Semana tem recuperação do real e IBOV em queda enquanto Bitcoin falha em romper topo

Atualizado por Caio Nascimento
EM RESUMO
  • Real engatou recuperação e fechou semana a R$ 5,55.
  • Ibovespa encerrou pregão no vermelho com receio no exterior.
  • Semana teve Bitcoin de volta em US$ 58.000, mas com perda de ímpeto.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

Moeda brasileira se recuperou após chegar próximo dos R$ 5,80 em semana que o Bitcoin subiu e o Ibovespa caiu por temores no exterior.

A semana foi marcada por recuperação do real frente ao dólar após forte subida na segunda-feira (8) pelo “efeito Lula”. A moeda americana subiu forte e chegou a bater US$ 5,88 no mercado futuro antes de engatar descenso e marcar o melhor desempenho dos últimos três meses.

O Ibovespa também viveu gangorra, mas acabou fechando em 114 mil pontos, queda de cerca de 1% em relação à abertura da semana. Já o Bitcoin, que vinha de importante recuperação na semana anterior, engatou novo movimento positivo – mas, ainda insuficiente para fazer uma nova máxima.

Dólar alivia e vai a R$ 5,55 com aprovação de PEC

dólar

A aprovação da PEC Emergencial em segundo turno pela Câmara dos Deputados foi o principal impulsionador do real na semana. A moeda brasileira começou mal e foi a R$ 5,77 após a anulação das condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O dólar continuou em alta na terça-feira (9), mas esfriou a partir do dia seguinte, após o mercado digerir o discurso do petista, o primeiro desde 2018. Além disso, agentes econômicos consideraram positivo o texto que viabiliza a renovação do Auxílio Emergencial, entre outros motivos, porque impõe a obediência à lei do teto de gastos.

Ao mesmo tempo, o mercado reflete a aprovação do pacote de US$ 1,9 trilhão pelo governo americano, que dá novo fôlego para a economia. Nesse sentido, o dólar acabou esfriando a queda frente ao real e fechou o último pregão da semana em alta de 0,3%, a R$ 5,55.

Ibovespa fecha semana em queda

ibov dólar brasil real

Se o real melhorou seu desempenho frente ao dólar, o Ibovespa não acompanhou o mesmo movimento. O índice da bolsa brasileira fechou a 114 mil pontos, queda de 0,85% em relação ao fechamento do dia anterior. Na semana, o índice recua 1%, aproximadamente.

O resultado tem ligação com a cautela no mercado americano em meio à alta de juros. Com bolsas próximas das máximas históricas, operadores trabalham com o receio de que os títulos do Tesouro americano suguem recursos em busca de instrumentos mais seguros.

O índice Dow Jones foi o único em alta do dia, com avanço de 0,72%. Já S&P 500 perdeu 0,09% e Nasdaq foi a 0,83% negativos.

Bitcoin avança, mas não consegue superar topo histórico

bitcoin

O Bitcoin continuou o movimento de alta iniciado na semana passada. Após abrir a semana acima US$ 50.000, a criptomoeda avançou a US$ 55.000 na quarta-feira (10) e atingiu acima de US$ 58.000 na quinta. O avanço, no entanto, não foi suficiente para superar a máxima acima de US$ 58.600.

Segundo o trader André Machado, o Ogro de Wall Street, o gráfico diário do BTC mostrou uma formação de topo duplo, que indica possível queda.

Já o experiente analista técnico Fausto Botelho, que vendeu seus bitcoins antes dos US$ 50.000, se arrependeu após ver a valorização. Ainda assim, ele ainda diz que vai esperar o próximo movimento antes de entrar novamente.

No fechamento da matéria, o Bitcoin era negociado a US$ 56.800, segundo o Coingecko. Já no Brasil, o criptoativo tem preço médio de R$ 316 mil nas exchanges nacionais, de acordo com o Cointrader Monitor.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.