Ver mais

Sympla anuncia venda de ingressos tokenizados e quer lançar POAPS no futuro

3 mins
Atualizado por Aline Fernandes

Presente em 3.600 cidades brasileiras, a Sympla anunciou a venda de ingressos tokenizados. Com infraestrutura desenvolvida pela Lumx, na Polygon, a iniciativa é inédita no Brasil e vai profissionalizar o mercado paralelo de vendas de ingressos.

Com mais de 168 milhões de ingressos emitidos para shows, peças de teatro, cursos, palestras, workshops, a Sympla é a primeira plataforma do setor a utilizar os Tokens Não Fungíveis (NFT).

A migração dos tickets para blockchain, garante segurança extra para produtores e compradores, além de criar um mercado secundário seguro. Também abre espaço para os colecionáveis digitais, que possuem valor histórico para fãs de shows.

A infraestrutura do projeto ficou com a Lumx, que usou a solução Polygon PoS e tem experiência em integrar a tecnologia blockchain em negócios diferentes.

Segundo a plataforma, os usuários irão perceber melhorias na experiência do usuário e design no aplicativo da Sympla.

Entre os benefícios do ingresso NFT, está a rastreabilidade, segurança e impossibilidade de ser duplicado. A tecnologia também possibilita que os ingressos se tornem colecionáveis e negociáveis no mercado secundário. Até mesmo após o evento como um item valioso para um colecionador.

Leia mais: 5 criptomoedas para ficar de olho em junho

Ingressos NFT disponíveis

Os primeiros tickets NFTs são para a Arena de Shows da Expo Carnaval Brazil, em Salvador.  O comprador receberá o ingresso tokenizado de forma automática, que ficará disponível na Carteira Digital do próprio app da Sympla. Por enquanto, o pagamento pode ser feito apenas com moeda fiduciária, mas a Sympla já está de olho na possibilidade de receber criptoativos.

Vale lembrar que o colecionável digital está disponível apenas no aplicativo da plataforma. Pelo site ainda não é possível acessar a carteira digital.

 Para quem comprou ou irá comprar o ingresso ao evento, para acessar o token é só atualizar o aplicativo da Sympla e visualizar a nova carteira digital.

O comprometimento da Sympla é democratizar e disponibilizar os benefícios que a tecnologia blockchain e cripto proporcionam e que até agora eram acessíveis só para um público de nicho. O objetivo é ampliar o acesso sem que, para isso, seja necessário conhecimento técnico sobre a tecnologia, explica o CTO da Sympla, Roberto Mameli

Fim dos cambistas?

“Um dos maiores desafios do setor de entretenimento e eventos hoje é a regularidade e revenda de ingressos falsos, gerando prejuízos principalmente para consumidores que acreditam estar adquirindo um ingresso legítimo. Nesse contexto, a Sympla garante, com esse passo crucial, uma camada adicional de segurança tanto para os produtores quanto para os compradores”, comemora Mameli.

Além da experiência digital tokenizada, a tecnologia previne fraudes e pode reduzir as atividades de cambistas e golpistas.

POAPS é o próximo passo

Na próxima etapa do projeto, a Sympla vai oferecer POAPS (protocolo que valida que alguém participou de um evento) e gamificação.

Outras opções incluem programas de fidelidade e aquisição de ingressos por meio de créditos integrados à plataforma. O que deve proporcionar uma experiência de compra de ingressos mais conveniente e segura.

O Co-CEO da Lumx, Caio Barbosa disse que,

“Antes, o uso da blockchain para ingressos estava limitado a experimentos em pequena escala e eventos menores. A partir de agora, os milhões de usuários da Sympla ganharão acesso a um aplicativo completamente redesenhado, com uma carteira inicialmente para armazenar ingressos tokenizados e que trará mais recursos empolgantes no futuro. É uma ilustração perfeita da tecnologia da Lumx: possibilitar que empresas aproveitem todo o potencial da blockchain de forma simples e sem fricções, abrindo caminho para uma economia tokenizada.”

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Apaixonada pelo que faz, Aline Fernandes é uma profissional que atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por quase todas as redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados