Ver mais

Site da SEC fica fora do ar em meio a investigações sobre pirâmide cripto

2 mins
Traduzido Aline Fernandes

EM RESUMO

  • SEC combate um esquema Ponzi de US$ 300 milhões; site cai em meio a uma ação legal contra a CryptoFX LLC, que fraudou investidores.
  • 17 acusados em varredura estadual da SEC por promover investimentos não registrados, seguindo o caso dos líderes da CryptoFX em 2022.
  • A interrupção do site da SEC alimenta preocupações com ataques cibernéticos; as violações anteriores incluem a troca do SIM 2024, prejudicando as informações do ETF Bitcoin.
  • promo

Em meio a uma vigorosa repressão a um esquema Ponzi de US$ 300 milhões, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) enfrentou interrupções digitais inesperadas. Os problemas agravam os desafios de lidar com fraudes financeiras extensas.

As recentes ações legais da SEC contra indivíduos associados à CryptoFX LLC, com sede em Houston, Texas, destacam a gravidade desses golpes. Essa empresa está envolvida em um esquema que fraudou principalmente investidores latino-americanos-americanos. Segundo o regulador, mais de 40 mil investidores estavam na mira dos fraudadores.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

SEC acusa 17 pessoas contra suposto esquema Ponzi de criptoativos

17 pessoas de vários estados, incluindo Texas e Califórnia, foram acusados em uma ação multi estadual. Eles supostamente promoveram investimentos não registrados e operaram sem registro de corretor.

Essa expansão da batalha legal segue o caso de 2022 contra os líderes da CryptoFX, Mauricio Chavez e Giorgio Benvenuto. Eles supostamente roubaram mais de US$ 12 milhões dos investidores.

Eric Werner, do escritório da SEC em Fort Worth, revelou a profundidade da investigação, que mostrou o esquema mais amplo. A fraude envolvia atrair investidores com altos retornos de criptoativos e comércio de câmbio. No entanto, essas promessas não tinham fundamentos, com fundos desviados para uso pessoal e para alimentar o esquema Ponzi.

“No final, a única coisa que a CryptoFX garantiu foi um rastro de milhares e milhares de vítimas que se estendem por 10 estados e dois países estrangeiros”, disse o chefe de fiscalização da SEC, Gurbir Grewal.

A determinação da SEC em desmantelar essa operação fraudulenta é evidente. Consequentemente, vários réus fizeram acordos, pagando quantias significativas sem admitir culpa.

Site da SEC fora do ar

Enquanto isso, o site da SEC enfrentou problemas. Isso gerou especulações sobre um ataque cibernético, lembrando as violações de segurança anteriores da SEC. A página oficial do regulador americano voltou a funcionar, mas ficou fora do ar na madrugada desta sexta-feira (14), com a mensagem “Página não encontrada”.

Screenshot From the SEC Official Website
Captura de tela do site oficial da SEC. Fonte: SEC

Em janeiro de 2024, a SEC sofreu um ataque de SIM swap, comprometendo sua conta X (Twitter). Consequentemente, essa violação induziu o público a erro sobre a aprovação de um ETF de Bitcoin, provocando uma reviravolta no mercado.

O incidente revelou as vulnerabilidades da SEC, especialmente a autenticação multi fator, desativada em sua conta X.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

aline.jpg
Aline Fernandes
Aline Fernandes atua há 20 anos como jornalista. Especializada nas editorias de economia, agronegócio e internacional trabalha na BeINCrypto como editora do site brasileiro. Já passou por diversas redações e emissoras do país, incluindo canais setorizados como Globo News, Bloomberg News, Canal Rural, Canal do Boi, SBT, Record e Rádio Estadão/ESPM. Atuou também como correspondente internacional em Nova York e foi setorista de economia dentro do pregão da BM&F Bovespa, hoje B3 -...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados