Ver mais

WhatsApp Pay queria atalho para empresas pequenas, mas será aprovado; diz presidente do BC

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • WhatsApp Pay foi lançado em junho, mas bloqueado pelo BC
  • Campos Neto diz que solução é muito grande, mas será aprovada
  • Instituição também conversa com Google e PayPal e vislumbra Real Digital para 2022
  • promo

O WhatsApp Pay será, enfim, liberado no Brasil. O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que o meio de pagamentos do Facebook “será aprovado”. A declaração foi dada no evento Emerging + Frontier, promovido pela Bloomberg na quarta-feira (2).
Segundo Campos Neto, o BC tem um procedimento para liberação mais rápido para pequenas empresas. No entanto, o WhatsApp Pay não se enquadrava nos requisitos. A demora na liberação da solução de pagamentos, portanto, está ligada ao tamanho da operação. Dessa forma, para o presidente do BC, a quantidade de pessoas que serão impactadas dá o tom do processo de aprovação.
Quando eles propuserem um arranjo, entendemos que é grande, começando com mais de 100 milhões de pessoas. Só dissemos que, como é um arranjo grande e pode influenciar o mercado, e temos a dimensão prudencial, pedimos a eles que entrassem no trilho, no caminho normal de autorização.
Como comprar Bitcoin e entrar no grupo de sinais gratuito do BeInCrypto

BC conversa com Google e PayPal, diz Campos Neto

O WhatsApp Pay não é o único meio de pagamentos no radar o Banco Central. Segundo Campos Neto, a instituição também tem tratativas junto ao PayPal, maior do mundo no segmento. Além disso, o BC conversa com o Google, que opera o Google Pay. As conversas envolveriam a preocupação com tratamento dos dados.
A principal preocupação que tínhamos era se isso iria promover a competição e proteger os dados das pessoas. Queremos competição e que protejam os dados das pessoas, […] isso promove competição.
banco_central_campos_neto

Real digital na esteira do PIX

No mesmo evento, Campos Neto confirmou que o Banco Central traça planos para o Real Digital. A versão virtual da moeda brasileira está em estudos em um grupo gerido pelo BC. Segundo o presidente da instituição, a novidade está ligada ao sucesso do PIX.
Eu acho que uma moeda digital não é o que você busca, é a consequência. Para ter isso, você precisa de um sistema de pagamentos instantâneos pronto que seja eficiente e interoperável. Você precisa de um sistema aberto, onde pode criar competição. E você precisa de uma moeda que tenha credibilidade, seja conversível e internacional.
Assim, no atual ritmo, ele prevê a digitalização do Real para 2022.
Depois disso, eu acho que você tem todos os ingredientes para ter uma moeda digital. Nós achamos que teremos isso em 2022.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

d5d468215717a9856e67059bb80b21e2?s=120&d=mm&r=g
Paulo Alves
Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Colaborei entre 2013 e 2021 com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados