Vitalik Buterin prevê Ethereum com PoS no dia 15 de setembro

Atualizado por Anderson Mendes
EM RESUMO
  • Vitalik Buterin e Tim Beiko preveem que até 15 de setembro o Ethereum irá migrar para PoS.
  • O valor do ETH se beneficiou do hype em torno do Ethereum 2.0.
  • Existem alguns usuários, incluindo Justin Sun, que pretendem boicotar o evento através de um fork.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

De acordo com o cofundador do Ethereum (ETH) Vitalik Buterin, o The Merge será lançado oficialmente no dia 15 de setembro.

Segundo dados apresentados por Vitalik Buterin, com base na dificuldade total do terminal e no número de hashes que ainda precisam ser minerados, ele prevê que 15 de setembro pode ser a data em que o The Merge (fusão) será lançada na mainnet do Ethereum.

Essa previsão está de acordo com a feita por outros desenvolvedores, que estabeleceram um prazo de 15 a 16 de setembro para a rede concluir “a fusão” e adotar o modelo de Prova de Participação (PoS), como comentou Tim Beiko. Além disso, Beiko confirmou a proximidade do lançamento, mostrando o objetivo final de dificuldade que eles tinham que alcançar.

Nesta sexta-feira (12), a primeira rede de contratos inteligentes foi concluída após passar em seu último teste de estresse na tesnet Goerli.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

O que é o nível de dificuldade terminal e qual sua relevância?

A Dificuldade Total do Terminal refere-se à dificuldade necessária para minerar o último bloco do Ethereum. Nesse ponto, a rede desabilitará o modelo de Prova de Trabalho (PoW) e mudará para o PoS.

Embora a data possa teoricamente mudar caso surja algum problema, é o sinal mais claro até agora de que o Ethereum está prestes a avançar em sua tão esperada mudança de método de consenso.

ETH se beneficia com as expectativas para o The Merge

Este evento histórico tornou-se uma narrativa dominante no universo cripto nas últimas semanas, beneficiando o token nativo da rede, o ETH. Sua capitalização cresceu em 20 bilhões à medida que seu preço disparava.

A mudança para PoS do Ethereum é discutida desde 2014, mas é notória por anos de atrasos. Vários projetos importantes do setor, como Circle, Tether, Chainlink ou Binance, entre outros, e a própria comunidade Ethereum apoiaram amplamente a atualização.

Nas últimas semanas, alguns defensores de criptomoedas desenvolveram um plano para criar uma versão PoW do Ethereum para preservar um ecossistema para os mineradores. Justin Sun, da TRON (TRX), e o proeminente minerador Chandler Gou estão entre os maiores defensores desta iniciativa, embora seus planos ainda não tenham se concretizado.

Nas últimas semanas, o mercado de criptomoedas subiu novamente e o Ethereum tende a liderar essa alta. Atualmente, seu token 100% acima da mínima de junho, quando caiu abaixo de US$ 900 em meio ao pânico com a implosão catastrófica da Three Arrows Capital. Nas últimas 24 horas, seu preço ultrapassou US $ 1.900 após o lançamento da rede de testes Goerli.

No fechamento da matéria o ETH estava abaixo de US$ 1.900, colocando a capitalização de mercado do Ethereum em US$ 227,3 bilhões. Seu domínio no mercado global de criptomoedas é de 18,8%.

Claramente, o evento mais famoso do mundo cripto já tem data de lançamento, algo que anos atrás parecia muito distante. Em breve, a comunidade verá seus efeitos. As compras de ETH começaram a brotar em antecipação ao The Merge, abrindo até a possibilidade de investimento institucional.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.