Salários em Bitcoin são criticados com queda do mercado

Atualizado por Júlia V. Kurtz
EM RESUMO
  • O prefeito Eric Adams continua otimista em apresentar Nova York como um centro de investimento em criptomoedas.
  • O prefeito Suarez ainda recebe seu salário em Bitcoin como segunda renda.
  • Estrelas da NFL e um piloto de corrida receberam alguma forma de remuneração em criptomoedas.
  • promo

    Análises técnicas e insights do mercado por traders em nosso canal do Telegram!Entre hoje no nosso Telegram!

Atletas e políticos optaram por receber seus contracheques em Bitcoin (BTC) em 2021, quando os preços das criptomoedas estavam em alta, mas os salários perderam valor com os preços de 2022.

Uma tendência inconfundível em 2021 viu os prefeitos de Nova York e Miami receberem seus contracheques em criptomoedas. O prefeito da cidade de Nova York, Eric Adams, disse que receberia seus três primeiros contracheques em Bitcoin e Ethereum, usando a Coinbase para converter dólares em criptomoedas.

Seu primeiro salário valia US$ 9.925 em janeiro de 2022, mas após as respectivas quedas de 20 e 29% no preço do Bitcoin e do Ethereum, seu salário agora valeria US$ 7.416, assumindo proporções iguais de Bitcoin e Ethereum. Essa desaceleração não impediu Adams, que ainda está otimista com o Bitcoin, apontasse a queda nas ações este ano como prova de que o recente crash da criptomoeda não é único.

“Pessoas que olham para o Bitcoin e dizem: ‘OK, caiu’. Bem, quais ações não caíram?” Adams questionou em uma entrevista recente ao Financial Times.

Seu colega de Miami, Francis Suarez, permanece igualmente otimista, dizendo ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, no dia 24 de maio de 2022, que ainda recebe seu salário em Bitcoin. Suarez enfatiza que seus ganhos do governo não são sua única forma de renda, o que contribuiu para a decisão de manter seu salário em Bitcoin.

“Vou anotar, para registro, que não é meu único salário”, disse ele a um painel em Davos. “É uma decisão diferente do que se uma pessoa estivesse decidindo receber seu salário em bitcoin se fosse a única fonte de renda para ela.” Suarez, 44, é advogado de profissão.

Ambos os prefeitos apresentam os atrativos das cidades

Tanto Adams quanto Suarez têm tentado atrair entusiastas e talentos de criptomoedas para suas respectivas cidades, com Adams dizendo: “O Bitcoin está aqui para ficar, e a maior parte do investimento está aqui na cidade de Nova York”.

Suarez lançou o sul da Flórida para mineradores de criptomoedas e espera tornar Miami isenta de impostos por meio da MiamiCoin, uma criptomoeda apoiada pela cidade que pode ser extraída usando um computador doméstico. Ele disse ao painel em Davos que o colapso do TerraUSD não o deteve em sua visão para a cidade.

Os atletas também estão entrando na onda das criptomoedas. A estrela da NFL Aaron Rogers e Landon Cassill concordaram em receber pelo menos parte de seus salários em moedas digitais. Ao mesmo tempo, o quarterback do Jacksonville Jaguars, Trevor Lawrence, decidiu receber seu bônus de assinatura de US$ 22,6 milhões em criptomoeda, que teria caído para US$ 9,8 milhões nos preços atuais das criptomoedas.

Receber salário em criptomoedas é ‘idiota’

Celebridades receberam críticas por endossar criptomoedas após o recente crash. Mark Freebairn, que é o líder da equipe para a contratação de diretores financeiros em uma empresa de busca de talentos executivos Odgers Berndtson, em Londres, disse que enquanto a criptomoeda estava quente, fazia sentido receber seu salário em Bitcoin. “Honestamente, se tivéssemos tido essa conversa dois anos atrás, eu teria dito que era uma ideia brilhante. Por que você não quer seu salário em criptomoedas? Agora eu diria que isso foi idiota”.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.
BEINNEWS ACADEMY LTD © STREET: SUITE 1701 – 02A, 17/F, 625 KING’S ROAD, NORTH POINT. HONG KONG.