream a inscrever uma música na rede Bitcoin. A faixa consumiu 3.956 megabytes de espaço de bloco de transação de Bitcoin, o terceiro maior de qualquer inscrição de Ordinals.

Leia mais: As melhores plataformas BRC-20 para negociar ordinais em 2024

Daily Cumulative Inscriptions Data Ordinals NFTs
Dados de inscrições cumulativas diárias. Fonte: Dune

O protocolo Bitcoin Ordinals permite que arquivos digitais sejam inscritos em um “satoshi” (cem milionésimos de um Bitcoin). O projeto foi desenvolvido por Casey Rodamor em 2023 e proporcionou um novo caso de uso para a rede Bitcoin.

Ascenção dos Ordinals

Ordinals se diferenciam dos NFTs na rede Ethereum, por armazenarem dados diretamente na blockchain do Bitcoin, enquanto o Ethereum utiliza tokens ou certificados ERC-721 para representar a propriedade de ativos digitais ou físicos armazenados em locais externos.

Embora a música fosse um caso de uso popular para NFTs, projetos semelhantes como Ordinals são raros. Isso pode ser porque 4 megabytes de espaço de armazenamento limitam o tamanho de uma inscrição. Entretanto, um desenvolvimento recente da comunidade pode tornar os “NFTs” do Ordinals mais versáteis.

As inscrições recursivas podem trocar dados entre si, imitando a capacidade de composição dos contratos inteligentes da Ethereum. Portanto, os criadores de conteúdo podem ultrapassar o limite de tamanho original de 4 MB, limitando as inscrições regulares, conforme explicado pelo ‘Ordifluencer’ LeonidasNFT.

“As inscrições agora podem usar uma sintaxe especial “/-/content/:inscription_id” para solicitar o conteúdo de outras inscrições. Essa simples alteração abre muitos casos de uso avançados. Por exemplo, em vez de inscrever 10.000 arquivos JPEG para uma coleção de PFP individualmente, o que seria bastante caro, você poderia inscrever as 200 características da coleção e, em seguida, fazer mais 10.000 inscrições, cada uma usando uma pequena quantidade de código para solicitar características e renderizar a imagem programaticamente”, disse LeonidasNFT.

Há pouco tempo, um desenvolvedor com o pseudônimo de Ratoshi implementou um mecanismo avançado de geração de música no Ordinals, utilizando inscrições recursivas. Em seguida, ele criou clipes de som compostáveis que os usuários poderiam combinar por meio de inteligência artificial para criar uma nova faixa.

Por fim, Ratoshi implantou o código do mecanismo em uma única inscrição e adicionou atualizações por meio de inscrições menores.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

BR-FEED-INSTA-8.png
Bruna Brambatti
Graduada em Filosofia pela UFSM, ela tem um interesse profundo por política e economia, demonstrado através de diversos artigos sobre política grega e filosofia política. Em 2017, ela mergulhou no mundo das criptomoedas e blockchain, envolvendo-se ativamente em projetos Web3, incluindo DeFi como o projeto Metapoly org, NFTs e cybersegurança. Com uma genuína paixão pela complexidade e pelo impacto das tecnologias Web3, ela busca continuamente formas de integrar esses avanços inovadores à...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados