Três criptomoedas se preparam para disparar após a correção do Bitcoin

Atualizado por Paulo Alves
EM RESUMO
  • A IOTA é negociado dentro de um triângulo simétrico.
  • A XLM é negociado dentro de um canal de ascensão paralela.
  • A TRX também é negociado dentro de um triângulo simétrico.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

A Iota (IOTA) é negociada dentro de um triângulo simétrico, do qual é esperado um rompimento. Enquanto isso, a Stellar (XLM) está crescendo e tentando escapar de um canal paralelo ascendente. Já a Tron (TRX) é negociada dentro de um triângulo simétrico e é esperado que ela rompa.

IOTA

A IOTA/BTC está subindo desde dezembro de 2020. No início de maio de 2021, ela escapou além da área de 3.500 satoshis. Depois disso, retornou para conseguir validação como suporte (seta verde) e, desde então, tem se movimentado para cima.

Os níveis de resistência mais próximos estão em 5.450 e 6.550 satoshis, que são os níveis retração de 0,5 e 0,618 de Fibonacci, medidos a partir do movimento de baixa mais recente.

O MACD, RSI e o oscilador estocástico estão em alta, apoiando a hipótese de que o preço aumente em direção a estes níveis.

Gráfico no TradingView

O par IOTA/USD também aparenta ser de crescimento. Apesar de o token estar na onda 4 de um movimento de formação de alta de cinco ondas. A onda 4 tem a aparência de um triângulo simétrico.

Se o preço explodir, como se espera, os próximos níveis de resistência são encontrados em US$ 3,30 e US$ 4,25, respectivamente.

Gráfico no TradingView

Destaques

  • O par IOTA/BTC retornou à área de 3.500 satoshis.
  • O par IOTA/USD está dentro de um triângulo simétrico.

XLM

O par XLM/BTC tem subido desde o início do ano. Após quatro tentativas falhas, ele conseguiu romper, uma semana atrás, a área de resistência de 1.050 satoshis. As próximas áreas de resistência estão em 2.000 e 3.000 satoshis.

Os indicadores técnicos são de crescimento, reforçando a continuidade do movimento de alta, algo evidenciado pelo RSI acima de 70 e o cruzamento de alta do oscilador estocástico.

Gráfico no TradingView

O par XLM/USD mostra que o preço tenta romper um canal de ascensão paralelo. Antes disso, ele estava em um movimento de alta desde o dia 23 de abril, após completar uma correção.

O resultado é que o alvo mais provável para o topo do movimento de alta seja encontrado em US$ 0,94. Entretanto, caso ele se estenda, alvos possíveis são encontrados, respectivamente, em US$ 1,10 e US$ 1,30.

Gráfico no TradingView

Destaques

  • O par XLM/BTC rompeu a área de resistência de 1.050 satoshis.
  • O par XLM/USDT quer escapar de um canal de ascensão paralelo.

TRX

O par TRX/BTC tem subido a uma taxa acelerada desde o dia 31 de março. Depois disso, ele rompeu a área de 222 satoshis e a validou como suporte. Os indicadores técnicos são de alta.

O MACD dá sinais de uma reversão de alta, enquanto o RSI gerou uma divergência de alta oculta. Portanto, a expectativa é que o token avance para a área de resistência de 315 e 465 satoshis em seguida.

O movimento do preço do par TRX/USD é muito similar ao da IOTA. O TRX também se encontra dentro de um triângulo simétrico, que aparenta ser da onda 4 de um impulso de crescimento.

Alvos potenciais para o movimento de alta podem ser encontrados em US$ 0,226 e US$ 0,288 respectivamente. Entretanto, eles dependem da forma exata do fundo da onda 4, que ainda não foi alcançado. Portanto, é provável que os alvos sejam ligeiramente ajustados com base no fundo real.

Destaques

  • O par TRX/BTC recuperou a área de resistência de 222 satoshis
  • O par TRX/USD é negociado dentro de um triângulo simétrico.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.