Ver mais

Visa confirma cartão cripto no Brasil em 2021 e mira mercado de tokenização

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • Possibilidade de efetuar compras usando criptoativos estará disponível ainda este ano.
  • Empresa busca oferecer cada vez mais opções voltadas ao mundo cripto.
  • Visa pretende dar mais segurança aos usuários através da tokenização.
  • promo

CEO da Visa no Brasil confirmou nesta quinta-feira (25) que a empresa deverá lançar um cartão compatível com criptomoedas no Brasil até o final do ano.

Fernando Teles, CEO da Visa no Brasil, afirmou que a empresa pretende oferecer a possibilidade de realizar transações financeiras utilizando criptomoedas em 2021. A informação é do portal Seu Dinheiro.

A afirmação está alinhada com as últimas declarações do CEO Global da companhia, Al Kelly, que recentemente disse que a Visa pretende adicionar criptomoedas à sua rede de pagamentos. 

Com isso, diversos clientes poderão usar criptoativos como o bitcoin para efetuar compras em milhões de estabelecimentos que aceitam a bandeira Visa ao redor do mundo. 

Além de um cartão cripto, a Visa pretende desenvolver uma plataforma para que bancos digitais brasileiros possam oferecer serviços voltados a criptomoedas para os seus clientes.

Como funcionaria o cartão cripto no Brasil 

Segundo Teles, a Visa está trabalhando no desenvolvimento de interfaces de aplicativos de programa (APIs) para os detentores dos cartões Visa que desejem utilizar essa nova forma de pagamento. 

A empresa pretende lançar um programa que converta o valor que um dono de um cartão Visa possui em uma criptomoeda para a moeda fiduciária usada no país, de forma rápida e segura. 

No Brasil, por exemplo, o cliente de um estabelecimento poderá pagar a conta utilizando bitcoin e o local receberá o valor em real. A conversão seria feita nos bastidores de forma instantânea. 

Visa pretende investir em tokenização 

Além da possibilidade de efetuar pagamentos com criptoativos, a Visa pretende desenvolver no Brasil mecanismos de segurança baseados na tokenização. O objetivo é utilizar a tecnologia para proteger os dados pessoais dos usuários. 

Segundo Teles, os brasileiros passaram a efetuar mais compras e pagamentos online devido à pandemia. Com isso, a empresa precisou mudar sua atuação na proteção de dados dos clientes e detecção de fraudes. 

O mecanismo envolve a geração de um token digital a cada nova compra na internet para garantir maior segurança, visto que nenhuma informação real do cartão de crédito será compartilhada.

A Visa acredita que o novo sistema baseado em blockchain evitaria a ação de hackers em operações fraudulentas que poderiam causar danos aos clientes. 

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Formado em Administração de Empresas pela Universidade Positivo, Anderson atua como redator para o BeInCrypto há 2 anos. Escreve sobre as principais notícias do mercado de criptomoedas e economia em geral. Antes de entrar para a equipe brasileira do site, participou de projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto em sua cidade natal, Curitiba.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados