RIW: Camila Farani está à procura de projetos cripto para investir

Atualizado por Aline Fernandes
EM RESUMO
  • Rio Innovation Week anuncia data da segunda edição.
  • Camila Farani está de olho no mercado cripto e diz que quer investir no ecossistema.
  • Personalidades globais como o vocalista do Iron Maiden e Sipike Lee confirmam presença no RIW.
  • promo

    Comece agora a ganhar até 8% anuais com o novo programa de Staking da Stormgain!Entre hoje no nosso Telegram!

A investidora, empresária de sucesso e um dos tubarões no Shark Tank Brasil, Camila Farani é uma das mentes brilhantes por trás da 2ª edição do Rio Innovation Week, maior evento de inovação e tecnologia da América Latina.

O RIW já tem data confirmada. Vai acontecer de 08 a 11 de novembro deste ano, no Píer Mauá, região central da Cidade Maravilhosa. O vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson e o cineasta Spike Lee estão entre as personalidades que confirmaram a participação.

Bruce Dickinson

Durante o coquetel de lançamento do RIW, que contou com presenças importantes, incluindo o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e Chicão Bulhões, ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, Inovação do Rio de Janeiro e grande entusiasta do ecossistema cripto, Farani falou sobre a importância de apoiar o empreendedorismo no Brasil, a paixão de ser carioca e fazer uma conferência tão “necessária e importante para o desenvolvimento do país”.

A fundadora da G2 capital e sócia do Pic Pay revelou que está de olho no mercado cripto e pretende sim, investir nesse universo

“Sem dúvida nenhuma, os criptoativos, as criptomoedas são o caminho, eu ainda não invisto nesse ecossistema, mas dúvida nenhuma estou procurando bons negócios para investir. Eu acredito nisso. Esse é o caminho e sem dúvida nenhuma!!! Em tom de mistério, Camila confirma que já está preparando uma coleção NFT sem revelar detalhes e quem sabe entrar no metaverso”.

“A Web 3 já é uma realidade, aqui no Brasil ainda está engatinhando, mas já estamos em uma curva de introdução.” lembra Camila.

Camila Farani

A empreendedora “faminta por inovação” foi escolhida pela Meta, empresa de Mark Zuckerberg, controladora do Instagram para testar o novo recurso NFT na plataforma. A nova função já está disponível para todos os usuários. A NFT “Empreender é viver” faz parte da coleção “Early Adopters” criada pela @nineblocks_oficial e @play9

NFT “Empreender é viver”, Camila Farani.

“Eu me sinto muito  honrada aqui no Brasil por ter sido escolhida para testar os colecionáveis digitais no Instagram .

Segunda edição do Rio Innovation Week reforça a liderança do Rio de Janeiro como capital da Inovação da América Latina.

Steve Forbes, presidente e editor da publicação Forbes, o publicitário Nizan Guanaes, Dan Cockerel, que foi VP da Disney World, Steve Blank, empreendedor do Vale do Silício, Bianca “Boca Rosa”, empresária e influenciadora digital e Aaron Ross, autor do livro “Receita Previsível” também estão entre os nomes que confirmaram presença física no evento.

“Nada de online, acabou a pandemia, acabou o online!!” brincou Fábio Queiroz, um dos organizadores e idealizadores durante o lançamento da 2ºedição do RIW.

“O sucesso da primeira edição do Rio Innovation Week reforçou o potencial do Rio de Janeiro para agregar importantes debates sobre tendências e futuro de diferentes segmentos da economia. O grande legado desse evento é a capacidade de estimular mudanças e incentivar da busca por novas soluções viáveis de implementação, além de realizar forte networking e gerar parcerias”, explica Fábio Queiróz, também presidente do Conselho Organizador do evento.

Robozão RIW no lançamento da 2ª edição

A conferência vai reunir mais de 700 palestrantes, cerca de 200 empresas expositoras, pitch de startups, debates sobre o futuro de diferentes segmentos que movem a economia e indicam o comportamento da sociedade, incluindo diferentes nichos, mas com algo em comum: a inovação e as tecnologias nascentes como Web3 e blockchain.

“A cidade e o Estado do Rio de Janeiro estão na pauta do desenvolvimento do país. O Varejo teve que se reinventar nos últimos anos e o Rio Innovation Week vem dar o suporte para a continuidade desse desenvolvimento”, reforça presidente da Fecomércio RJ,  Antônio Queiroz

Mesmo espaço, diversos segmentos

Serão cerca de 50 mil m2 com espaços personalizados para diversos segmentos que hoje planejam um futuro baseado na inovação e tecnologia e um público variado com “profissionais de diferentes posições, incluindo iniciativa privada, Academia, governo, empreendedores, investidores, instituições de pesquisa e profissionais especializados”, explica a organização do RIW.

Esta edição terá uma área exclusiva para  FoodTechs que não tinha na primeira. A ideia é reforçar a importância de olhar para a alimentação do futuro com a categoria, em franca ascensão no Brasil e no mundo.

RIW LawTechs – também estreando no evento, o segmento foca no desenvolvimento de produtos e serviços tecnológicos para o mercado jurídico, como softwares de gestão e extração de dados públicos e a busca por formatos mais ágeis e menos burocráticos. A blockchain por exemplo, já é uma realidade em alguns escritórios jurídicos do país.

Music Forward – uma área totalmente dedicada à música, um dos primeiros segmentos a trazer disrupção total no modelo de disseminação e consumo, além de remuneração dos artistas e profissionais do segmento. A tecnologia também trouxe para o mercado novas possibilidade de criação, dando mais acessibilidade a recursos antes somente possíveis em estúdios caros. A tokenizaçao da música já está acontecendo. Quem não conhecer as tecnologias disruptivas, certamente perderá oportunidades para criar novas fontes de rendimento.

Farani Stage RIW – Camila Farani também embaixadora do Rio Innovation Week terá um palco exclusivo, no formato talkshow, onde vai receber grandes investidores e empreendedoras para conversas sobre desafios, como identificar um potencial negócio, como apresentar sua proposta.

Conecta – Inovação e Tecnologia para o Varejo – O público também poderá conferir debates sobre Educação Financeira, Energia, Segurança Digital e Novos Mercados em uma mega estrutura com três palcos, além da VCSquare, área expositiva para startups, mentorias e workshops

AgroRiw Tech – O agronegócio que movimenta ¼ do PIb do Brasil também ganhou espaço na RIW. O local pretende apresentar como será a agricultura do futuro, abrindo oportunidades para discussões sobre tecnologias, modelos de negócios, o impacto da inovação e de novas ferramentas em uma atividade tão ligada ao meio ambiente.

Health Tech – O espaço apresentará as novidades do mercado de saúde, unindo a área científica com soluções tecnológicas. Além de gerar oportunidades de negócios e fomentar o ecossistema de open health innovation.

Turistech Zone – O Turismo do Futuro, que inclui o turismo espacial, turismo virtual e nomadismo digital estão na agenda para estimular o investimento em startups que podem apoiar e acelerar a transformação digital desse mercado. Como ser um líder digital e quais as novas habilidades que as empresas demandam dos profissionais também estão na agenda.

RIW Pop & Tech – Inovação a Favor da Cultura – Um ambiente interativo que promete trazer as múltiplas possibilidades da utilização da tecnologia para criar novas experiências na produção cultural para estimular a economia criativa e gerar novos negócios.

Vila da Ciência – Projeto do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, reúne as 29 entidades vinculadas -unidades de pesquisa, organizações sociais, agências para apresentar as iniciativas, ações e projetos, com o objetivo de gerar conhecimento, riquezas e melhorar a qualidade de vida dos brasileiros.

Estratégia de vendas, sociedade 5.0, smart cities, marketing digital, educação e meio ambiente também terão destaque nos quatro dias de RIW.

Esporte e Games terão Arenas 

Arena HUB – Inovação no Esporte um local para apresentar as inovações do mercado esportivo, promover experimentação e gerar experiências imersivas, mesmos objetivos do Arena Games que também vai mostrar as principais transformações do indivíduo através da modalidade do e-Sports, e trazer as novidades tecnológicas para o segmento.

MIT Innovative Workplaces 

Iniciativa que chega ao país trazida pela MIT Technology Review com o objetivo de amadurecer o cenário local de inovação, destacando boas iniciativas e apresentando caminhos possíveis de melhoria e transformação.

1ª edição do Rio Innovation Week

Realizado em janeiro de 2022 com um público de quase 50 mil pessoas, o evento de quatro dias teve mais de 1500 palestrantes em 19 palcos, 780 horas de palestras, mais de 1.000 investidores e cerca de 1.500 startups participantes com capacidade para geração de R$ 300 milhões em novos Negócios.

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.