Testes do Iene Digital devem começar em 2023

24 novembro 2022, 17:00 -03
24 novembro 2022, 17:00 -03
EM RESUMO
  • O teste de CBDC do Japão envolverá três grandes bancos em 2022.
  • O banco central japonês decidirá se lançará o ativo em 2026.
  • Embora a oposição aos CBDCs seja imensa, eles podem eventualmente resultar em uma adoção mais ampla de criptomoedas, como foi o caso da Nigéria.
  • promo

O Banco do Japão lançará um programa piloto para o projeto do CBDC do país, com os três maiores bancos locais responsáveis por iniciar os testes no primeiro semestre de 2023.

O lançamento do piloto se encaixará no experimento do Iene Digital de um ano, previsto para terminar em abril de 2023..

Japão pode lançar CBDC em 2026

piloto de dois anos visa determinar quaisquer problemas com depósitos e saques de e para contas bancárias. Também verificará se a infraestrutura operacional funcionará durante desastres naturais e sem conexão com a internet. O banco decidirá se ativa o CBDC em 2026. 

/Artigos relacionados

Mais artigos

O governador do Banco do Japão disse em maio que, embora ainda não tenha decidido se lançará um CBDC de varejo, a moeda ajudará a garantir uma infraestrutura segura e contínua no país. 

Ásia lidera corrida

Outras grandes economias globais estão em vários estágios de testes em torno de seus CBDCs. Países como Nigéria e Jamaica já usam essa modalidade de ativo há algum tempo.

Em geral, os países asiáticos parecem estar em estágios mais avançados. Em 1º de novembro, a Índia, membro do G-20, lançou um piloto de CBDC no atacado para simplificar os acordos interbancários, com planos para uma moeda de varejo em seguida. O CBDC atacadista está focado em reduzir o risco de liquidação para os bancos.

Já o Banco Popular da China planeja expandir o lançamento de carteiras digitais para sua moeda digital e-CNY para várias províncias desenvolvidas até o final de 2022. A instituição já registrou US$ 13,9 bilhões em transações digitais e-CNY.

Por outro lado, os EUA, a zona do euro e o Reino Unido precisam se atualizar. Nos Estados Unidos, o Federal Reserve está executando um programa de prova de conceito de 12 semanas em parceria com várias grandes empresas financeiras, incluindo Mastercard, HSBC, Citigroup e Wells Fargo. Os bancos comerciais emitirão dólares tokenizados fungíveis liquidados por meio de reservas simuladas do banco central americano em um livro distribuído compartilhado. 

Curiosamente, o grupo de bancos divulgará os resultados do estudo, mas não tem obrigação de participar das fases futuras do projeto.

O Banco da Inglaterra criou uma força-tarefa para supervisionar os casos de uso e a operação de um CBDC, mas ainda não decidiu prosseguir com um formalmente. Foi originalmente promovido pelo ex-chanceler Rishi Sunak, agora primeiro-ministro do Reino Unido e grande apoiador do ecossistema cripto.

O Banco Central Europeu disse que pretende lançar um CBDC até o final desta década.

  • Quer se manter atualizado em tudo o que é relevante no mundo cripto? O BeInCrypto tem uma comunidade no Telegram em que você pode ler em primeira mão as notícias relevantes e conversar com outros entusiastas em criptomoedas. Confira!
  • Você também pode se juntar a nossas comunidades no Twitter, Instagram e Facebook.

CBDCs podem educar as pessoas

Embora os entusiastas dos criptoativos alertem que um CBDC pode ser uma ferramenta para consolidar o poder de regimes autoritários, uma vantagem potencial é que pode ser uma ferramenta para educar as pessoas sobre os meandros das carteiras digitais, manter e gastar moedas digitais.

Uma vez familiarizados com as transações digitais, os usuários podem facilmente optar por usar criptomoedas junto com CBDCs ou até mesmo eliminar completamente o ativo, como fizeram os cidadãos nigerianos.

Na Nigéria, a adoção do e-Naira atingiu apenas 0,5% de sua população um ano após seu lançamento, com os cidadãos preferindo criptomoedas privadas. O que dificultava a adoção era a desconfiança geral da população em relação à elite governante e um certo grau de confusão.

Em 2 de novembro de 2022, a Nigéria ficou em 11º lugar na adoção global do Bitcoin .

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.