Ver mais

Samsung lança função de ‘carteira morna’ para celular Galaxy

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • A Samsung anunciou que seus smartphones Galaxy agora terão suporte para carteiras de hardware.
  • A Samsung dá mais um passo no mercado de criptomoedas após o lançamento do Samsung Blockchain Keystore em 2019.
  • A carteira é compatível com BTC, ETH, TRX, GUSD e outros.
  • promo

A Samsung está facilitando a vida dos usuários de blockchain em dispositivos Galaxy, através do suporte para carteiras de hardware. Os usuários agora podem importar e gerenciar seus criptoativos e aplicativos descentralizados (dApps) em um só lugar.

A Samsung Electronics anunciou que os proprietários de dispositivos Galaxy agora podem gerenciar e negociar seus ativos cripto de carteiras de terceiros no smartphone. A atualização visa conceder mais acesso a transações em blockchain por meio da importação de ativos digitais armazenados em carteiras frias específicas para a Carteira Blockchain Samsung.

O Samsung Blockchain Keystore foi lançado em 2019, junto com o smartphone Galaxy S10. Ele se tornou um eixo central na iniciativa blockchain da Samsung e abordou várias questões de segurança que vêm com o acesso a rede em plataformas móveis. O Keystore permite que os usuários utilizem seus telefones como uma espécie de carteira fria para armazenar informações privadas em uma zona segura. Camadas adicionais de proteção são fornecidas pela Samsung Knox e TEE.

Os usuários também terão acesso ao Keystore por meio do Samsung Blockchain Keystore SDK. Isso permite que os desenvolvedores de dApp integrem o Keystore em seus próprios dApps e forneçam autenticação de chave privada segura.

Os smartphones Galaxy também serão capazes de conectar carteiras de hardware, incluindo a Ledger Nano S e Ledger Nano X. Feeds de notícias de criptomoedas dedicados no aplicativo também ajudarão os usuários a ficar por dentro quando se trata de notícias deste setor. Desde o lançamento do Galaxy S10 em 2019, a carteira oferece suporte aos ativos BTC, ETH, TRX, GUSD e contratos inteligentes TRC-20.

Em comunicado, o vice-presidente e chefe da blockchain da Samsung, Woong Ah Yoon, disse:

“Ao fornecer suporte para carteiras de hardware, estamos oferecendo aos nossos clientes não apenas conveniência aprimorada, mas também um nível totalmente novo de segurança. Começaremos fornecendo suporte para produtos Ledger, incluindo Nano S e Nano X. Em seguida, planejamos expandir nosso suporte para mais carteiras frias de armazenamento. ”

Yoon ainda acrescentou que os usuários ativos do serviço aumentaram em mais de 100% nos últimos seis meses. Atualmente, a carteira guarda centenas de milhões em ativos digitais, embora ele não tenha sido especificado o número exato.

O Vice-presidente também falou sobre a segurança que a Samsung oferece.

“A Carteira Samsung Blockchain não é 100% de armazenamento frio, mas também não é uma carteira quente”, esclareceu Yoon. “Não é suscetível a todos os ataques externos que podem acompanhar uma conexão online. Então, fica no meio de uma carteira fria e uma carteira quente; uma carteira morna, por assim dizer.”

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

8e352407c7c9065659a2996ca5e3a928?s=120&d=mm&r=g
Matthew De Saro
Matthew De Saro é jornalista e personalidade da mídia especializado em esportes, jogos de azar e estatísticas. Antes de ingressar no BeInCrypto, seu trabalho foi apresentado na Fansided, Forbes e OutKick. Com experiência em análise estatística e amor pela escrita, ele adota uma abordagem inovadora para relatar notícias.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados