Ver mais

Rumor sobre Messi no PSG faz token disparar 40% em duas horas

2 mins
Atualizado por Paulo Alves

EM RESUMO

  • Token do PSG dispara mais de 40% em menos de duas horas.
  • Salto ocorre em meio a rumores sobre ida de Messi para clube francês.
  • $PSG chegou a ser negociado a quase US$ 40.
  • promo

Especulações sobre o destino do jogador Lionel Messi alimentaram um rali de preço da criptomoeda do Paris Saint-Germain.

O movimento começou no final da tarde de ontem, quando começaram a circular rumores de que o clube francês faria uma oferta de salário astronômica para trazer Messi cerca de 24 horas depois do anúncio oficial de que ele não renovaria contrato com o Barcelona.

Tudo começou quando a imprensa francesa passou a dar como certa a contratação do craque argentino pelo PSG. Um familiar do dono do clube teria revelado que o acordo já está selado e o argentino será anunciado em breve, com direito a evento na Torre Eifel. Foi o suficiente para um rali acelerado no mercado.

Por volta das 17h30, o token PSG era negociado a US$ 26,88 e, minutos depois, já ultrapassava os US$ 30. Na hora seguinte, o ativo iniciou subida mais aguda e chegou a atingir US$ 38,11 pouco depois das 19h de Brasília, resultando em alta de quase 42% em menos de duas horas, segundo dados do CoinMarketCap.

Desde então, o token recuou e passou a ser negociado entre US$ 32 e US$ 37.

Fan token

Fenômenos como este já foram vistos antes em tokens de times de futebol. Durante a UEFA Champions League, principal campeonato de futebol do mundo, os tokens de times que participaram da competição flutuaram majoritariamente conforme o resultado das equipes dentro de campo.

Os tokens de times são conhecidos como fan tokens, criptoativos ligados a instituições esportivas e que dão diversos benefícios aos detentores, de descontos a prêmios exclusivos. O Barcelona, por exemplo, anunciou recentemente que um grupo de donos do token BAR jogaria uma partida no estádio Camp Nou.

A maioria dos fan tokens são criados pelas empresas Socios.com, uma plataforma que intermedia os benefícios dos fan tokens, e a Chiliz (CHZ), plataforma tecnológica que oferece a blockchain onde os ativos são cunhados.

No Brasil, a Chiliz tem acordo para o lançamento dos fan tokens do Corinthians e do Atlético Mineiro, clube mineiro que mergulhou de vez nos criptoativos e também lançou uma coleção de NFTs – novidade que também chamou a atenção de Messi.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

d5d468215717a9856e67059bb80b21e2?s=120&d=mm&r=g
Paulo Alves
Sou jornalista e especialista, pela USP-SP, em Comunicação Digital. Já trabalhei em rádio e impresso, mas boa parte da minha experiência vem do online. Colaborei entre 2013 e 2021 com o Grupo Globo na área de tecnologia, onde já cobri assuntos diversos da área, de lançamentos de produtos aos principais ataques hackers dos últimos anos. Também já prestei consultoria em projetos do Banco Mundial e da ONU, entre outras instituições com foco em pesquisa científica. Entrei no mundo das...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados