Ver mais

Ripple (XRP) a R$ 10: Homem Investe em Altcoins e não Consegue Recuperar

2 mins
Atualizado por Caio Nascimento

EM RESUMO

  • Portifólio do investidor mostra enorme prejuízo que chega a mais de 90%.
  • promo

O preço do bitcoin está em alta, mas o mesmo não pode ser falado sobre altcoins. Por mais que uma onda de valorização parece atingir todo o mercado, a maioria das moedas digitais ainda não conseguiram se recuperar.
Teve gente que comprou algumas unidades de Ripple (XRP) a quase R$ 10. O impressionante valor corresponde a uma outra época para esta altcoin. Além dela, outros investimentos do usuário parecem não ter dado resultado algum além de um enorme prejuízo. A publicação do investidor no Facebook revela uma perda de 90% de todo o capital aplicado em altcoins. Ou seja, até então ele não conseguiu recuperar nem aquilo que foi investido. Imagina então esperar por um lucro com essas operações, parece que vai demorar.

Altcoins com preço recorde

  O usuário que publicou no Facebook mostra que apostou em sete altcoins. Além da Ripple (XRP) por quase R$ 10, outras criptomoedas foram compradas com um preço bem acima do praticado no mercado atualmente. O maior prejuízo registrado pelo jovem investidor aconteceu através do TRON (TRX). Neste caso, ele perdeu R$ 488,54 considerando a cotação recente para a altcoin. Desse modo, cada unidade de (TRX) saiu a cerca de R$ 0.66. Uma cotação dez vezes menor que ao preço recente para o TRON que revela o print do usuário, de apenas R$ 0.060. Além do TRON (TRX), o investidor possui unidades EOS, MIOTA, Stellar Lumens (XLM) e Verge (XVG). Em todas essas altcoins ele teve prejuízos, por entrar no mercado em dezembro de 2017.

Prejuízo de mais de 90%

Em mais de dois anos a única coisa que o investidor do Facebook conseguiu foi acumular um enorme prejuízo. O portifólio de altcoins do jovem mostra uma queda de mais de 90% no montante investido por ele nos sete projetos. No total, o homem aplicou R$ 2.019,5 nas altcoins que se desvalorizaram. Deste dinheiro sobrou apenas R$ 186,51. Sendo assim, resta para recuperar R$ 1.832,99, ou ainda, 90.76%. Ele pede recomendações para outros usuários no grupo Bitcoin Brasil no Facebook. Sem saber quando as altcoins devem subir novamente, o investidor procura “alguma saída” para a situação. Em um dos comentários na publicação, um entusiasta do mercado diz que conhece uma mulher que perdeu R$ 100 mil supostamente em investimentos em altcoins.

O grande erro do investidor de criptomoedas

O usuário que mostrou seu portifólio de investimentos no Facebook entrou no mercado de criptomoedas em um momento pouco propício. Esperando por uma valorização significativa, o jovem começou a investir em altcoins no final de 2017. Naquela altura, o bitcoin e outras criptomoedas enfrentavam preços que jamais foram vistos novamente no mercado. Dessa forma, não existe outro resultado para este investidor que não seja o prejuízo. Desde aquele tempo o mercado de altcoins jamais conseguiu se recuperar. Por mais que alguns projetos enfrentaram grandes valorizações, no geral uma queda ainda é acumulada em praticamente todas as altcoins. Recordes atingidos entre o final de 2017 e início de 2018 ainda não foram ultrapassados. Conhece pessoas que investiram em altcoins e estão no prejuízo desde 2017? Comente sobre o jovem investidor e compartilhe esta notícia no Twitter.
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

images.jpeg
Comercial
Comercial é o nome universal do autor para todo o conteúdo patrocinado fornecido pelos parceiros do BeInCrypto. Portanto, esses artigos, criados por terceiros para fins promocionais, podem não estar alinhados com os pontos de vista ou opinião do BeInCrypto. Embora façamos esforços para verificar a credibilidade dos projetos apresentados, estas peças destinam-se a publicidade e não devem ser consideradas como aconselhamento financeiro. Os leitores são incentivados a realizar pesquisas...
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados