Ver mais

Senadores querem que presidente dos EUA atue na regulamentação de criptomoedas

2 mins
Traduzido Júlia V. Kurtz

EM RESUMO

  • Senadores pedem a Biden regras mais rígidas para criptomoedas.
  • Carta destaca os ganhos de cripto do Irã que ameaçam os EUA.
  • A urgência é enfatizada devido ao possível financiamento do terrorismo.
  • promo

Em meio a preocupações crescentes sobre o uso de criptomoedas para contornar sanções, os senadores dos EUA Elizabeth Warren (D-Mass.) e Angus King (I-Maine) pediram ao governo Biden que reforce as regulamentações de criptomoedas.

Suas preocupações foram destacadas em uma carta recente a funcionários de alto escalão, apontando os ganhos do Irã com a mineração de cripto.

Senadores querem que Biden aja sobre a regulamentação das criptomoedas

Os senadores dos EUA destacaram a urgência do assunto, observando que o Irã conseguiu acumular milhões de dólares por meio de criptomoedas.

Em suma, essa riqueza supostamente apoia atividades financeiras domésticas e internacionais. Ela também contribui para o financiamento de organizações como o Hamas.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

“O Irã está usando criptomoedas para financiar organizações terroristas como o Hamas e a Jihad Islâmica Palestina. Uma estimativa indica que a mineração de Bitcoin iraniana poderia ter produzido até US$ 1 bilhão em receita em 2021. Nações desonestas como o Irã estão lucrando com as deficiências de AML no ecossistema cripto e usando esses lucros para prejudicar pessoas reais”, escreveram os senadores.

Essas revelações, portanto, enfatizam o papel crítico das criptomoedas nas finanças modernas e seu possível uso indevido sob regulamentações menos rigorosas.

A mineração de criptomoedas envolve a validação de transações e a criação de novas moedas digitais. Assim, ela provou ser um empreendimento lucrativo para o Irã.

De 2015 a 2021, a mineração de Bitcoin canalizou mais de US$ 186 milhões para plataformas de criptografia iranianas. Assim, Teerã se classificou entre os oito maiores produtores de Bitcoin do mundo em 2021.

Elizabeth Warren e Angus King solicitaram informações detalhadas sobre como as operações de criptomoedas do Irã facilitam o financiamento de organizações terroristas e esforços militares ou desenvolvimento de armas.

Governo acuado

Essa pressão por uma regulamentação mais rígida das criptomoedas ocorre em um momento em que o governo Biden enfrenta críticas de vários setores. Por exemplo, o chefe de pesquisa de ativos digitais da VanEck, Matthew Sigel, acusou o governo de impor limitações às finanças descentralizadas(DeFi) e à autocustódia de ativos digitais.

“O governo Biden está se apressando para tornar o DeFi e a autocustódia funcionalmente ilegais nos EUA antes que os eleitores possam expressar intenções políticas nas urnas”, disse Sigel.

Conforme o ambiente político se aquece com a aproximação das eleições presidenciais, o debate sobre a regulamentação das criptomoedas é fundamental. Reflete preocupações mais amplas sobre segurança nacional, estabilidade econômica e a integridade dos sistemas financeiros internacionais.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados