Reino Unido quer mudar regulação de criptomoedas para combater lavagem de dinheiro

2 mins
Atualizado por Thiago Barboza

EM RESUMO

  • O Reino Unido pretende alterar suas leis de criptomoedas para aprimorar o combate à lavagem de dinheiro.
  • O Tesouro do país lançou uma consulta pública visando simplificar a regulamentação.
  • Isso impulsiona a ambição do país de se tornar um hub cripto.
  • promo

O Tesouro do Reino Unido quer mudar as leis de criptomoedas do país. O objetivo é melhorar o framework de combate à lavagem de dinheiro (AML).

Para isso, o departamento lançou uma consulta pública em que apresenta mudanças para estas regras, que envolvem mudar o órgão regulador do mercado cripto.

Mudanças na lei do Reino Unido

A consulta, que se chama “Melhorando a Eficiência da Regulamentação de Lavagem de Dinheiro” quer tornar a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) o órgão regulador responsável pela indústria de criptomoedas.

Na prática, isso elimina a necessidade de dois tipos de autorização de Regulação de Lavagem de Dinheiro (MLR). O resultado, segundo o Tesouro, é a criação de uma “regulação mais inteligente”.

Leia mais: 4 criptomoedas que podem atingir novas máximas em julho de 2024

“Isso inclui minimizar o fardo regulatório e as regulações de provas futuras, tornando a regulamentação uma última cartada e não uma primeira escolha, ao garantir um cenário funcional de regulamentação que é”, diz o departamento.

No momento, a FCA só tem autoridade sobre criptomoedas se elas “servirem como ativo ou propriedade para atividades reguladas ou instrumentos financeiros, como, por exemplo, em esquemas de investimento coletivo”.

As alterações propostas pelo Tesouro vão modificar o Ato de Mercados e Serviços Financeiros de 2000 (FSMA). Se elas passarem, o FCA não precisará mais de MLRs para impor sua supervisão, o que agiliza o processo de AML.

Em suma, o alcance do FSMA vai se expandir para incluir a operação de troca sou posse de criptoativos.

País de olho no mercado

O objetivo do Reino Unido é se tornar um hub de criptomoedas. Para isso, o país investe em um corpo regulatório forte e que traga segurança para as empresas do setor.

O conjunto legal, entretanto, fez com que várias empresas deixassem o país, pôr a acharem rígido demais.

Elas citam, por exemplo, as restrições para a criação e divulgação de publicidade no Reino Unido. Conforme a lei, apenas agências especializadas autorizadas podem criar peças publicitárias de criptomoedas e, no momento, só existem duas empresas disponíveis.

Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024
Coinbase Coinbase Explorar
PancakeSwap PancakeSwap Até 50% APR
Margex Margex Explorar
Melhores plataformas de criptomoedas | Junho de 2024

Trusted

Isenção de responsabilidade

Todas as informações contidas em nosso site são publicadas de boa fé e apenas para fins de informação geral. Qualquer ação que o leitor tome com base nas informações contidas em nosso site é por sua própria conta e risco.

Julia.png
Júlia V. Kurtz
Editora do BeInCrypto Brasil, a jornalista é especializada em dados e participa ativamente da comunidade de Criptoativos, Web3 e NFTs. Formada pelo Knight Center for Journalism in the Americas da Universidade do Texas, possui mais de 10 anos de experiência na cobertura de tecnologia, tendo passado por veículos como Globo, Gazeta do Povo e UOL.
READ FULL BIO
Patrocinados
Patrocinados