Ver mais

Três projetos para ficar de olho na BNB Chain

2 mins
Por Martin Young
Traduzido Anderson Mendes

EM RESUMO

  • PancakeSwap é o protocolo líder do ecossistema Binance.
  • A Venus oferece empréstimos descentralizados.
  • O Alpaca Finance, em terceiro lugar, é um protocolo de yield farming.
  • promo

O setor de finanças descentralizadas (DeFi) desacelerou durante o mercado de baixa. No entanto, ainda há muita coisa acontecendo com protocolos nos principais ecossistemas, como a BNB Chain.

A BNB Chain, anteriormente conhecida como Binance Smart Chain, é o segundo maior ecossistema DeFi do mundo cripto, ficando atrás somente do Ethereum (ETH). A rede tem um valor total bloqueado de US$ 7,7 bilhões, de acordo com o DeFiLlama. No entanto, esse montante está 70% abaixo de sua máxima histórica, o que está alinhado com o inverno cripto atual.

A BNB Chain tem vários projetos populares relacionados a DeFi, sendo os três principais:

PancakeSwap (DEX)

A maior exchange descentralizada (DEX) da BNB Chain é a PancakeSwap. O projeto um valor total bloqueado de US$ 4,36 bilhões, dando-lhe uma participação de mercado dominante de 56,6%. Além disso, possui um volume de negociação diário de US$ 302.665, de acordo com o DeFiLlama.

A DEX possui 1,9 milhão de usuários e 55 milhões de negociações nos últimos 30 dias. Ela oferece trocas instantâneas de tokens e vários farms de liquidez. A plataforma também tem uma loteria e muitos brindes.

A PancakeSwap é alimentada pelo token CAKE, que é cultivado e usado para staking. Além disso, o token é usado em Pottery, combinando staking bloqueadas com elementos de loteria. Isso permite chances de ganhar maiores rendimentos.

Venus Protocol (empréstimos)

Venus é o segundo maior protocolo DeFi na BNB Chain. Ele oferece um mercado monetário descentralizado para empréstimos e ganhos de ativos cripto. Ele tem US$ 933 milhões em valor total bloqueado, o que equivale a 12% da participação de mercado da BNB Chain. O protocolo também é um fork da plataforma de empréstimos Ethereum Compound Finance.

Ele usa vTokens, que são versões tokenizadas de outros ativos que podem ser usados como garantia. Várias taxas de juros são oferecidas em diferentes tokens que podem ser emprestados ou dados como empréstimo na plataforma.

Além disso, o protocolo é alimentado pelo token XVS, que também é usado para farming e rendimentos extras.

Venus Protocol sofreu uma perda de US$ 11 milhões no início deste ano devido a um problema com os oráculos de preços da Terra (LUNA).

  • Não entendeu algum termo do universo Web3? Confira no nosso Glossário!
  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedasConfira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter (X)Instagram e Facebook.

Alpaca Finance (rendimentos)

O terceiro maior protocolo DeFi na BNB Chain é o Alpaca Finance. O projeto possui cerca de US$ 367 milhões em valor total bloqueado. Ele é um protocolo de empréstimo que permite yield farming alavancada no ecossistema Binance.

Além disso, os mutuários podem obter empréstimos com garantia insuficiente para posições de rendimento alavancadas. O protocolo amplia a camada de liquidez das exchanges integradas, melhorando sua eficiência de capital ao conectar provedores de liquidez.

Alpaca também tem seu próprio token nativo com o mesmo nome. Ele realiza recompras regulares e queima para manter a oferta deflacionária.

Concluindo, estes são apenas três dos projetos DeFi mais populares na BNB Chain. Outros incluem BiSwap, PinkSale, Wombat Exchange e Coinwind.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

4d198a1c7664cbf9005dfd7c70702e03.png
Anderson Mendes
Membro ativo da comunidade de criptoativos e economia em geral, Anderson é formado pela Universidade Positivo, e escreve sobre as principais notícias do mercado. Antes de entrar para a equipe brasileira do BeInCrypto, Anderson liderou projetos relacionados à trading, produção de notícias e conteúdos educacionais relacionados ao mundo cripto no sul do Brasil.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados