Tether prepara auditoria para aumentar transparência do USDT

Compartilhar Artigo
EM RESUMO
  • A Tether realizará uma auditoria completa com uma das 12 principais empresas de contabilidade para melhorar a transparência de suas reservas de USDT.

  • Isso ocorre quando o USDT vem perdendo participação de mercado após uma série de resgates nas últimas semanas.

  • O CTO da Tether, Paolo Ardoino, afirma que o USDT praticamente nunca perdeu sua indexação.

  • promo

    O novo canal BeInCrypto Premium 3.0 está oficialmente no ar: 3x mais traders, 3x mais insights, 3x mais valor para você!Entre hoje no nosso Telegram!

The Trust Project é um consórcio internacional de veículos de notícias que criam padrões de transparência.

A Tether, a maior stablecoin do mundo, com US$ 68 bilhões em ativos, realizará uma auditoria completa com uma das 12 principais empresas de contabilidade para melhorar a transparência de suas reservas em USDT.

A mudança ocorre quando o USDT vem perdendo participação de mercado após uma série de resgates nas últimas semanas, causados em parte pelo enfraquecimento da confiança após o colapso da blockchain Terra no mês passado.

  • Ficou com alguma dúvida? O Be[in]Crypto possui uma série de artigos para lhe ajudar a entender o universo cripto. Confira!
  • Se quiser ficar atualizado no que acontece de mais importante no espaço cripto, junte-se ao nosso grupo no Telegram!

A Tether, emissora da stablecoin USDT, está atualmente trabalhando com uma empresa de contabilidade de Cayman chamada MHA. A empresa até agora produziu apenas atestados – um levantamento do balanço de uma empresa em uma determinada data.

Em entrevista à Euromoney, o diretor de tecnologia Paolo Ardoino disse que a Tether agora está trabalhando para fornecer uma auditoria abrangente, que, ao contrário dos atestados, ajudaria a dar uma visão completa da posição financeira da empresa em um período específico.

“Acho que é um dos 12 primeiros, então não é tão ruim. Os quatro grandes são um pouco mais cautelosos em fornecer uma auditoria completa quando as regras não são claras”, disse Ardoino, apontando que outras stablecoins rivais ainda faltam nesse aspecto.

Tether pressionado a divulgar reservas

O Tether está sob pressão para ter mais transparência sobre as reservas que lastreiam o USDT, um ativo atrelado ao dólar americano. Os defensores argumentam que a divulgação ajudaria os investidores a entender melhor os riscos potenciais e determinar como os auditores estão interagindo com a empresa.

Embora o Tether tenha fornecido alguma clareza sobre seus banqueiros, permaneceu tímido sobre suas reservas em USDT citando a confidencialidade. Ardoino disse que os ativos cripto representavam uma pequena proporção das reservas do Tether.

Ele também disse que a Tether cortou suas participações em papéis comerciais de US$ 40 bilhões para US$ 15 bilhões nos últimos oito meses, aliviando as preocupações do mercado sobre um risco no portfólio da empresa. Ardoino afirmou que algumas de suas reservas foram transferidas para títulos com vencimento em três meses.

A Tether está fornecendo atualizações regulares sobre suas reservas e operações para a procuradora-geral de Nova York, Letitia James, como parte de um acordo de US$ 18,5 milhões e uma proibição de negociação em fevereiro do ano passado, informou a Euromoney.

Ardoino diz que pareamento do USDT praticamente nunca foi quebrado

Stablecoins estão sob maior escrutínio nas semanas após o colapso de alto perfil da blockchain Terra em maio. Em meio ao caos, o USDT do Tether perdeu temporariamente sua paridade com o dólar, caindo para US$ 0,95, com os investidores saindo da stablecoin em pânico.

Ardoino afirmou que, praticamente, o USDT nunca perdeu seu pareamento depois que a empresa pagou aos usuários o equivalente a US$ 1 para resgatar suas participações em USDT. Usando o exemplo da corrida bancária de 2008 no Washington Mutual para explicar o caos recente, Ardoino disse:

“Fomos submetidos a um teste de estresse que nem mesmo os bancos podem ter sucesso, e passamos com louvor. Mostramos que, na pior das hipóteses, quando o Terra estava desmoronando, todo o mercado de criptomoedas desmoronando, recebemos uma tonelada de pedidos de saques e os honramos em poucos minutos”.

Ele acrescentou: “O Tether resgatou 10% de seus ativos em 48 horas e, num piscar de olhos, poderíamos ter feito muito mais do que isso. No total, em 10 dias, foram cerca de US$ 11 bilhões ou 13% de nossos ativos e ainda sem problemas.”

A capitalização de mercado total da Tether caiu mais de US$ 10 bilhões desde o início de maio, segundo a Coinmarketcap.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
Share Article

Sound Designer de profissão e apaixonado por comunicação, Thiago Barboza é graduado em Comunicação com ênfase em escritas criativas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2019 conheceu as criptomoedas e blockchain, mas foi em 2020 que decidiu imergir nesse universo e utilizar seu conhecimento acadêmico para ajudar a difundir e conscientizar sobre a importância desta tecnologia disruptiva.

SEGUIR O AUTOR

Faça já seu 1º depósito e negocie para ganhar até $3.000 em prêmios!      

Comece Hoje!

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install

Crypto.com DeFi Wallet - Manage 400+ tokens, earn interest, and more      

Install