Ver mais

Walmart vai investigar anúncio de falsa parceria com Litecoin

2 mins
Atualizado por Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • O Walmart disse que irá investigar o falso comunicado à imprensa que anunciava uma parceria com a Litecoin, fazendo com que o preço da criptomoeda disparasse.
  • Na manhã de segunda-feira (13) a GlobeNewswire publicou um comunicado à imprensa afirmando que o Walmart começaria a permitir que seus clientes usassem a LTC como forma de pagamento.
  • A declaração foi negada logo após seu lançamento e as partes envolvidas estão investigando o ocorrido.
  • promo

O Walmart afirmou que irá investigar o falso comunicado à imprensa anunciando uma parceria com a Litecoin (LTC), que causou uma forte e breve alta no preço da criptomoeda.

Na segunda-feira (13),  às 10h30 no horário de Brasília, a GlobeNewswire publicou um press release no qual anunciava uma parceria entre o Walmart, o maior varejista do mundo, e a Litecoin (LTC).

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

O anúncio dizia que o Walmart passaria a permitir que seus clientes usassem a criptomoeda como forma de pagamento. Diversos veículos de notícias respeitáveis cobriram a história, incluindo a Reuters, CNBC e Bloomberg News. A repercussão fez o preço da Litecoin disparar.

Walmart nega os rumores

Em menos de uma hora, o Walmart negou a declaração, fazendo com que a criptomoeda perdesse toda a valorização que tinha alcançado devido a notícia. O próprio Litecoin confirmou mais tarde que a declaração era falsa. Agora, todas as partes envolvidas estão tentando evitar outro erro.

Por exemplo, logo após a GlobeNewswire publicar um aviso para “desconsiderar” o comunicado à imprensa, ela disse que implementou etapas de autenticação aprimoradas para evitar que um incidente semelhante ocorra no futuro. “Trabalharemos com as autoridades apropriadas para solicitar – e facilitar – uma investigação completa, incluindo qualquer atividade criminosa associada a este assunto”, disse o site.

Enquanto isso, o chefe da Litecoin Foundation e criador da criptomoeda, Charlie Lee, disse que a fraude está sendo investigada, mas pouco progresso foi feito. Embora a fundação tenha dito que não tinha informações sobre a origem do release, Lee admite que “estragou tudo” ao retuitar o anúncio inicial.

“Nós tentamos nosso melhor para não tuitar notícias falsas e desta vez realmente estragamos tudo”, disse Lee. “Eu nego que tenha algo a ver conosco e vamos tentar o nosso melhor para descobrir quem fez isso – e vamos impedir que notícias falsas se espalhem”. Ele acrescentou que a equipe da Litecoin adicionaria controles mais rígidos em suas contas de mídia social “para que algo assim não aconteça novamente”.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

37c58b84a21f59fd4fd1cd91383114c2.jpg
Nicholas Pongratz
Nick é professor de habilidades de comunicação oral e especialista em ciência de dados em Budapeste, Hungria, com mestrado em Business Analytics. Ele entrou relativamente tarde no campo da tecnologia de criptomoedas e blockchain, mas está intrigado com seu potencial de uso econômico e político. Ele pode ser descrito como um cético otimista de centro-esquerda.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados